Morar nos EUA, Imigrar. Viver nos EUA, Sera que Da?

| April 27, 2011 | 307 Replies

O sonho Americano esta morto! The American dream is dead!

O que isso significa? 0 Esse artigo foi revisado em Dezembro de 2013.

Segundo o jornal Dailykos  de 04 de Março de 2013, O SONHO AMERICANO ESTA MORTO! (http://www.dailykos.com/story/2013/03/04/1191555/-The-American-Dream-is-Dead)

Isso significa que os próprios americanos não acreditam mais que seja possível trabalhar a vida toda em uma empresa, viver bem, viajar, pagar a faculdade dos filhos e ainda economizar o 401K para se aposentar e ir morar na Florida!

Se o sonho americano esta morto para os Americanos, o que diríamos para quem deseja vir aos EUA viver ilegalmente?

Se voce esta lendo esse artigo é porque voce esta pensando em vir para os EUA ou outro país e provavelmente quer ficar por lá, mesmo sem ter dinheiro ou o Visto para ficar, talvez pense em conseguir um emprego e se manter por lá por que acredita que a vida em outro País fora do Brasil é mil vezes melhor do que viver no Brasil.

Voce deve estar de saco cheio da corrupção, da falta de oportunidades, da disparidade social e acredita que nos EUA ou outros paises da Europa a vida seja bem melhor e que não exista esse tipo de problemas tão comum no Brasil.

O que poucas pessoas tem coragem de falar ou de contar é que a realidade nos EUA desde 2008 também não é lá essas coisas.

Antes de 2008 havia muitas opções de trabalho que pagavam bem, seja na construção ou em outros ramos, e os imigrantes se encaixavam perfeitamente bem nesse segmento.

Muita vontade de trabalhar, melhorar de vida e enviar uma grana para o Brasil, junto com as ofertas de empregos que ninguém queria fazer seja na limpeza, cuidando de crianças, na construção e outros ramos, fazia com que a chegada na America fosse um paraiso para qualquer um que quisesse trabalhar, porque havia opções disponivies.

Infelizmente essa realidade mudou drasticamente após 2008.

Se voce acredita em todas as coisas lindas que vê na televisão e acha que aqui todo mundo é rico, então repense isso, nos EUA atualmente a disparidade de renda é tão grande quanto no Brasil.

Lógico que aqui existem muitas vantagens, mas essas vantagens em geral estão disponíveis apenas para quem tem o Green Card ou é cidadão.

Para as pessoas que vivem ilegalmente, isso significa morar em um local onde a qualidade de vida não é tão boa e nem as escolas serão assim tão maravilhosas.

Veja as Vantagens e Desvantagens de Morar nos EUA para quem mora aqui Legalmente (com Green Card)

EDUCAÇÃO

A maioria das escolas públicas são boas, mas isso não significa que sejam ótimas. Em vários locais incluindo NYC, as familias pagam escolas particulares para os filhos! Claro que ter seus filhos estudando nos EUA conta muitos pontos em qualquer Faculdade no Brasil ou empresa no futuro! Mas por aqui, se voce não vier de uma boa escola terá dificuldades para ser aceito em uma boa faculdade!

SEGURANÇA

Com certeza nos EUA voce corre menos riscos de ser assaltado enquanto para num sinal vermelho, ou enquanto cruza uma rua qualquer. Com certeza tem menos possibilidade de ser atingido por uma bala perdida. Mas aqui também existem assaltos, assassinatos, roubos, acidentes de carro e muitos outros problemas igualzinho ai no Brasil. A moda aqui é assassinato em massa. Assim chega-se matando sem motivo nenhum em escola, supermercado, cinema, no trabalho, essas coisas que voces veem na televisão.

O indice de suicidio nos EUA tem dobrado ano a ano. Chegando a pontos alarmantes. As pessoas se suicidam quando elas perdem a esperança.

SALARIOS NOS EUA

Trabalhar como garçonete (waitress ou hostss). O salário do garçon é composto quase sempre das gorjetas (10 a 20%) por mesa, apesar de NYC ser uma cidade turística, as gorjetas tem diminuído consideravelmente, e se voce nunca trabalhou como garçonete antes, com certeza não conseguirá trabalho como garçonete em bons restaurantes porque não fala inglês  e não tem autorização de trabalho. Então ira trabalhar em restaurantes de brasileiros (onde as gorjetas são bem menores, voce ja viu brasileiro deixar gorjeta?). O ideal é já ter algum amigo aqui e aprender ingles rapidamente para poder conseguir algo melhor.

FAÇA AS CONTAS:

Para ganhar U$432.00 Dólares por semana, voce terá que trabalhar 8 hrs por dia durante 6 dias a U$9,00 Dolares a hora!

Para ganhar U$800,00 Dólares por semana, voce terá que conseguir um emprego que pague, U$16,00 Dólares a hora, por 6 dias inteiros!

Caso voce consiga fazer U$400 Dólares por semana, isso dará cerca de U$1,600 Dólares por mês, o que para os padrões de vida americano não é nada. Isso pagará um aluguel de quarto em Astoria (se voce estiver em Nova York).

Com esse dinheiro voce paga o aluguel, ( pelo menos uns 800.00 Dólares em um Basement em Astória, por exemplo com quarto, cozinha e banheiro), ainda tem sua alimentação, e o transporte do metrô mensal, ainda terá que comprar roupas, calçados e outros itens necessários para viver aqui.

Quanto disso sobrará pra voce economizar e enviar para casa? Quase nada.

Dica: Pense em que tipo de coisas voce poderá fazer para ganhar mais e sobreviver e economizer enquanto estiver aqui.

Para fazer limpeza nas casas voce precisa de indicação, quem irá lhe indicar?

Para começar no serviço de limpeza, a maioria das mulheres começa trabalhando com uma brasileira que já tem clientela e depois de ganhar experiencia, voce pode conseguir trabalhos por conta própria.

As familias americanas pedem referência de outras casas (de americanos claros, então não adianta pedir pra amiga dizer que voce fez serviço na casa dela que não funciona) ligam mesmo para checar se voce trabalhou nas casas que indicou. Muitas vezes voce precisa apresentar carta de referência dos locais….

Em geral americanos só contratam limpeza uma ou duas vezes por mês, e o valor pago hoje está bem abaixo do valor pago alguns anos atrás. Quantas casas voce terá que limpar para poder fazer um bom dinheiro por semana?

Adicione muita coragem, vontade de trabalhar e disposição em sua bagagem se voce deseja viver ilegalmente em outro pais.

O caminho mais rápido mesmo, é voce trabalhar para uma empresa brasileira coordenada por uma pessoa que tem carro e leva outras mulheres até os locais de trabalho, em geral em suburbios, sendo responsável pelo seu trabalho, mas  nesse caso, voce ganha só uma fração do que for pago.

EMPREGO

Muitas pessoas pensam que aqui nos EUA se ganha mais que no Brasil. Provavelmente sim, mas se gasta muito mais para viver aqui também. Americanos não são de comprar Bifes ou filé Mignon, aqui se come hamburguer, hot dog, sanduíches, frango e frutos do mar (que é mais em conta) justamente porque carne vermelha é bem cara!

Os americanos pagam impostos altíssimos, O Property TAX, ou seja o Imposto Residencial em algumas partes dos EUA, em Nova York ou em regiões com boas escolas custa mais do que voce iria acreditar se eu publicasse aqui.

Construção, entrega de pizza etc, Voce irá competir pelo mesmo emprego com Americanos e outros imigrantes que já moram aqui e que estão desempregados e que conhecem alguém e falam Inglês e tem mais chance que voce.

Mesmo quem mora aqui também foi atingido pela crise e precisou se reinventar para sobreviver, leia esse relado:

 Radicado há mais de 20 anos no país, ele trabalhava com transporte desde 2008, quando perdeu o emprego que tinha como carpinteiro devido à crise econômica. Continue lendo aqui: http://esportes.r7.com/esportes-olimpicos/noticias/pai-de-jogador-brasileiro-morre-apos-abordagem-de-fiscais-nos-eua-20130404.html
 
Esse artigo mostra um “enfermeiro” que trabalha por U$8.00 dolares por hora e não tem plano de saude enquanto Shantelle illiams, consegue fazer dolares por hora tomando conta de um paciente em Dallas. (http://www.bloomberg.com/news/2013-06-25/working-poor-losing-obamacare-as-states-resist-medicaid.html)
 
Anote isso, os donos de restaurants ou lojas que contram ilegais estão sendo presos e pagam altas multas, portando cada vez mais os restaurantes ou lojas estão pedindo provas de autorização para trabalhar. Confira: http://www.nydailynews.com/news/national/chipotle-fire-hiring-illegal-immigrants-chain-fires-hundreds-customs-crackdown-article-1.135445Restaurantes que contratam ilegais, em geral os contrata para ficar na cozinha, e 28% são contratados para auxiliar com limpeza, confira: http://dinersjournal.blogs.nytimes.com/2010/09/07/what-if-restaurants-stopped-hiring-illegal-immigrants/Hoje li um artigo no Estadão que disse que em Washington DC, existem 6 mil sem tetos morando nas praças ao redor da casa Branca, e desses, 499 são Veteranos de Guerra que não conseguiram empregos e acabaram indo morar na rua. (http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,seis-mil-sem-teto-no-quintal-do-presidente,1045793,0.htm)Na Times Square e na 5th Avenida existem dezenas de sem -tetos que dormem na rua e alguns são veteranos que retornaram de Guerras e não conseguem empregos.
 
DESEMPREGO

Muitas mães americanas com crianças pequenas, deixam de trabalhar para ficar em casa, ou estão desempregadas, o que dispensa a necessidade de Babyssiter. O motivo é o alto custo de ter uma babyssiter ou das escolas infantis. Por isso muitas mães ficam em casa cuidando das crianças até elas terem 7 anos e poderem ir pra escola.

Cerca de 33% das mulheres americanas com crianças ficam em casa, confira aqui: http://www.forbes.com/sites/meghancasserly/2012/09/12/is-opting-out-the-new-american-dream-for-working-women/

VOCE SABIA?

  • Aqui nos EUA não existe salário mínimo? As pessoas recebem por horas e em geral o valor pago por horas para quem trabalha em um McDonalds, Starbucks, lojas em geral e pizzarias varia de U$8 a U$12 por hora e voce ainda tem que pagar o imposto sobre isso!
  • Aqui nos EUA, voce pode trabalhar apenas um dia por semana se quiser, ou seja, voce pode trabalhar em vários locais diferentes, por isso quando voce vai numa loja numa segunda-feira e volta na terça, nem sempre a mesma vendedora estará lá para lhe atender!
  • Aqui nos EUA não existe carteira assinada, nem férias remuneradas e nem 13º ou 1/3 de férias pagas. – No Brasil 13% e lei, todas as empresas pagam, nos EUA não existe essa lei. Dependendo da empresa onde voce trabalha, voce terá bonus no fim do ano, bonus não são obrigatório.
  • Se voce receber em dinheiro, deverá gastar em dinheiro, porque tudo que entra em sua conta bancária (se voce tiver uma) precisa ser declarado e é cobrado imposto!
SAUDE
Os planos de saúde são ótimos,  existem médicos excelentes nos hospitais, aparentemente ninguém morre doente na fila do hospital, ninguém fica deitado no chão esperando por atendimento!

De certa forma isso em si anima muito sim, mas é preciso ter seu próprio plano de saúde, se não voce não consegue o tal do atendimento de primeiro mundo! Planos de saúde e atendimento médico nos EUA custam uma fortuna!

Por exemplo, minha filha ficou internada por 7 dias em um hospital de Nova York,  nós temos plano de saúde. No entanto pagamos o co-payment que é de 20% do valor da conta.

A conta de um hospital pode custar tanto quanto um resort 5 estrelas, com a diferença de que voce não estava de férias.

Sinceramente, eu não sei te dizer como as pessoas fazem quando não tem plano de saúde, mas com certeza a conta vem pra sua casa e voce terá que negociar essa dívida para não perder seu crédito!

Somente um plano dentário incluindo aparelho nos dentes para uma criança custa em torno de U$14,000.00 Mil Dólares! (muitas pessoas vão tratar dos dentes no Brasil por causa do custo)!

Se voce entrar nos EUA ilegalmente, voce não terá plano de saúde, ou seja se voce ficar doente como terá que cuidar de voce.

Se voce ficar doente e precisar de uma cirurgia, ou de cuidados médicos, voce não terá assistência porque os hospitais só atendem com convênio particular ou empresarial, ou voce terá que arcar com uma dívida altíssima, porque os hospitais e emergências são caríssimos por aqui.

Um exemplo disso, temos uma brasileira em Nova York que não pode trabalhar porque tem um tumor, ela não consegue pagar o aluguel e não tem como bancar os custos dos medicos. Uma de nossas amigas fez rifas e pediu doação, o que resultou em um montante de dinheiro que dará para essa brasileira viver por mais uns 2 meses. Mas e depois disso? Nessa hora é importante ter a família por perto.

E se voce morrer? Quem vai cuidar de contatar sua familia? Voce deve pensar nisso também, porque morando em outro país voce estará sozinho, e ninguém terá tempo de cuidar de voce. Nesse caso, mantenha uma agenda ou contato com pessoas próximas em caso de emergencia.

O artigo abaixo  mostra a historia de brasileiros que vieram a falecer e que dependeram de ajuda da comunidade para pagar as despesas de velório! http://www.alagoas24horas.com.br/conteudo/?vCod=23368, e esse artigo http://www.braziliantimes.com/noticia/7140,comunidade_brasileira,MINEIRO+E+ENCONTRADO+MORTO+EM+FRAMINGHAM+(MA).html ( Ele morava em Somerville e havia se mudado em busca de conseguir trabalho”, fala ressaltando que o mineiro estava desempregado há muito tempo. “Vivia de fazer bicos como pintor”, continua)

Esse  mesmo assunto recentemente aqui: http://gazetanews.com/noticias/morre-brasileira-descobriu-cancer-em-visita-miami/ - Morre Brasileira que visitava a filha em Miami. A campanha criada na internet para arcar com os gastos hospitalares irá continuar e sua filha, Fernanda Siqueira, pede que amigos, em vez de enviar flores, ajudem na campanha. Marta será cremada aqui nos Estados Unidos.

ECONOMIZAR PARA COMPRAR CASA NO BRASIL

Esse é o sonho de todo mundo! Antigamente isso era possível, mas desde a crise de 2008 com a crise imobiliária, esta muito díficil conseguir um emprego, pagar suas despesas de moradia, alimentação e ainda economizar pra comprar algo no Brasil como acontecia antes de 2008!

Mas supondo-se que voce conseguiu economizar um pouco, tirando os todas as despesas que voce terá para viver aqui, será que no fim voce realmente consegue comprar uma casa?

Em geral não. Infelizmente, mas cada caso é um caso. Procure fazer uma lista de tudo que voce sabe fazer e planeje o que fará ao chegar no país de destino.

ENVIAR DINHEIRO AO BRASIL – JUNTAR DINHEIRO NOS EUA
  • Existe um limite de envio de dinheiro ao Brasil. Voce paga imposto sobre o dinheiro que entrar em sua conta no Brasil (vindo do exterior) e sobre o que sai (indo para o Exterior).
  • Voce não pode viajar com mais de U$10,000.00 Dólares em dinheiro? Portanto se voce pensa em acumular e depois levar na mala, (ou na cueca) esqueça, seu dinheiro pode ser confiscado! – Nesse caso é melhor voce ir enviando seu dinheiro aos poucos mensalmente para uma conta em qualquer banco no Brasil.
  • Para enviar dinheiro ao Brasil, é preciso pagar taxas de envio ao banco e para as empresas que fazem essa transação.Com o que se ganha aqui, a pessoa precisa primeiro manter-se aquecida, pagar o aluguel e a comida só então se sobrar algo, ela teria como enviar, o que é bem dificil.Para viver na região de Astória próximo a Nova York, voce precisa de pelo menos uns U$2,000 mil Dólares por mês (aluguel, alimentação, transporte, roupas).Se for acrescentar passeios, compras e escola de Inglês, voce precisará de uns U$3,500.00 Dólares por mes!

MAS SERA QUE DA PRA VIVER NOS EUA NUMA BOA SE VOCE ESTIVER ILEGAL?

Será que dá pra vir para os EUA e viver aqui numa boa ou economizar um bom dinheiro mesmo sendo ilegal?

Acredito que no momento não dá não. Como vivo aqui (sou residente legalizada), posso dizer que não acho possível nesse momento trabalhar em empregos sem qualificação e ainda viver e economizar para mandar ao Brasil.

Leia o que alguns especialistas americanos dizem sobre isso aqui:

http://www.dailykos.com/story/2013/03/04/1191555/-The-American-Dream-is-Dead

http://www.huffingtonpost.com/evanne-schmarder/american-dream_b_2707411.html

http://beforeitsnews.com/libertarian/2013/03/is-the-american-dream-dead-2492952.html  ( Sadly, it appears that the American people have lost faith in the American Dream

Tradução: Infelizmente parece que as pessoas americanas perderam a fé no Sonho Americano)

http://technorati.com/politics/article/american-dream-is-deadif-you-are/ ( “Although many people are returning to work, they are often taking jobs with lower wages and less job security, compared with the middle class jobs they held before the downturn.”

The report mentioned that “more than 70 percent of low-income families and half of all poor families were working by 2011. The problem is they did not earn enough to cover their basic living expenses –

Tradução: Mesmo com muitas pessoas retornando ao mercado de trabalho, eles em geral estão aceitando ganhar menos e ter menos segurança no emprego, comparado com os empregos da classe média antiga”

O relatório ainda menciona que “70% das famílias com baixo poder aquisitivo nos EUA, e metade das famílias pobres, estavam trabalhando em 2011. O problema é que eles não ganham o suficiente para cobrir suas despesas mínimas...” )

Sem tetos em Nova York atinge o maior número em 3 décadas: Leia aqui -

http://www.coalitionforthehomeless.org/pages/state-of-the-homeless-2013

New York City shelter system surpassed 50,000 people for the first time since modern homelessness emerged three decades ago. That grim milestone includes more than 21,000 homeless children. More children and adults are homeless now in New York City than at any time since the Great Depression.

New York City’s record homeless shelter population continues to grow at an alarming rate – up 19 percent in the past year alone

tradução: As casas de asilo para pessoas sem teto em Nova York receberam mais de 50 mil pessoas desde que o sistema de registro de Sem Tetos foi criado a 3 décadas atrás. Esse número inclui 21 mil crianças.

Mais crianças e adultos estão sem ter onde morar em Nova York hoje do que em qualquer outro tempo desde a Grande Depressão de 1929.

A cidade de Nova York bateu récord de número de sem tetos com aumento de 19% no último ano!

Seja como for, independente de sua decisão de vir ilegal ou de morar em outro país ilegalmente, procure se informar antes de ir.

Achar um local pra morar não é facil e voce precisa ter dinheiro para passar o primeiro mes. Então procure economizar e trazer dinheiro para voce viver pelo menos um mês enquanto se familiariza e procura algo para fazer.

Estude a época em que voce deseja se mudar, o Inverno com temperaturas abaixo de zero pode ser um choque enorme para voce, e seus custos com roupa de frio vão lhe “roubar” um pouco da grana que voce vai trazer para passar os primeiros meses aqui.

Como moro nos EUA, posso lhe garantir que a vida aqui não é mais fácil nem mais feliz que a vida de ninguém no Brasil.

A diferença é a segurança, a educação e o transporte que aqui tem uma qualidade melhor que no Brasil.

PRECONCEITO CONTRA IMIGRANTE QUE NÃO FALAM INGLES.

Pode dizer o que for, eu moro aqui e sofro preconceito sim! Mesmo que de forma suave, com luvas de pelica! Ele existe e acontece sempre!

Eu sou de “fora”, sou alegre, falo de mais, tenho sotaque! Eles não aprovam. As famílias tradicionais sempre vão ver voce como Imigrante!

Isso ja é assim desde sempre, basta ler um pouco de história para ver que houve todas as formas de controlar a chegada de imigrantes e os imigrantes sempre recebem os menores salários, e fazem os piores trabalhos.

As pessoas vão te interromper quando voce ainda estiver falando! Eles não te incluem, eu sinto isso nas escolas das minhas filhas! E olha que eu falo inglês com excelente pronúncia!

Voce vai sentir isso quando for conversar com seus vizinhos, especialmente se voce mora nos Subúrbios de Nova York ou cidades pequenas! Voce é estranho, é imigrante e pronto!

ESTILO DE VIDA AMERICANO

Adaptar-se ao estilo de vida dos americanos também é um balde de água fria. As pessoas mal param pra almoçar e quando param, elas comem uma fatia de pizza ou um sanduíche enquanto andam apressadas para voltar ao serviço ou atendem o telefone no escritório.

Nas empresas onde trabalhei no primeiro ano em que vim para cá, eu só tinha 15 minutos de “break”, mal dava pra ficar na fila da lanchonete pra pagar o sanduíche e o tempo já tinha acabado.

As pessoas estão sempre ocupadas e nunca te convidam pra ir na casa delas, e ninguém quer ouvir falar de suas dificuldades ou problemas.

Ao sair do trabalho, ninguém sabe seu endereço, ou o nome de sua esposa, simplesmente ninguém quer saber mais do que o necessário, se voce for como eu que fala muito, terá dificuldades porque as pessoas vão te deixar falando sozinho!

FAMILIA E AMIGOS

Voce já ficou longe de sua família, dos amigos, dos filhos antes? A depressão por estar longe de todos que voce conhece pode inclusive te deixar doente, pense nisso antes de vir, por que uma vez que voce esta fora, voce fica com os pés em duas canoas entre ficar e voltar!

Pense no seu relacionamento com sua familia, se voce pretende ir a um pais e ficar por lá ilegal, talvez voce não possa ver seus pais por muitos anos. Eu conheço pessoas super queridas que estão aqui há 10 anos e não veem os pais ou irmãos porque eles não tem condição de vir e a pessoa que mora aqui não pode sair porque esta ilegal porque depois não pode voltar.

Esse artigo não foi feito pra quem tem visto de trabalho ou vem para abrir empresa ou já tem uma condição de vida bacana, ou é casada com americano, ou tem visto de residência, porque nesse caso, essa pessoa nem precisaria ler esse artigo.

Se voce tem Green Card, voce tem mais chances de conseguir um emprego, começar um negócio, viajar, comprar carro! No entanto as possibilidades de se conseguir um Green Card são bem pequenas quando se esta nos EUA ilegalmente.

Viver nos EUA longe da familia e sem Green Card (ou seja viver aqui ilegalmente) é uma tarefa de abnegação, voce estará longe de tudo, família, amigos, frutas e alimentos que voce estava acostumado a ter. Estará sozinho num mundo de milhões.

Não espere ajuda caso voce esteja em apuros, o governo brasileiro não irá se envolver nos problemas que vier a ter aqui. Voce estará sob a lei Americana e sozinho.

Se voce tem uma pequena economia guardada, nem sempre vir aos EUA será uma solução, nesse momento, a sorte pode estar ai mesmo no Brasil, pense nisso antes de voce embarcar para se aventurar em outro país.

A melhor forma de saber se algo sera bom para voce ou se aquele país lhe dará condições de vida melhor, é economizando para poder fazer a viagem e ficar no local por 6 meses com visto de turista, dessa forma voce terá tempo de conhecer pessoas, tentar diferentes trabalhos e testar se consegue ou não ficar longe da família e dos amigos.

QUAIS VISTOS ME PERMITEM MORAR NOS EUA LEGALMENTE?
  1. Visto de Trabalho Americano, uma empresa americana ou empresa brasileira te contrata para voce vir trabalhar nos EUA legalmente.
  2. Visto de Estudo, Voce paga um curso em uma escola ou universidade e vem estudar nos EUA.
  3. Visto de AuPair, voce pode vir trabalhar na casa de uma família americana com moradia e alimentação incluso e ganhar U$200,00 Dólares por semana além do curso de Inglês pago pela Família Americana!
  4. Visto de Intercâmbio, voce vem morar na casa de uma família americana e pode fazer um curso intensivo de Inglês.

ESTUDAR E TRABALHAR NOS EUA

Muitos jovens decidem passar uma temporada fora do Brasil (uma oportunidade única que todos deveriam ter a chance de experimentar).

Com visto de estudante voce poderá conseguir emprego ou estágio remunerado direto na Universidade onde voce estuda!

Voce poderá trabalhar de babyssiter, ou até conseguir uns bicos em restaurantes ou fazer free-laner na sua área!

O legal de ser estudante morando nos EUA (caso seus pais possam bancar sua estadia) é que voce pode fazer vários estágios e voltar pro Brasil com uma rica experiencia de trabalho e conseguir boas propostas de emprego no Brasil.

Se voce der sorte (muita sorte) e uma empresa desejar te contratar, eles vão aplicar para um visto de trabalho para voce. Esse visto custa uma graninha e tem um número limitado de vistos liberados por ano!

As áreas mais promissoras para conseguir visto de trabalho são: Medicina, Ciencia e Tecnologia.

Se voce for estudante e precisar trabalhar pra pagar seu curso aqui, voce terá que ralar, é possivel sim! Mas voce perderá boas chances de estágios não remunerados, procure trabalhos como entregar pizza ou como hostess em restaurantes, nightclubs, etc.

Procure se informar logo que chegar na Universidade, peça orientação a um professor para que ele possa rever seu currículo e comece a enviar para diversas empresas que voce conheça.

A língua Portuguesa esta em alta e voce pode tirar vantagem disso, traduzindo artigos de jornais para blogs e revistas no exterior!

Procure no site http://newyork.craigslist.org/ por Português e voce verá que existem diversas possibilidades.

Se voce quer morar em outro país, vá em frente, nunca desista, mas vá em frente preparado sabendo da verdade.

Se informe, leia cada um dos links abaixo e não desista de seu sonho!

CONTA EM BANCO ou CARTEIRA DE MOTORISTA

Voce precisará apresentar um documento Americano para comprovar residência para ter conta de celular mensal ou comprar ítens que precisa, para isso é preciso ter a drivers license, (carteira de motorist) onde consta o endereço de residência.

E muito difícil conseguir uma carteira de habilitação americana, e muitas pessoas viajam para estados distantes para conseguir uma ou acabam pagando para quadrilhas que conseguem uma. Traga a sua carteira de habilitação em dia, isso ajudará para voce alugar carros e até usar como ID em diversos locais por aqui.

tem muitos escritórios de fachadas que oferecem carteira de motorista para ilegais. Fique atento antes de se envolver em confusão com documentos falsos.

http://www.braziliantimes.com/noticia/6889,comunidade_brasileira,BRASILEIRA+E+PRESA+POR+GOLPES+EM+IMIGRANTES.html

NEGOCIOS QUE PODEM DAR CERTO AI MESMO NO BRASIL

As vezes tudo que voce precisa é de um recomeço, em uma outra cidade, em outro emprego ou uma oportunidade.

Com um pouco de dinheiro voce pode:

  • vender cachorro quente,
  • vender frutas, ou fazer entregas de compras,
  • vender caldo de cana na feira,
  • vender brigadeiros e bolos caseiros aos vizinhos,
  • vender pamonha em pequenas cidades,
  • costurar para amigos e familiares,
  • vender artesanato na feira,
  • poderá  aprender uma profissão e ganhar seu sustento no Brasil como encanador, eletricista, pintor, escultor,
  • fazer concerto de computadores e eletrodomésticos,
  • concerto de sapatos,
  • ser manicure, cabeleireira etc.
  • ofereça-se para limpar o quintal ou fazer um jardim para seus vizinhos, aos poucos voce fará uma clientela.
  • Além da possibilidade de buscar e levar crianças na escola,
  • Cuidar de crianças na sua casa após a escola, enquanto os pais delas trabalham,
  • Levar e trazer idosos do hospital ou passeios, etc.

As chances de voce conseguir sustento no Brasil são bem maiores do que nos EUA pelo menos nesse momento em que os EUA estão sob uma crise estagnada.

Aqui nos EUA voce não pode vender nada sem ter uma licença, e nem pode usar sua casa como um negócio de onde sai bolos por exemplo, nem pode ir de casa em casa vendendo nada.

O primeiro passo para uma vida melhor é a educação e aprender uma profissão, não importa qual seja.

Procurar cursos especializados e de curta duração através do Senai, isso pode ser uma possibilidade para voce conseguir emprego.

Acredite, segundo a revista VOCE SA, o Brasil precisará de 8 milhões de mão de obra qualificada nos próximos 5 anos.

Eduque seus filhos para que eles ocupem essas posições, não deixe que os Americanos desempregados dos EUA cheguem no Brasil e sejem contratados e levem a familia deles pra morar  ai porque a empresa não encontrou um profissional Brasileiro que soubesse fazer aquele trabalho.

Aprenda Inglês o mais rápido possível e conquiste uma das vagas abertas para profissionaís que tenham fluência no idioma.

O sonho dourado de prosperidade pode estar no Brasil e voce tem a sorte de ter nascido brasileiro afinal todo brasileiro sabe dar um jeitinho e o Brasil é o único país onde dar um jeitinho é possível.

DEPORTAÇÃO NOS EUA

Mais de 400 mil brasileiros foram deportados no último ano: Confira artigo: http://www.youtube.com/watch?v=3hlQnjKJ17c

Uma pessoa ilegal que acaba de chegar aos EUA sem falar inglês e sem ter um amigo ou familia aqui, é mais vulnerável e pode ser presa fácil de prostituição ou trabalhos forçados.

Artigos que tratam de imigrantes ilegais, desemprego e situação financeira dos EUA!

Leia: http://www.dailykos.com/story/2013/03/04/1191555/-The-American-Dream-is-Dead

Todos os dias me surpreendo com as noticias de imigrantes ilegais atravessando a fronteira do México com os EUA ou sendo assassinados por coiótes, ou sendo deportados ou até usando documentos falsos para poder vir aos EUA, como o caso de Claudiney.

O que se vê hoje nos EUA é um país decadente, com enorme déficites, sem empregos, com quase 95% da produção de seus bens sendo importadas da China ou de outros países.

O número de deportação nos últimos dois anos quase chegou a 1 milhão de pessoas. Leia aqui:

http://veja.abril.com.br/040204/p_040.html  – artigo tirado da revista Veja, para ler a matéria toda clique no link:

A cena de uma balsa cheia de cubanos miseráveis flutuando em águas americanas é a imagem mais conhecida do descompasso entre pobres e ricos, entre a ilusão e o desespero. No sul dos Estados Unidos, explodiu no ano passado uma versão brasileira dessa migração desesperada. Mais de 1.000 brasileiros estão presos em cadeias americanas aguardando o fim do processo de deportação. São acusados de imigração ilegal, não têm direito a fiança e recebem tratamento rigoroso. Na semana passada, uma parte desses imigrantes, 277 brasileiros que estavam presos nos EUA, foi mandada de volta ao Brasil em um vôo fretado pelo governo americano. Entre os que voltaram há pessoas com os mais variados perfis, mas com histórias de vida muito parecidas. Elas largaram tudo no Brasil, enfrentaram os perigos de uma incursão clandestina em território americano, sofreram humilhações, foram presas, expulsas e, agora, em sua maioria, só pensam em uma coisa: reencontrar a família, juntar algum dinheiro e, quem sabe, um dia tentar de novo. “A gente vê esse pessoal que volta dos Estados Unidos e compra carro, casa nova, monta um comércio e arruma a vida. Então, muito ruim não pode ser”, diz Evandro Tolentino de Andrade, um contabilista de 43 anos que resolveu arriscar a travessia da fronteira do México em dezembro passado.
Ganhando 500 reais por mês como administrador de motéis e dividindo com a mulher o sustento da família em Patos de Minas, no interior de Minas Gerais, Evandro planejou ficar dois ou três anos nos EUA e depois voltar com dinheiro suficiente para pagar os estudos das duas filhas. Para Bruno Ferreira Mendes, fiscal de tributos em Mato Grosso, o salário de 400 reais mal dava para alimentar a família. “Se eu ganhasse 1.000 reais hoje no Brasil, não iria embora.” Sem se conhecerem, ambos traçaram o mesmo plano, trilharam o mesmo caminho, sonharam com as mesmas coisas e, juntos, acabaram no mesmo lugar – uma cela do presídio da cidade de Florence, no Arizona, para onde é levada hoje a maioria dos brasileiros presos tentando cruzar a fronteira com o México. Dos 277 deportados que chegaram ao Brasil na semana passada, 211 estavam detidos no Arizona. Há outros 1.400 brasileiros na região aguardando decisão do governo americano para voltar.

Leia mais aqui: http://www.syracuse.com/news/index.ssf/2010/07/poll_only_1_in_4_americans_ang.html

Segundo o site  BUSINESSINSIDER.COM mais de 100 Milhões de Americanos estão sem empregos: http://www.businessinsider.com/100-million-americans-without-jobs-2012-5

 

 

 

 

 

 

ENTRAR ILEGAL PELO MéXICO

Se voce esta pensando em entrar nos EUA com um coyote, voce irá gastar em torno de R$30 mil Reais.

Antes de se decidir por essa alternativa, pense nos riscos de ser violentada, chantageada, assassinada, ou perseguida para pagar mais pelo “transporte” e ainda correr o risco de perder todo o dinheiro pago, ser presa e deportada.

http://www.braziliantimes.com/noticia/7119,comunidade_brasileira,BRASILEIRA+PRESA+PELO+ICE+EM+BARCO+E+LIBERADA.html

http://www.braziliantimes.com/noticia/3107,imigracao,CRESCE+O+NUMERO+DE+BRASILEIROS+PRESOS+PELO+ICE+EM+NJ.html

Denúncias, abordagem no trânsito e execução de mandatos de prisões vêm acontecendo com frequência, em New Jersey. O ICE-Imigration and Customer Enforcement, vem intensificando a retaliação contra imigrantes indocumentados nos Estados Unidos, principalmente em algumas cidades de New Jersey

O NUMERO DE BRASILEIROS QUE ESTÃO RETORNANDO AO BRASIL

Se morar fora do Brasil fosse tão bom, porque tantas pessoas estão retornando ao Brasil?

Se o número de brasileiros que retornam ao Brasil não fosse tão grande o Itamaraty não teria criado um site específico para orientar essas pessoas, voce não acha?

Leia: http://www.cgbrasil.org/Templates/InsideTemplate.aspx?PostingId=362

Site para orientar brasileiros que retornam ao Brasil – http://www.cgbrasil.org/Templates/InsideTemplate.aspx?PostingId=362 -

Nos primeiros meses de 2013. Já nos Estados Unidos, entre 50 a 100 mil brasileiros retornaram ao Brasil no mesmo período.

Abaixo segue vários links de artigos que tratam do assunto acima e trazem relatos de brasileiros nos EUA.

Após ler esse artigo imenso, voce já sabe o que irá encontrar pela frente, poucas pessoas teriam a coragem de lhe contar a verdade de como é viver nos EUA!
A maioria das pessoas pensa que aqui tudo é facil, lindo, que todo mundo é rico!
O que poucas pessoas sabem é que existem tantos pobres aqui como no Brasil.
Existem tantas pessoas aqui desempregadas como no Brasil.
Vir morar nos EUA ou outro país de forma illegal pode não ser a solução de todos os seus problemas, aqui existem dificuldades tão quanto no Brasil.
BOA SORTE!!!

Esse artigo foi copiado e discutido em outros blogs sem meu conhecimento e sem minha autorização.

Alguns blogs usaram meu artigo como ponto de partida para mostrarem sua opinião contrária a minha.

Opinião casa um tem a sua, o importante é o leitor saber separar a opinião de quem tem tem dinheiro pra sair do Brasil e estudar fora, da realidade de quem não tem dinheiro, não tem ingles e sonha em morar fora sem saber o que encontrará pela frente.

O artigo foi escrito pensando apenas em para mostrar a realidade de quem virá para os EUA sem o INGLES, sem dinheiro, e que terá que trabalhar, viver e pagar as contas nos EUA e no Brasil, sem ter papai nem mamãe pra ajudar.

Para quem discorda do meu ponto de vista, sugiro consultar todos os artigos mencionados e tirar suas próprias conclusões, porque eu enumerei dezenas de artigos sobre politica, economia, imigração, desemprego etc que podem ser  lidos por qualquer um e que comprova o que estou descrevendo.

O amador dá sua opinião baseado na bolha onde vive, o profissional pesquisa antes de dizer qualquer coisa, e prova com anotações e matérias de apoios.

Blogs que copiaram meu artigo e sem nenhuma autorização ou moral usam meu nome  e meu artigo para ganharem visibilidade.

Category: ACONTECE, New York, Novidades, Noticias e etc, NY Brasileiros, Turismo em Nova York

About the Author ()

FashionSpill é o maior site de informações e dicas sobre Nova York em Português, escrito direto de Nova York pela brasileira Sueli Schmitt. Todos os artigos são 100% originais e a maioria das fotos são feitas pela autora nos locais mencionados. O conteúdo é focado em assuntos relacionados com Nova York, como lojas, museus, restaurantes, dicas e curiosidades. “Porque nós moramos em Nova York e estamos todos os dias nas ruas, nós podemos escrever artigos e dar dicas com autoridade no assunto. Escrever para o FashionSpill é uma paixão que dividimos com voce.!" Sueli Schmitt é Guia Turistica Licenciada e Personal Shopper. Voce pode contratá-la através do email suelinyc@gmail.com informando a data de sua viagem, quantas pessoas são e qual hotel voce estará hospedado. Venha conhecer Nova York com quem conhece a cidade! O melhor tour privativo de Nova York, desenhado especialmente pela autora dos artigos de FashionSpill para voce!

Leave a Reply

Comments (307)

Trackback URL | Comments RSS Feed

  1. kammy says:

    Sue muito bom esse post, acredito que tem muita gente que ainda tem esse sonho…
    Pra quem le e conhece um pouco sobre economia acho que nao se arrisca…

    mil beijinhos
    kammy

  2. marzolla says:

    Se ai é tão ruim pra morar e viver, porque vc continua ai, e não volta pro Brasil?

    • admin says:

      Ola Marzolla, obrigada pelo comentario. Mas esse artigo não é sobre a minha situação financeira ou sobre a minha vida, é sobre as pessoas que gastam tudo que tem no Brasil pra vir pra cá na busca de um sonho que não existe mais e arriscam a vidapara entrarem aqui ilegalmente. Foi pra essas pessoas que eu escrevi o post, pra quem esta vindo pra tentar a sorte e não tem noção da realidade americana.
      A maioria das pessoas que vem pra viver ilegalmente ou procurando apenas melhorar de vida, ficam 10 anos sem ver a familia…
      Abraços

      • Alexandra says:

        Meninina, fiquei surpresa. Quando li seu post achei que fosse um senhor de idade escrevendo com muita propriedade. Parabéns… Já morei fora e sei bem do que esta falando, mas confesso que o sonho americano mexeu muito comigo, contudo seu post me fez voltar a realidade. Em Sao Paulo estamos tão estressados e espremidos que sair daqui êh tudo o que queremos e as vezes ficamos cegos. Aqui lutamos muito e recebemos pouco mas a abundância de alimentos êh farta e as oportunidades e chances de enriquecer sao varias. O pais êh maravilhoso o problema êh que passou a ser cultura a malícia, a sacanagem, o desrespeito,etc…isso desgasta. Sem falar no constante medo…Estive aí no ano passado e o fantasma americano não sai de minha cabeça e de tantos outros brasileiros que conheço que visitaram Orlando. Se pudesse iria umas 3 x ao ano..não compraria nem uma agulha aqui. Sao Paulo, em especial, êh um verdadeiro circo e nos os palhaços, submicos e ardentes para encontrar a saída para escapar. Bjs garota e sucesso. Alexandra( advogada com atuação em arbitragem e projetos de capacitação e inclusao de pessoas com deficiencia no mercado de trabalho em atendimento a Lei de Cotas)

        • Kah says:

          Parabens pelo post, realmente muito interessante. Concordo parcialmente com o que foi dito aqui.
          Realmente viver ilegal não é simples assim, menos ainda num país de primeiro mundo. Estados Unidos para quem quer trabalhar e está DEVIDAMENTE documentado, ainda é um sonho americano SIM.
          Mas para quem pretende ir ilegal, melhor pensar milhares de vezes antes de cometer a loucura de vender tudo que tem e se aventurar.
          De repente quem sabe, vender tudo e mudar de ramo de trabalho aqui mesmo no Brasil? Isso pode ser bem mais proveitoso do que viver se escondendo em outro país e sendo mal pago (se conseguir emprego).
          O lado que eu descordo é: violencia nos EUA existe sim, mas esse lance de “igualzinho ao Brasil”, descordo. Os crimes nos EUA são vistos pelo país inteiro, aqui no Brasil tem muitas coisas feias acontecendo que não são divulgadas além do jornal local. E tem mais, matar no Brasil virou moda, já que aqui as leis são filme de comédia, não servem para nada. Onde já se viu um crime de assassinato prescrever? %&%#@¨%&-se a família que perdeu seu ente querido, né. E juiz que rouba e é punido com aposentadoria (extra gorda).
          Deixo bem claro aqui, que meu comentário seguinte se refere a quem TEM documento nos EUA: por mais que os Estados Unidos estejam em crise, ainda é mil vezes melhor que o Brasil que é um país que NUNCA saiu da crise.
          Pelo menos nos EUA a lei funciona, as pessoas tem um minimo de senso de civilização e você recebe pelo que trabalha. Aqui no Brasil tu mata e não vai preso, e assaltado e fica por isso mesmo, a policia ajuda bandido a explodir caixas eletronicos, ninguem ajuda ninguem, e quando depois de muitas e muitas entrevistas você consegue um emprego, teu patrão não te paga direito e fica por isso mesmo, pq a justiça do trabalho aqui é de dar risada. E detalhe: se seu nome estiver sujo, esqueça, ninguem da emprego para negativado (só não sei como esperam que a pessoa acerte as contas se não pode trabalhar).
          Unico lugar onde tem ordem e progresso no Brasil é na bandeira. Aqui só ta faltando mesmo a criação do partido anarquista, para fazer jus ao país.
          Ao contrario dos EUA que vc disse que as carreiras em ascensão são medicina, teconologia e etc, aqui no Brasil só ganha dinheiro funcionario publico (dependendo do cargo, pq ainda tem uns que são de lascar o salario), pastor (afinal os lotes no reino do ceu é carissimo), politico (melhor emprego no momento, já que os roubos são descarados e raramente da punição) e dono de funerária (crime tá em alta por aqui, tão matando por um chiclete mastigado).
          Tirando essas coisas, Brasil ainda tá otimo (segundo Dilma).

          • admin says:

            Ola Kah, adorei a parte final do seu comentário. Realmente quem tem “documentos” ou seja, vive legalmente tem chances de conseguir viver melhor. Mas para conseguir os tais documentos apenas casando com um Americano (a), nascendo nos EUA, ou sendo contratado por uma empresa Americana (visto de trabalho) do contrario a pessoa terá que se virar nos 30 e aceitar trabalhos sem nenhum tipo de beneficio ou segurança.
            Abraços

          • Erik says:

            Só um acréscimo, a maior parte dos jovens Brasileiros agem como bandidos, vemos meninas e meninos cada vez pior, influenciados pela moda do funk, que tem destruído a mente dos jovens. Ser ilegal nos estados unidos talvez seja ate melhor do que ser um cidadão Brasileiro.

        • Pois a sua resposta é a minha, também me surpreendi com texto e como vc moro no Rio e sinto o mesmo. Vivi 10 anos em Massachusetts e tenho filha genro e netos e sempre fico na dúvida volto ou não! Esse texto me deu uma grande mexida, mais apesar de hoje não ser como alguns anos atrás ainda dá para ter uma tranquilidade maior do que aqui, só não iria se fosse ilegal, pois seria contar com a sorte, mais com documento e falando ingles as portas se abrem!!!!!!

      • Karita says:

        Com certeza você não voltaria a morar no Brasil.
        A não ser a passeio né? hahaha

        Digo de novo: COM CERTEZA VOCÊ NÃO VOLTARIA A MORAR NO BRASIL.

        • admin says:

          Ola Karita, não só voltaria como tenho planos de voltar em breve. Voce não me conhece e suas acusações são totalmente infundadas e sem base nenhuma.

      • kah_cherub says:

        “gente bonita” já não sei… hehe. acho que os americanos são beeeeem mais bonitos que os brasileiros.

      • carlos says:

        Por acaso achei seu artigo. Acho engraçado pessoas que amam o Brasil mas se mandam na primeira oportunidade. Sou suiço e moro no Brasil e daria qualquer coisa para morar nos EUA, mesmo longe de familia e amigos. Morar no primeiro mundo e achar o Brasil ótimo é muito fácil. Viver o dia a dia aqui é muito diferente. Fico me perguntando se voce tem tanta saudade de churrasquinho, sorrisos e água de coco deveria voltar logo para essa porcaria chamada Brasil. De qualquer forma, concordo que viver clandestinamente em qualquer lugar do mundo não vale a pena, todavia achar que morar no Brasil é bom é uma falácia que só brasileiro inocente pode acreditar….

        • admin says:

          Ola Carlos, desejo que voce consiga vir morar nos EUA, que tal passar uma temporada por aqui?
          Eu não vejo o Brasil como porcaria, eu vejo algumas pessoas incompetentes principalmente as que comandam o pais, essas sim eu poderia chamar de porcaria. Mas o pais em si, eu vejo oportunidades em todo lugar. Eu vejo muitas oportunidades de negocios no Brasil.
          Outra coisa, o que é primeiro mundo pra voce pode não ser primeiro mundo pra mim. Eu valorizo as coisas simples da vida por isso sinto saudades das coisas banais que nao tenho no pais de primeiro mundo, onde estamos todos ocupados de mais, correndo, correndo sem tempo sequer para tomar agua de coco caso isso não tenha sido colocado na agenda com 1 mes de antecedencia. Segurança temos de sobra, boa educação (nem tanto, se voce não pode pagar o preço das universidades, vai ficar sem estudar) um diploma aqui não garante emprego nenhum. Os EUA é um pais saturado em todos os sentidos, só sobrevive quem for muito bom em alguma coisa e trabalhar muito para poder viver na classe media pagando o alto custo da vida Americana, coisa que turista brasileiro nem imagina, porque acha que tudo é barato demais.
          A vida é boa pra quem tem emprego do contrario é uma merda em qualquer lugar que voce viva.

        • Joey says:

          Largar a ´Suíça para vir morar no Brasil para mim é suicidio e também burrice,se eu fosse você voltaria para Suiça.Iria embora do Brasil,aqui somos tratados como indigentes,vivendo trancafiados dentro de casa com medo de sair na rua.So quem tem direito aqui são so os politicos e ladrões,quem for honesto e trabalhador so se fode. Qualquer lugar no mundo é melhor que o Brasil

          • Carlos Steiger says:

            Joey,

            Não larguei a Suiça, apenas cresci no Brasil, casei, tenho filhos e hoje fica complicado. Mas a grande questão é que me aproximo muito mais do American Way Of Life do que do Swiss Way Of Life. Apesar de concordar que na Europa também temos nossos direitos respeitados e que somos respeitados como pessoas independente da nossa classe social, acho que a vida da classe média americana muito melhor do que dos europeus de uma forma geral.

        • Eh isso mesmo, Carlos. Se nao fosse o brasileiro o Brasil seria um pais imbativel no mundo.
          P.S.: Carlos, quer trocar de cidadania comigo?

          • Carlos Steiger says:

            Antõnio,

            A questão é exatamente essa. O país é grande e rico mas isso não serve pra nada se o povo não ajuda. Na minha forma de pensar isso aqui nunca vai ter jeito pq o povo nao ajuda e está sempre querendo levar vantagem em tudo mesmo. E depois saem por ai comemorando o título de campeão mundial de futebol, só que somos campões, também, de tudo o mais que não presta.

          • admin says:

            Ola Carlo, realmente o Brasil esta dificil, mas não é pela politica. Vivencio na pele, a prestação de serviços mal feitos, deixados pra ultima hora, a falta de responsabilidade das pessoas, de arquitetos, engenheiros, advogados, e por ai vai. Quem quer as respostas ou procura um service de qualidade acaba se stressando porque encontrar um professional que cumpra o que promote é como encontrar uma agulha no palheiro. Primeiro te recebem de braços abertos, quando recebem o dinheiro somem, nao atendem telephone, estão ocupados e quando aparecem é com desculpas esfarrapadas. Tem gente boa e gente honesta sim, mas sempre dou azar de topar com os piores profissionais tipo lobos com pele de ovelhas… E o povo que faz o pais e no Brasil tem uma classe superior nojenta. Nos EUA tem currupção sim, tem coisas ruim sim, mas lá nos EUA as leis funcionam e sempre se busca cumrprir o prometido, prazos, horarios… coisa que no Brasil nem colocando em contrato acontece. Bjs

        • Bruna says:

          Gostei muito do seu comentário, concordo plenamente.

      • denia says:

        seu artigo é otimo parabéns

    • Jessica says:

      verdade, ele ta é querendo fazer qm quer ir pra la, desistir, é muito mais facil essa pessoa voltar mesmo, nao devia nem ter ido

      • THIAGO says:

        Eu acredito que tantos comentários incrédulos sobre a America são infundados , visto que a base de um salário mínimo no Nosso “amado” Brasil , só oferece condições de morar em favelas ou nem isso , ao menos nos EUA por pior que seja viver como imigrante ainda tem um mínimo de acesso a possibilidades , dizer que plano de saúde é uma fortuna aí então deveria morar aqui no RJ , eu tenho apenas para meus filhos pois não dá para contar com a rede pública para nada nem as vacinas são confiáveis , tudo no Brasil ( Tudo ) é feito nas coxas , feito para Brasileiros , a América não tem esse perfil , não aceitar imigrantes é um reflexo desse patriotismo e cobrança pela qualidade , no Brasil qualquer gringo tem prioridade em qualquer empresa ( você mesmo confirma isso em seus comentarios de que seus filhos tem vantegens por ter estudado e trabalhado nos EUA . ) nÃO CRITIQUE , DIFICULDADE EXISTE NO MUNDO TODO AINDA MAIS PARA QUEM QUER AGIR COMO BRASILEIRO TENTANDO TIRAR PROVEITO DE TUDO E SE ACHANDO NO DIREITO MAIS QUE TODOS . Abraço e desculpe se fui indelicado .

      • Cristina S. says:

        Ola Jessica. Infelizmente tenho que discordar de voce. Seria bem mais facil a autora dizer que aqui tudo eh maravilhoso, facil, glamoroso. Eu fui pra Espanha a +-8 anos atras porque tinha o sonho de morar for a do Brasil. Segundo as pessoas que busquei informacoes, tudo era maravilhoso, facil e glamoroso. Qdo cheguei la era tudo completamente o oposto. Nao conheci uma pessoa que ganhasse o bastante pra mandar um Euro pro Brasil. Todos trabalhavam em mais de um emprego e ganhavam somente para o sustento. Meu namorado na epoca, nao conseguiu trabalho e tambem nao conseguiu se adaptar ao estilo de vida e acabamos voltando, dps de ter gasto todo o dinheiro que tinhamos. Hoje estou nos USA legalmente porque me casei com um Americano. Trabalhei um tempo como Assistente de Enfermagem, mas meu marido tinha que pagar ate minha gasolina de tao pouco que eu ganhava. Hoje sou dona de casa, porque temos criancas pequenas e, se eu fosse trabalhar e pagar Day Care pras criancas, definitivamente estaria pagando para trabalhar. Vivo no meu dia a dia a humilhacao de ser imigrante, pois como disse a autora, os Americanos nao querem saber de sua amizade, de falar com vc, nem te deixam falar em uma reuniao qdo notam que vc eh imigrante. Te cortam mesmo! E como moro em uma cidade de populacao quase totalmente Americana, tenho 0 amizades aqui! Espero que nao tenha jogado um balde de agua fria nos seus sonhos, mas eu gostaria que alguem tivesse feito isso por mim qdo fui pra Espanha, ou ate mesmo antes de vir pra ca. Abracos e Deus a abencoe.

        • admin says:

          Oi Cristina, obrigada pelo comentario. Realmente, mostrar apenas o lado bom é facil, mas não seria honesto, era preciso dizer a verdade, que quem mora aqui e vem pra ca como imigrante, irá trabalhar 10 vezes mais do que qualquer pessoa e nesse momento (pode ser que a situação mude), a situação financeira nos EUA não é boa pra quem chega de mãos abanando. Abracos

          • Luiz says:

            Vivi nos EUA de 2004 a 2012, hj tudo que tenho meu apto e salas alugadas devo a meu trabalho duro de manobrista . Cada caso e um caso consegui minha driver licence e meu social, com isso vivia sem problemas, mas voltei pq hoje tem um sistema e-verify só arruma trabalho quem tem permissão, e ta cada vez mais difícil. Thank you American people, se nao fosse pelas gorjetas nao teria nada o que tenho, infelizmente só posso voltar após 10 anos… Mas ai só a passeio mesmo. Vc só Será respeitado no seu pais de nascença, mesmo com tudo se abrir a boca a sociedade te rejeita, era o que eu sentia, no mais, digo que valeu a pena, mas cruzar fronteira jamais nao façam isso. Até

          • admin says:

            Ola Luiz, obrigada pelo comentario, sucesso pra voce!

          • Everton says:

            Bom dia,
            meu nome é Everton sou casado e tenho 2 filhas.

            Sou analista de sistemsa de uma multinacional há 10 anos e minha esposa está no último ano de Direito, tenho uma tia que mora na flórida, e ela me disse que paga bem em miami para minha profissão, na sua opinião vc se arriscaria a tentar morar nos EUA com essas condições?
            Obrigado

          • admin says:

            Ola Everton, voce pode tentar um emprego, enviando seu curriculo, ou vindo como turista e visitando empresas, fazendo contato. Não recomendo que voce venha de mala e cuia sem ter tudo organizado por aqui. O ideal seria voce ter um emprego aqui e vir com o visto de trabalho. Cada caso é um caso. Não posso afirmar que voce vai ganhar bem ou vai conseguir um emprego. Mas voce deve tentar sim. Boa sorte. Abraços

      • Enrico says:

        Ola, estou me aposentando do Serviço Público daqui a 2 anos e penso em mudar para Tampa Creio que com um salário em torno de $8.000.00 de para viver bem, com casa própria, carro e plano de saúde. Só não sabia desse imposto residencial.
        O que você acha?

        • admin says:

          Ola Enrico, Cada estado tem um imposto diferente e voce terá a possibilidade de comprar uma casa que pode ser de U$150,000 mil a U$1,000,000 milhão, só voce sabe o quanto voce pode gastar e onde voce poderá morar.
          Alugar temporariamente poderá ser uma boa saída para voce poder pensar melhor e se adaptar ao local.
          Mantenha seu visto em dia, voltando ao Brasil a cada 5 meses e voce não terá problema de viver aqui ilegalmente. Boa sorte. Abraços

  3. Nayara says:

    Sueli.. achei super interessante seu post.
    Acontece que as vezes o próprio brasileiro não da o merecido valor aos nossos profissionais. Digo isso, pois trabalho em uma empresa em que estrangeiros são contratados com salários exorbitantes, acompanhado de toda a família e tendo TODAS as despesas pagas pela emprea para exercerem atividades que profissionais brasileiros poderiam exercer tão bem quanto e na maioria das vezes até melhor.
    É triste ver o descaso e a falta de credibilidade para com os brasileiros.
    Mesmo assim, continuo investindo no meu inglês e na minha educação pois tenho certeza que o Brasil só tem a crescer cada vez mais.

  4. camila tomas says:

    ola sue eu nao sou brasileira sou angolana acabei de ler a pouco tempo o teu post,e quero fazer uma pergunta sera que tu desencorajas so os que querem entrar ilegais ou os legais tambem?e que eu quero estudar enfermagem nos estados unidos e voltar para o meu pais, pouco a pouco vou preparando as condiçoes o que tu tens a dizer sobre este caso?

    • admin says:

      Ola Camila, esse post é voltado para as pessoas que não conhecem a situação americana e sonham em vir aos EUA fazer uma vida melhor de forma ilegal. Se voce vem aos EUA com dinheiro pra passar uma temporada, ou para ficar na casa de amigos ou para estudar e retornar, voce nem verá a crise. Mas para os que chegam aqui sem dinheiro, após terem arriscado tudo e vão tentar a sorte, a probabilidade de não conseguirem realizar o sonho é muito grande nesse momento. Meu artigo é para as pessoas que estão pensando em vir de uma forma ou de outra pra trabalhar e fazer pé de meia no Brasil.
      Acredito que se voce tem os meios para estudar aqui e se manter, voce não terá problemas, mas para quem pensa em vir trabalhar para pagar os estudos, é bom saber que os custos do curso, moradia e alimentaçãoo serão bem maiores que o que ele vai conseguir trabalhando ilegalmente ou fazendo bicos. De qualquer forma, desejo boa sorte para voce.Abracos

  5. camila tomas says:

    sue muito obrigada por responderes as minhas perguntas nem imaginas como fiquei feliz ao ler as tuas respostas mais uma ves muito obrigada.sue sem querer abusar,e se assim for por favor mande o sinal vermelho,quero diser mais algumas coisas eu pretendo estudar enfermagem começando por community colleges e depois transferir para uma faculdade e se der tudo certo e bem provavel que serao cinco ou seis anos nos estados unidos,eu vou receber ajuda de parentes e como eu li no post de um brasileiro nos eua o aluno so pode começar a trabalhar depois do primeiro ano de estudos,depois deste ano sera que tu achas que sera dificil eu conseguir algum trabalho que tem a ver com a minha area de estudos?muito sinceramente para quem esta habituado a trabalhar e estudar e um pouco dificil so estudar.e que eu tenho 28 anos e so pretendo ir daqui a dois anos,e nos primeiros dois anos so quero me concentrar na adptaçao. por favor me de mais dicas,eu tenho lido sempre que quem quer estudar de forma digna nos estados unidos tem de ter os pes bem assentes e tenho tentado fazer isto ao longo do tempo pesquisando muito.e se souberes do custo dos cursos de enfermagem por favor me ajude, mesmo que for por meio do contacto eletronico.muitos beijos chau.

  6. joao paulo - smo says:

    Na minha modesta opinião viver ilegalmente em outro país não é o mais correto, não é legal. Como também não é certo ser tratado como um bandido, ou algo do tipo. Deve-se no minimo fazer a deportação, sendo que cada caso deve ser averiguado, também acho que muitas pessoas não levam em consideração que viver em outro país seja em crise ou não deve-se ter muita capacidade de entender as leis, direitos, possibilidades, para pessoas dentro da lei seja onde for vai ser melhor, mais seguro e justo.

    Acho que mesmo com uma economia em crise os Estados Unidos é melhor que o Brasil, em vários aspectos, como também o Brasil em desenvolvimento é muito legal em muitos outros. Cada qual tem seus porques, devendo a cada um de nós aqui pesar o por que de uma mudança, sempre desencorajando a ilegalidade, se aqui com o comércio é complicado por que não gera impostos, imagina em uma nação como a americana com todos os seus custos.

    Cada escolha a ser feita deverá ser tomada com base em muita coisa, amigos, familia, pessoas, pesquisa, o por que? do porque?

    Somente desta forma se decide mudar para outra cidade, país, ou seja qual for o interesse.

  7. Riss says:

    Oi Sueli,

    Muito bom o seu post, bem abrangente e interessante. Infelizmente, não vou poder concordar com você em tudo.

    Concordo com vc na questão de pessoas terem a intenção de ir morar nos EUA ilegalmente, pior ainda se for pelo México porquê entrar sem inspeção não permite ajuste de status (através de casamento, por exemplo) a não ser através de um waiver I-601. Também concordo com vc com relação a depois de chegada nos EUA, sem falar inglês, sem conhecer ninguém, fica realmente difícil de começar e continuar qualquer coisa.

    A parte que descordo de vc eh dizer que o Brasil tem opções. Não tem pra quem teria de começar do ZERO. Gostaria de dar um exemplo fictício:

    1. Uma mãe de família faxineira de uma empresa, ganha uma salário mínimo de tcharam! – R$622,00 reais. Ela não tem como estudar e ter uma carreira pq já eh assim a muitos anos e não tem dinheiro para abrir um negócio, seja ele um simples carrinho de cachorros quentes.

    2. Ela tem 2 filhos terminando segundo grau, que estudam obviamente em escola pública, possivelmente não passarão em uma universidade federal que seria a única opção de graça para um curso superior. O pai deles foi embora a muuuitos anos.

    3. Eles moram de aluguel em um quarto e sala no morro (qualquer um, rocinha, cantagalo) pagam R$200,00 por esse aluguel.

    4. A mãe utiliza vales-transporte para ir ao trabalho e os meninos vão a pé pq a escola pe perto.

    5. Precisam comer, pagar luz, água, etc.

    6. Existem tbm as roupas, materiais escolares.

    7. AH – eles não tem direito a bolsa família, bolsa escola, etc – pq a renda per capita deles teria de ser até R$140,00 reais..

    8. Eles não tem condição de plano de saúde, serão atendidos pelo maravilhoso SUS, quem dera fosse caro como dos EUA mas funcionasse.

    9. Essas crianças muito provavelmente não poderão ir para a faculdade. Se fossem crianças americanas, eles poderiam ter estudado a vida inteira nas escolas públicas e ainda sim poderiam trabalhar duro (como garçonete/garçom, etc) para ir pagando a sua faculdade aih nos EUA, poderia ser um community college que eh mais barato, so para começar. AH, sem falar na possibilidade de financial aid =)

    OBS: O q será q sobrou dos R$622,00 para vamos dizer, fazer uma viagem a Cabo Frio? Será que essa família tem condições de ter um futuro melhor?

    Eu falo tudo isso pq a realidade eh q nos fala a verdade. Começar do ZERO nos EUA eh muuuuuuuito mais fácil do que começar do ZERO no Brasil. Pra quem tem família de classe média a alta aqui, eh oóótemo. Mas e pra quem vem dessa situação acima?

    Se fosse nos EUA, teria como reverter. Dá pra trabalhar em um empregozinho mais ou menos e comprar um carrinho. E pagar faculdade. E viajar. E se formar. E ter um emprego melhor. E comprar uma casa. E ir melhorando com um certo comforto ateh ficar ótimo!

    Aqui.. Não dá. Infelizmente eh a verdade.

    Quero comprar um carro mas não consigo! Todos carerrímos e sem fundamento. as montadoras assaltando junto com os impostos.. E olha q tenho um ótimo emprego em uma multinacional… ENFIM!

    Obrigada pelo post, desculpa expor minha opinião tão enfaticamente!!

    Beijos a todos.

    • admin says:

      Ola, realmente eu também pensava assim como voce de que nos EUA sempre da pra começar do zero. Mas como falei no post sempre dava.
      A situação americana não é diferente da situação brasileira.
      Quem faz faculdade e se forma, descobre que não tem emprego e volta pra casa dos pais e ainda tem uma divida de mais de 100 mil dolares do tal Financial Credit que ele usou pra se formar e agora não tem como pagar.
      Milhares de americanos vivem em casas pequenas, tão pequenas que mal da pra ter um gato e pagam uma fortuna pra poder ter essa casa pelo resto da vida. Uma amiga minha por exemplo é formada em 3 faculdades e nunca conseguiu emprego, o marido dela é advogado, mas aqui tem tanto advogado quanto cachorro sem dono nas favelas do Rio. O que ele ganha paga as despesas da casa e pronto!
      Quem trabalha como garcon aqui nos EUA, pode ser que nunca seja ninguém além de um imigrante.
      Bem de qualquer forma, não adianta tentar explicar o paralelo entre Brasil e EUA porque todo mundo tem a ilusão de que EUA é o que eles veem nos filmes de Hollywood ou o que eles veem nos filmes sobre NYC. E isso não é EUA.
      Pra conhecer os EUA voce tem que ir e viver em Chinatown, em Freeport ou no Harlem ou no Bronx e dai voce vai ver como o pobre americano vive.
      E eles só vivem graças a ajuda dos EUA do FOOD STAMP de U$500 dolares por familia.
      Minha intenção com o artigo sempre foi e sempre será a de não incentivar ninguém a arriscar a vida ou gastar suas economias vindo pros EUA tentar a sorte aqui porque a sorte já deixou os EUA faz tempo.
      46 milhões de pessoas (pra ser exato) vivem em pleno 2012 nos ESTADOS UNIDOS DA AMERICA abaixo da linha da pobreza. (leia o artigo de Abril de 2013 aqui http://www.globalresearch.ca/more-than-46-million-americans-below-the-official-poverty-level-more-than-10-million-are-working-poor/5331766)

      Aqui nos EUA sem plano de saúde voce morre igual no Brasil.

      • Fernando says:

        Apenas um adendo aqui: moro nos EUA e, acreditem, com todo o horror que é o sistema público de saúde no Brasil, ainda é melhor que a saúde de “primeiro mundo” nos EUA, no sentido do acesso gratuito. No Brasil, vc tem filho, é internado, trata diabetes, hipertensão e recebe até remédios gratuitamente.

        • Thiago says:

          Infelizmente esta não é a realidade, não vagas no hospital e muitos pacientes ficam nos corredores. Um amigo meu estava feliz que um parente seu havia conseguido ficar no corredor de um bom hospital de Fortaleza. A realidade no Brasil é muito pior, o problema é que a gente esquece quando sai daqui. Fiquei 3 horas em um hospital PARTICULAR com plano de saúde da CAIXA, pois sou funcionário publico. O outro hospital que havia ido primeiro era de 5 horas a espera. O público, atendimento de “ótima” qualidade e gratuito, tinha uma espera de 12 horas. Nos EUA você é atendido em um instante, é caro, mas as pessoas não perdem seus filhos esperando atendimento médio. Quando se tem filhos você quer que eles sejam tratados na hora, principalmente quando estão com 39º de febre. A visão de esperar 12 horas só porque o atendimento é gratuito é uma PIADA!!!

          • admin says:

            Thiago, voce tem razão, então o certo seria os brasileiros exigirem os direitos que eles tem. Saem na rua fazendo passeata por 0,20 centavos, mas quando o governo rouba bilhões em corrupções, ninguém faz nada.

            Se todos as pessoas que estão na fila esperando por 12 horas começassem a exigir os direitos deles, com certeza a coisa mudava, só que são essas mesmas pessoas que ficam 12hrs na fila que elegem os representantes e o presidente (a) que temos!

            Os ricos não vão sair na rua gritando pelos pobres, quem tem hospital particular não vai fazer passeata ou reclamar dos hospitais publicos, quem tem que reclamar é quem usa, não é verdade? Só que a maioria prefere ficar dentro de casa assistindo televisão e recebendo a ajuda do governo!

            A saude publica é uma piada sim, eu sempre usei hospital publico, e já cheguei a ficar 02 dias em hospital internada em SP sem ninguem ligar pra minha familia! Sei exatamente o que voce esta falando e o caminho é a educação. Somente o acesso a educação poderá mudar a vida das pessoas e mostrar a elas o poder que elas tem.

            Abraços

    • Rodrigo says:

      Hoje no Brasil não se compara a 10 anos atrás, que um soldado raso do exército não tinha nenhuma refeição no dia…

      A Sue tem razão, é muito + fácil ser bem sucedido no Brasil atual.

      • Rosi Santos says:

        ESTE ANO FAZ EXATAMENTE 12 ANOS QUE DEIXEI A AMERICA.
        COMO O MEU ESPOSO SEMPRE ME DISSE `PEGUE UMA FATIA DO BOLO E SAIA`
        O BRASIL HOJE É MARAVILHOSO E PENSAR EM VOLTAR LÁ ILEGALMENTE É LOUCURA.

        • admin says:

          Oi Rose, obrigada pelo comentario. 12 anos atrás era uma boa época pra vir pra cá e pegar uma fatia do bolo. Espero que voce ainda esteja saboreando essa fatia. Hoje esta mais dificil, diria que o que sobrou foram as migalhas. Esperamos que com um novo presidente as coisas possam voltar a ser boas. Abraços e sucesso pra voce.

    • Cristina S. says:

      Aqui nao existe mais como trabalhar em um empregozinho e comprar um carrinho….aluguel eh carissimo e o salario esta longe do que se ganhava a 10 anos atras, por exemplo.

  8. Riss says:

    Olá, obrigada pela resposta!

    Só para constar, morei nos EUA, trabalhei e graduei em uma High School – então sei do q estou falando, não assisti filmes de Hollywood e vim aqui falar besteira.

    Morei numa área relativamente pobre e mesmo assim, conseguia melhor qualidade de vida do q morando em bairro de classe média-alta aqui no Brasil. Consegui ter carro, conseguia juntar dinheiro, comprava praticamente tudo q queria. E isso a pouco tempo atrás. Nunca precisamos de food stamps – eu e minha mãe.

    Como eu disse, concordo com vc com relação a imigração ilegal, sei que não trará recompensa e que será muito difícil para quem optar por isso.

    Sobre a universidade, vc mesma confirmou, as pessoas conseguem se formar. eh mais fácil. Se vão encontrar um emprego ou não depende das qualidades extra-curriculares. Na minha classe eu fui a única que fui contratada para uma multinacional AQUI no Brasil. Como explicar? jah que aqui tah tão bom, neh?

    Quando vc fala que um garçom/garçonete, não será ninguém e viverá a margem, vc esquece de comparar por exemplo, se essa pessoa fosse ser garçom/nete aqui no Brasil. Viveriam pior q na margem. Eh a realidade. Eu trabalhei de garçonete aih nos EUA, e com esse emprego comprei meu carro com 18 anos.

    E finalmente sobre o seu comentário com relação a saúde, não eh bem assim. Fiquei doente nos EUA e precisei me internar e fui a um hospital. Não tinha plano MAS, fui atendida – coisa que aqui NUNCA aconteceria… Pode morrer na porta, mas sem plano nao atendem! Ou atendem num hospital publico.. Brrr! E depois fui cobrada, mas como eu e minha mãe ganhávamos pouco, aplicamos para a dívida ser perdoada.. E foi perdoada. UAU!

    Mas, como o seu site não é um fórum de julgamento (haha), apenas quis expor minha opinião para as pessoas não ficarem pensando que os EUA são tão fundo-do-poço como vc diz.

    Os EUA tem seus altos e baixos assim com o Brasil.

    Desculpa ser um pouco ríspida (rsrs), acredito q as pessoas podem ter opniões diferentes e mesmo discordando se respeitarem.

    Ah, gostei mto do seu site e vou frequentar mais!

    • Eliane says:

      Riss,
      Vejo que isto é bem normal… quem sai do Brasil e fica fora um bom tempo ESQUECE de repente de todos os nossos problemas e o Braisl vira o pais do futuro. Engraçado né…deve ser uma síndrome… Sem ofensas a dona do blog, pq gostei e vou continuar lendo… Mas é um fato interessante, conheço pessoas que moram na suiça que vem pra cá 1 mês depois de viver anos lá e acham que nós reclamamos de barriga cheia..tudo igualzinho o que você falou.
      Eu continuo pensando que uma faxineira daqui JAMAIS tera a vida de uma faxineira nos EUA.

      Eliane

      • admin says:

        Acredito que toda pessoa que muda de seu pais de origem, passa a vida dividido entre voltar pra terra onde nasceu (raizes) e ficar onde criou os filhos, fez novos amigos e conquistou uma vida “melhor”. Voltar é como dar um passo atras depois de tudo que voce passou pra se acostumar no novo pais. Ou seria um sinal de derrota. Outras vezes voce simplesmente se acomoda, e fica lamentando das coisas que sente falta. Quando voltamos ao pais de onde viemos, respiramos as lembranças, as coisas boas, a infancia… natural a pessoa se apaixonar novamente pelo que deixou para tras. Não é maldade nem arrogancia nem exibição, é algo natural. Eu apenas posso te dizer que existe uma ilusão muito grande sobre viver em outro pais. Existe os prós e os contras que diferem pra cada pessoa. Com certeza os problemas do Brasil (corrupção, crimes, educação, saude…) são os principais empecilhos pra alguém que morou fora voltar ao Brasil. Obrigada pelo comentario.

        • claudia says:

          Oi, tb sou descendente de europeus mas eles se deram muito bem aqui no Brasil, constituindo famílias e amigos por décadas. Tenho 51 anos e quero morar nos EUA, mas é pelo meu trabalho. Sou musicista, leciono música clássica e música popular brasileira. Sei que o conhecimento deles sobre a nossa música, acima de tudo nossa técnica e harmonia é muito limitado, então gostaria de saber qual sua opinião a respeito. Ficarei muito agradecida

          • admin says:

            Ola Claudia, obrigada pelo comentário. Realmente voce tem algo interessante em mãos. Os americanos tem muito interesse pela musica brasileira. Tenho certeza que voce tem boas chances. Uma forma de começar seria contatando pessoas aqui ligadas na sua área ou apresentando seu trabalho em locais como ONU, escolas de musicas etc. Com sua experiencia voce pode abrir várias portas, porque voce não contata o Consulado Brasileiro? Talvez voce consiga um convite para vir apresentar seu trabalho aqui. Outro contato interessante é esse site aqui: http://brazilianendowmentny.org/ eles são focados na arte, na musica e na cultura brasileira. Boa sorte

      • Roberto says:

        Parabéns a blogueira…deu um banho de realidade às pessoas que acham que morar nos EUA seria como morar no paraíso…o mais engraçado, coisa que a blogueira talvez não perceba por morar fora, é que as pessoas falam que vão morar fora porque estão fugindo da falta de educação, do jeitinho brasileiro, da falta de respeito dos brasileiros e etc…falam como se os brasileiros fossem os outros, eles não são! É muito cômico…e os EUA quando perceberem que estão mais perdendo do que ganhando com os brasileiro vão acabar com esta farra rapidinho. Parabéns pelo blog.

      • Roberto says:

        Isso que é pensar pequeno, caramba…comparar qual faxineira que ganha mais..rs…o engraçado é que não tem faxineiros alemães nos EUA, nem japoneses…rs…mas brasileiro fica fazendo este tipo de comparação…por isso que digo…os EUA ainda vão perceber que não estão ganhando nada com a imigração brasileira.

  9. gabriel says:

    Adorei seu comentario RISS !!!!

    • Paulo says:

      RISS !! Não te conheço mas já sou seu fã !! Gostei de você !!

      Ah ! e claro do Blog também, afinal sem ele não teríamos riquíssimas informações.

  10. larissa says:

    Olá Sueli,
    Ano que vem me formo em Direito, porém nessa área é super complicado um bom emprego..então estou bem desanimada…Tenho a possibilidade de ir morar nos EUA legalmente..Meu noivo tem o green card (por isso quando me casar com ele terei direito tbm). Não tenho nenhum bem no Brasil, meus pais que me sustentam, meu noivo não fez faculdade, ou seja aqui ele não arruma nada.
    Você acha que no meu caso é arriscado?

    OBS.:Estou fazendo curso de ingles e meu noivo fala ingles fluente, eu ainda não

    • admin says:

      Ola Larissa, emprego aqui não é mais facil que no Brasil, O diploma de direito não vai lhe garantir um emprego aqui, até porque as leis no Brasil não se aplicam nos Estados Americanos.
      Supondo-se que voce tenha realmente decidido vir morar nos EUA, procure uma universidade de Direito e se informe sobre como atuar como Advogada aqui. Voce terá que estudar as leis americanas e ter uma formação universitária Americana também.
      Voce terá que fazer um exame chamado BAR, leia mais aqui: http://abovethelaw.com/tag/new-york-bar-exam/
      Boa sorte

  11. carlita says:

    quer saber!! brasileiros deveriam acordar e parar com essa ilusão de estados unidos…pq ja era kkkkkkkk fora as mentiras né….tem brasileiro vivendo lá nem liga pra familia pra contar os desastres,meu primo mesmo veio este ano meu tio aqui do brasil teve que pagar passagem pra ele voltar 6 anos de america como se diz…..quero ver os brasileiros contarem a realidade…

  12. carlita says:

    acontece coisas lá que as pessoas não tem coragem de contar…só aparecem em fotos com coronita na mão só na gandaia..vive passando necessidade batendo em portas a procura de faxina poderiam estar aqui estudando fazendo faculdade o governo brasileiro esta dando oportunidades pra quem não tem condição financeira…gostei vc esta certa vc faliu tudo,é uma ilusão pq lá fazem faxina e ainda quer falar mal do brasil vivendo como escravo racional dos estados unidos…isso é hipocrisia…o brasil é rico e próspero..só não trabalha quem é preguiçoso esse negoço de usa ja era…ainda bem que o povo parou com essa palhaçada de querer ir pra lá e pagando 12 mil dolares enquanto poderiam fazer cursos aqui…olha o pré sal e o barak obama ta de olho no nosso pré sal…pq a pobreza ta tanta quem diria nosso brasil a 6 maior economia do mundo..kkkkkkkkk

    • Fernando says:

      Mais um adendo…rs… curso superior: no Brasil, agora tem Prouni, Sisu, tornando o acesso a faculdades privadas mais em conta. E temos o sistema das universidades gratuitas federais e estaduais. Aqui nos EUA, não existe nada que não custe pelo menos 12 mil dólares ao ano.

  13. mayra says:

    Nossa, parece que vc escreveu a minha situacao… ja tentei de tudo, cozinha, baba, acompanhante de idoso, limpezas que por sinal, acabam com a gente.. cheguei a fazer 8 casas num dia!!!etsa bem dificil, fora a saudade de tudo e todos… parabens por escrever tao bem!!!
    mas estou acompanhando minha filha, ela faz college e fica ate 12/2013…como e’ dificil pra mim, e’ pra ela ficar sozinha aqui… entao , vou levando, ate aguentar…
    ah e sem sonho!!!
    bjs

  14. thiago says:

    sue como foi q começou a crise economica nos eua?

    • Tamara says:

      Nao e Verdade que sem Plano eles Nao atende,acho que Amiga ai esta um pouco desperado com a vida que levar mas aposto que ela Nao quer Volta para brazil kkk

  15. Roberto Carlos says:

    Ola meu querido eu concordo com voce em partes mas descordo em várias partes também dificil esta em todo país não acho que o Brasil ou os Eua seja melhor de morar que o outro eu acho que se a pessoa batalhar e lutar pelo seu ideal a pessoa consegue não é porque uns não conseguiram que o outro não vai conseguir se da bem nos eua, e eu acho que você esta bem longe do Brasil porque aonde voce esta vendo empregos por aqui, aqui ganha uma miséria terrivel eu mesmo trabalho em uma transportadora e ganho uma miséria tendo que aguentar humilhação e olha que eu sou Pós graduado em Logistica e voce vem me falar que o Brasil esta facil…. esta erradissimo meu querido, logicamente não estou dizendo que os Eua é mil maravilhas que a pessoa vai ganhar rios de dinheiro por la, mas te garanto que a pessoa na miséria la esta melhor que a pessoa que tem algum dinheiro aqui… essa é a minha opinião voce pode ate descordar mas cada um tem um pensamento….

  16. admin says:

    Ola Jessica, voce esta convidada a escrever um texto melhor, juro que publico na integra. Abraços

  17. Lidiane says:

    Não gostei do texto, prepotente e preconceituoso.
    Ja morei nos EUA e a situação não é bem assim. Começar do nada, sem dinheiro não é fácil em nenhum lugar, nem Brasil nem EUA.
    A diferença é que nos EUA vc estará longe da familia, em compensação, terá um ar puro e segurança. Cabe a cada um colocar na balança e ver o que é mais interessante.
    Pq trabalhar terá que trabalhar em qquer parte do mundo. Viver ilegal nos EUA não é a pior coisa do mundo. Se quisessem deportar os ilegais, a policia e as autoridades saberiam muito bem aonde encontra-los.
    Vivi numa região nobre, legalizada, mas conheci as regiões pobres, e nem de longe pareciam as favelas do Brasil.

    • admin says:

      Ola Lidiane

      A realidade dos EUA não é a mesma de 5 ou 10 anos atras.
      Muitos vem com sonhos de ficarem ricos e gastam tudo que tem no Brasil pra chegar aqui e não conseguem isso.
      Mas não tem nada de prepotente ou de preconceituoso, preconceito existe na cabeça da pessoa que não entende o que le.

      O artigo é 100% baseado em fatos, se alguem deseja vir e ficar ilegal ou vir de forma clandestina, pelo menos alguém tem que ter a coragem de dizer que a taxa do desemprego é alta, e que os empregos de babyssiter ou faxina qdo voce consegue so pagam as despesas da pessoa que mora aqui!

      Abraços

    • admin says:

      Vejo que voce mesma diz que morou em região nobre, acho dificil entender o que é ser pobre quando a pessoa diz que apenas “visitou” as areas pobres. Pra entender o que é ser ilegal ou viver sem emprego voce teria que viver em quarto apertado num basement e trabalhar 7 dias por semana, fazendo trabalhos que americanos ou imigrantes que moram em areas nobres em geral não fazem. O artigo não se aplica a voce em absolutamente nada.

  18. Wylliam Brend says:

    Esse post é idiota. Eu o odeio! Muita gente pode viver nos Estados Unidos, mas, o mais importante é: dominar o inglês. Não concordo que o sonho de morar nos USA está morto, pois, você não sabe decifrar o sonho de ninguém. Creio que cada um deve começar de agora pra alcançar seus sonhos e objetivos, deve fazer um curso de inglês. Cada um deve ser feliz, mas claro, fazer a felicidade acontecer.

    • Roberto says:

      Falar inglês é o básico para qualquer país civilizado então você não terá vantagem nenhuma…isso só para começar…você é formado em direito? As leis são direntes. É formado no Brasil? Qualquer faculdade de quinta categoria nos EUA é melhor que a tão decantada USP aqui…bom…se você gosta de lavar prato e esfregar o chão…boa sorte…ah, torça para nas próximas eleições não entrar o partido repúblicano no lugar do Obama…terá uma grande chance de ser deportado rapidamente.

    • Fernanda says:

      Achei bem realista, já vi boa parte do que foi relatado nesse blog. Eu falo inglês fluente e estudei na high school e sempre fui vista como a imigrante. Quem vive nos Estados Unidos na maioria das vezes não tem grana pra quase nada, tudo vai nas despesas. O blog fala a verdade, o povo tem que parar é de ser bobo.

      • admin says:

        Obrigada pelo comentario, Fernanda! Abracos

      • PG says:

        Gente, a grande verdade é que não existe almoço grátis em lugar nenhum no mundo… Quem foi para os EUA nos últimos anos foi porque não conseguiu se estabilizar por aqui e algumas e raras exceções por outros motivos diversos. Mas muitos e eu acredito que a grande maioria foi pensando em se dar bem, mesmo que tenha se sujeitado à sub-empregos inicialmente a idéia fixa era ganhar alguma grana pra “montar” um negócio no Brasil, comprar uma casa, pagar os estudos dos filhos e parentes e no mínimo conseguir um casamento com um americano ou americana pra garantir o tão sonhado green card e também tentar garantir o futuro da família inteira, mas isso é só minha humilde opinião e conclusões que tiro dos muitos relatos que tenho lido… Tenho lido relatos de muitos brasileiros que estão morando em diversas cidades americanas e todos ou a maioria deles está “embaixo” de sub-empregos, mas ninguém quer voltar, mesmo apenas se mantendo com salários teoricamente baixos as conquistas são maiores do que as que teriam se estivessem em terras tupiniquins.

  19. Day says:

    Eu me formei ,estudei ,fiz aula de computação,curso de inglês ,tenho emprego e quero ir embora mesmo assim .

    Tenho amigos que se deram bem nos EUA trabalhando com limpeza,hoje tem casas aqui e nos estados unidos .

    Isso vai da sorte .

  20. Raphael Machado says:

    Acredito que essa vida miseravel só se aplica em palavras como a sua. Eu tenho uma vida otima no Brasil, estudo Relações Internacionais e ano que vem estou trancando minha faculdade e indo como turista para os Eua, tentarei trabalho para me manter ai SIM, e não importa quem está ai diz, VOCÊ está falando, e eu não vou VER o que você ou qualquer outra pessoa quer, até pq muitos não vão apenas pelo dinheiro, como é o meu caso. Vou pela cultura, vou pelo aprendizado, seja ruim ou seja bom, É APRENDIZADO e é o que eu quero. Posso ir para quebrar a cara, mas é meu sonho ir, não ganhar fortunas, não ganhar nem um centavo, só ir. E acredito que você seja um riquinho que foi ou tem parente ai tendo a oportunidade de ir, se acha superior a qualquer coisa. Digo isso pois você só criticou. Post de MERDA o seu. desculpa e eu vou para esse país SIM.

    • A.A. says:

      “O Brasil não pode se jogar fora!”

      Concordo. Mas infelizmente, é o que o Brasil e os brasileiros fazem todos os dias… bom, realmente começou a acontecer essa onda de manifestações mas não sabemos onde ela vai chegar e se não começou tarde demais.

      Infelizmente não dá para ter esperanças, Sueli. Com a recente alta brutal da cotação do dólar, a inflação voltou de uma forma consistente ao país. Os números são irreais se comparados ao que encontramos nos supermercados todos os dias. Cito um exemplo, o do leite longa vida. Em fevereiro era possível comprá-lo por R$ 1,99 numa grande cidade do Sudeste. Agora, você não encontra por menos de R$ 3,40. Foi um aumento de quase 100 %.

      O custo de vida no Brasil está irreal e falta pouco para a maioria das pessoas não conseguir pagar o básico para uma vida decente mesmo se estiverem empregadas. Os preços continuam subindo, a sanha de arrecadação de impostos também, mas o retorno desses impostos e a qualidade dos produtos não sobe. A criminalidade tem crescido. A educação… socorro. E os governantes, em vez de ouvir a voz das ruas, estão mandando balas de borracha e gás lacrimogêneo nas pessoas. No mínimo.

      Então, para muitas pessoas uma vida ilegal nos Estados Unidos pode ser melhor do que a vida miserável e sem esperanças que nós estamos tendo no Brasil. Claro que muitas pessoas não pretendem ser ilegais. Eu mesmo não pensei em ir para os Estados Unidos porque, mesmo com inglês fluente, mestrado e a pouco tempo de concluir doutorado, experiência internacional e reservas financeiras para me manter modestamente no país, não teria condições imediatas de obter um green card. Por isso, fui buscar outras opções. Mas não quero permanecer no Brasil sem alento, sem esperanças e vendo meu poder de compra derreter a cada dia. E sendo desrespeitado dia e noite.

      Perdi a fé no Brasil. Fico feliz vendo você dizer que o Brasil não se deve jogar fora… mas acontece que o país joga seus cidadãos fora a cada minuto. Venha para cá e viva aqui sem uma renda realmente GRANDE e verá que não é possível ter o mesmo padrão dos EUA.

      Ah, e quer saber? Eu não me importaria nem um pouco se fosse tratado pelo povo daí como o “estrangeiro” ou o “imigrante”. Mais do que amigos, eu quero oportunidades, poder de compra, respeitabilidade e o direito de sonhar que me foi tirado pelo meu país.

      • Marcelo S. says:

        Nossa, você disse absolutamente tudo, me entristece muito ver que seu post não foi respondido, e por isso a autora do post perdeu um pouco de respeito, na minha opinião, o nosso poder de compra que nos é tirado diariamente no Brasil, tudo aqui é mais caro, tudo aqui é pior, os carros papulares e minúsculos são absurdamente caros, é um pais ótimo sim para se viver, mas só pra quem é rico, duvido muito que estas pessoas que estão no EUA, pelo menos a maioria, já passaram apertado no seu próprio país, tendo que ir em hospitais decadentes, e não tendo dinheiro nem pra pagar sua condução, quanto menos pagar nosso leite e café da manhã, abrir uma empresa ou mesmo uma microempresa … Jamais. Abraços a todos, mas eu ainda preferiria limpar privadas e não ter amigos, ao continuar vivendo em um país onde se paga mais que o dobro do valor dos produtos em imposto e não receber nem metade de qualidade em troca!

        • admin says:

          Ola Marcelo. Não importa muito o serviço que se faz, qualquer coisa que pague suas contas e que lhe mantenha uma vida de dignidade é melhor do que nada. O unico senão que eu menciono é a pessoa vir para ficar ilegal e acreditar que vai dar tudo certo, sem ter noção do que acontece nos EUA. Mas como residente americana posso lhe garantir que impostos pagamos sim e muitos… Mas entendo sua frustação com o Brasil, minha familia mora ai e eu morei minha vida toda ai tambem, e costumo visitar a todos frequentemente. Conheço os dois lados da moeda e ja vive bem e com aperto nos dois lados da moeda também. Abraços

  21. Rai says:

    Adorei seu blog… Sou um garoto de 18 anos e confesso que o sonnho americano esta vivissimo na minha cabeça… Mas tenho muito medo de arriscar tudo ate a minha vida para ir tentar a sorte fora. Acho q as pessoas devem investir na sua educaçao e depois lutar por oportunidades aqui mesmo. Eu quero saber uma opiniao sua… Ja que voce ja tem uma vida estavel nos EUA, vc ainda quer vir MORAR no brasil? Eu acho q mesmo tendo esse sonh americano o brasil nao e um pais de se jogarn fora… Vc concorda comigo?

  22. Teresa Engren says:

    Excelente texto. Muito esclarecedor. Muito bom mesmo.
    Nāo dá mais pra “fazer a America” na base do sub-emprego, como tambem nāo dâ mais pra viver de tocar musica nos metros de Paris.
    A concorrência das pessoas da grande Europa ( ex leste ) com documentos tira qualquer chance de sub-emprego dos nāo comunitários, dos brasileiros.
    Moro fora do Brasil ( na Europa ) há quase 18 anos e vejo de perto essa situaçāo.
    Se vc quiser viver morar na Europa, obtenha uma boa formaçāo, aprenda ingles e a língua do país no qual vc for viver, venha com visto e prepare-se para mesmo após 18 anos se sentir imigrante.

  23. João Nascimento says:

    Olá Sueli!
    E o que você diz para quem é fluente em inglês e pretende entrar legalmente nos EUA, motivado para começar uma vida definitiva aí, movido não pela busca de dinheiro, mas sim por uma qualidade de vida que o Brasil não pode oferecer.

    • admin says:

      Ola João, essa é uma pergunta interessante. Falar Ingles ajuda muito, porque a pessoa irá entender a cultura de forma mais rapida e poderá aproveitar as oportunidades. Mas o mais importante nos EUA é ter o Visto certo e estar com tudo em dia.
      O visto de estudante poderá lhe permite trabalhar meio periodo na Faculdade, ou fazer estagios etc,
      Visto de Trabalho, voce já vem do Brasil com esse visto, pq uma empresa lhe contratou porque seu conhecimento era necessário (Padarias brasileiras nos EUA podem dar visto de trabalho para padeiros brasileiros, restaurantes brasileiros podem dar visto de trabalho para cozinheiros e chefes vindos do Brasil por exemplo) etc.
      Visto de Turista, lhe dá 6 meses de estadia nos EUA, podendo ser renovado por mais 6 meses, voce pode conseguir bicos remunerados, mas dificilmente conseguirá empregos em empresas americanas.
      Se informe bem antes de vir, faça um bom planejamento que inclua qto tempo voce consegue ficar nos EUA sem emprego caso não consiga um trabalho. O bom seria voce ter dinheiro economizado o suficiente para voce ficar aqui por uns 02 meses!

      O visto de trabalho só pode ser concedido por uma empresa.
      O visto de estudante só pode ser concedido por uma escola, ainda enquanto voce esta no Brasil, e o curso precisa ser pago antes de voce vir.
      Visto de Turista, voce mesmo tira esse visto no Consulado Americano no Brasil, esse visto teoricamente não lhe dá direto para estudar ou trabalhar legalmente nos EUA.
      Voce pode permanecer nos EUA por 6 meses e renovar o visto através de um advogado.
      Boa sorte!

    • PG says:

      João,

      Essa busca por qualidade de vida é o sonho de qualquer brasileiro, pra muitos esse é o novo sonho americano, não estamos mais em busca de dinheiro nos EUA, mas sim de qualidade de vida que está escassa praticamente no Brasil inteiro. abs.

      • admin says:

        Ola João, esse é um ponto importante que voce mencionou. Se a pessoa tem condições de sair do Brasil e morar em outro pais em busca de qualidade de vida, com certeza isso esse é um ganho enorme em relação ao Brasil. Abraços

        • Arlete says:

          Mas, minhas perguntas são: mesmo a gente indo legalmente com trabalho indicado é ruim? Isto piorou por causa da crise americana? Se é ruim até para sua amiga americana com 3 faculdades? Porque não tá ruim pra você, você virá embora? Esta me parecendo contraditório!Quanto ao preconceito não se preocupe, o Brasil já não é mais o mesmo, eu moro em Condomínio classe média alta, os moradores daqui brasileiros, comentam assim dos angolanos, argentinos, paraguaios, bolivianos, que estão aos montes aqui no Brasil são pobres e estão tentando a sorte, comentam assim: Só era o que faltava, o Brasil já esta merda, ainda vêm estes pra cá, este não é meu pensamento, mas ouço isto dos ricaços daqui. Logo preconceito é em qualquer lugar!

          • admin says:

            Ola Arlete, se voce ler o texto inteiro, voce vai notar que eu estou focando o artigo em quem vem com uma mão na frente e outra atras achando que vai ficar rico, o artigo é para quem vem sem saber nada do que esta acontecendo aqui e achando que sem falar ingles e mesmo sendo ilegal vai conseguir emprego e moradia de um dia pro outro!
            Se voce esta vindo legalmente e tem trabalho arranjando, então o artigo não se aplica a voce.
            Sobre sua pergunta: Porque não ta ruim pra mim: segue minha resposta –
            Eu não moro aqui ilegal, eu sou Cidadã Americana casada com Americano. Procure ter um visto de turista e ficar o tempo que o visto lhe permite, procure saber como renovar seu visto por mais 06 meses. Ou seja, voce poderá facilmente ficar um ano inteiro nos EUA sem ficar illegal. Abraços

      • Julia says:

        PG eu concordo completamente com você!
        Vou fazer isso no máximo em 3 anos.
        Tenho minha empresa aqui, vou juntar um bom dinheiro pra abrir uma empresa em NY, dando emprego a americanos.. e depois que já estiver bom o retorno, mudo definitivamente pra viver minha vida toda aí.
        Mantendo as duas empresas e depois se Deus quiser abrir outra na America também. Não quero mais nada aqui além da que eu já tenho.
        A gente como empresário, trabalha pra dar dinheiro ao governo do Brasil. E em troca não recebemos nada. Nem de casa podemos sair.
        Aqui não temos acesso a cultura, se quiser comprar um livro, parece que tá comprando um eletrônico de tão caro.
        Não podemos ir a teatro, cinema,… só se você for gastar tudo que ganha com isso e ainda tem que pedir empréstimo.
        Um suplemento de vitamina que nos EUA é 25 dólares, aqui é 195 reais. A qualidade de vida que o governo do Brasil é péssimo até pra quem tem dinheiro, aí você imagina como é a vida do pobre.
        Em hospital publico e privado até, tem diretor de hospital que da ordem pra que use a mesma agulha em vários pacientes pra economizar.

        • Julia says:

          A situação do imigrante ilegal que gosta de trabalhar, que não tem frescura, que não pensa em chegar aí já tendo uma vida de rico, que tem a consciência que tem sim que trabalhar pra realizar seus sonhos… com certeza é sim muito melhor do que a vida do brasileiro pobre aqui.
          O problema da maioria dos brasileiros que a gente ver a toda hora, é querer mudar de vida na malandragem, com facilidade, dando um jeitinho… brasileiro não gosta de ter que lutar, de abrir mão da cerveja, futebol, mulher, e todas as outras futilidades pra vencer na vida.
          E quando ver alguém que faz isso tudo, que luta pra realizar os sonhos, ainda tem inveja. Ainda chama o vencedor de ambicioso como se ambição fosse algo ruim.
          Mas quem lutou e luta e venceu, sabe que isso tudo não passa de inveja e consciência da própria falta de capacidade.

          Eu conheço brasileiro que foi ilegal pra Miami, quando chegou lá, tudo que ganhava era só pro aluguel, bebidas, mulher, se exibir pra fingir que já ficou rico. Poucos são os que tem garra pra lutar realmente. A verdade é tanta que o sonho de todo brasileiro é “Ganhar” na mega. Não é “Trabalhar” pra mudar de vida.

          • admin says:

            Ola Julia, muito bem colocado. Concordo sim com voce de que nem todos querem largar mão das coisas boas e realmente trabalhar pesado. Muitas pessoas agem assim mesmo, achando que a conquista dos outros não é merecida.
            Algumas pessoas me mandam comentários super desrespeitosos e chegam a dizer que sou rica e que não sei do que estou falando, ou que tudo caiu do céu no meu colo, eles só não fazem idéia das desgraças que já passei na minha vida, de que passei fome pra me formar na faculdade, de que precisava escolher entre pagar uma conta ou outra enquanto sustentava 2 filhas pequenas. A vida continua não sendo fácil. O fato de eu morar nos EUA não significa que tem um anjo que vem e paga as minhas contas, se eu não trabalhar, eu não como, se eu não trabalhar eu não me visto, não pago a escola das minhas filhas, etc.
            Nada aqui cai do céu. Eu ainda trabalho 30 dias direto sem ter um dia de descanso durante vários meses por ano, principalmente no verão, para compensar os meses de inverno quando não posso fazer tours e menos pessoas contratam meus serviços para guia turistica. Quando eu venho pra casa eu tenho, familia, compras, contas, limpeza, roupas pra lavar e mais um monte de coisa pra fazer. Não vejo onde minha vida aqui é mais facil do que a vida no Brasil. O que muda é que voce tem mais segurança. Apenas isso.

        • admin says:

          Ola Julia, Obrigada pelo comentário. A ganancia das pessoas é imensa, todos querem ganhar absurdamente por isso que remédios ou produtos importados custam táo caros. Sueli

  24. Christian says:

    Sinto nao poder concordar com a autora completamente. Aqui em Reno (NV), o salario minimo é de US$ 8,25. Trabalhando 40 horas por semana chegamos a US$ 1.320,00, o que e pouco, eu sei, porem ainda e mais que os R$ 678,00 do Brasil (isso que nao estamos convertendo nada). Mas o custo de vida no Brasil esta maior que aqui, sem duvida! Um kilo de tomate custa US$ 2,50 aqui, enquanto esta quase 10 reais no Brasil! Absurdo! A inflacao la perdeu o controle de novo. Um passe mensal de onibus custa US$ 70 para adultos em Reno, ja na cidade que meus pais moram, no interior do Rio Grande do Sul, cada passagem custa R$ 2,60. Sendo otimista e supondo que um trabalhador use apenas duas passagens por dia, sao R$ 5,20 por dia e R$ 104 POR MES! O que e mais caro? R$ 104 de um salario de R$ 678 ou US$ 70 de um salario de US$ 1.320? Nao vou ficar enumerando os casos, mas e fato que mesmo com a crise, a vida nos EUA e mais facil em todas as camadas da sociedade.

    Acho que o unico ponto que concordo com a autora e em relacao a imigracao ilegal. Nisso tambem sou enfatico em dizer que NAO VALE A PENA, em lugar nenhum do mundo.

    • admin says:

      Ola Christian, obrigada pelo comentario.
      Tenho acompanhado o alto custo de vida no Brasil e as manifestações! Realmente a conta que voce fez faz sentido se eu me focar apenas no custo do transporte!
      Mas existem outros custos pra quem mora aqui que voce desconhece! Se por um lado o transporte é barato e bom, temos os altos custos dos impostos residenciais, os seguros obrigatorios altissimos.
      O custo da carne aqui é um absurdo! Para colocar os filhos em uma faculdade, os pais economizam desde que os filhos nascem, um curso universitário pode custar mais de U$100,000 mil dolares!
      Claro que depende de onde a pessoa vive, Nova York é um dos estados mais caros dos EUA! E quem ganha pouco vai cortando gastos como pode! Abraços

      • Rodrigo says:

        não vivo no Brasil com 678,00R$ mas quem vive…

        tem medicamento/hospitais gratuitos, mesmo a maioria (medico/hospital) sendo de qualidade ruim
        tem escola gratuita com refeição
        tem creche gratuita com refeição
        tem universidade gratuita (e com cota)
        estudantes de qualquer idade não pagam passagem de ônibus (ao menos no RJ)

        ou seja mesmo eu preto, pobre(era) e morando em uma favela(morava) tive condições de ter uma vida boa por aqui (casa,carro,empresa)

        e nos EUA, qual a chance disso acontecer?

        • admin says:

          Refeições nas escolas infantis aqui nos EUA não tem. Os pais tem que mandar o lance do filho ou pagar pro filho comprar chicken nugget , macarrão com queijo cheddar ou pizza de queijo, hambuguer!
          Creche gratuita honestamente eu nunca vi aqui nos EUA! Pode ser que exista, mas eu desconheço!
          Aqui voce paga pelas escolas ou kindergarden (escolas infantis) que só aceitam as crianças por 2 hrs por dia, ou seja como é que os pais podem trabalhar? A maioria das mães ficam em casa com as crianças até elas terem idade para irem para a 1º série.

          A aula começa as 9hrs da manhã e as crianças saem as 3:30 da tarde e os pais devem estar em casa para receber a criança, porque aqui criança menor de 13 anos não pode ficar sozinha!

          Universidade gratuita tem, mas são poucas. Bolsa Universidade tem, mas para conseguir tem que ser Americano, ter Green Card ou participar de algum time esportivo!

          Hoje a maioria dos pobres dos EUA vivem com ajuda do governo que paga as contas do celular, aluguel e oferece um auxilio alimentação!
          So que a midia não se fala isso. A midia só mostra quem vive bem, só mostra o lado bom dos 1% da população.

          Essa midia faz as pessoas acreditarem que todos vivem de forma maravilhosa, mas isso não é verdade!
          Infelizmente nesse momento esta díficil para milhares de pessoas.

          Quem tem um Green Card tem mais chances, mas infelizmente quem vive aqui ilegal ou que esta chegando agora, sofrerá um choque se a pessoa vem a procura de uma vida melhor sem dinheiro a procura de emprego.

          Abraços Rodrigo!

      • Julia says:

        Oi Sueli, de coração, no dia que você resolver voltar ao Brasil, não se desligue legalmente dos EUA. Porque tem grandes chances de você querer voltar o mais rápido possível. Suas filhas então, não precisa nem falar.

        • admin says:

          Concordo plenamente. Não temos motivos nenhum para nos desligarmos dos EUA, pelo contrário, como moramos aqui, podemos ir e vir e usar algumas das idéias desse pais e aplica-las no Brasil. Abraços

    • Rodrigo says:

      infelizmente vc se pauta o Brasil pela veja,globo… ou seja o pig

      kg do tomate esta US$0,60 aqui no Brasil, o aumento foi gerado por problema climáticos não pela inflação.

      O engraçado é estar no Brasil e ainda recebendo em US$ 3k em média.

  25. Denise Mauá says:

    Bárbaro seu post sobre morar nos USA. Viajo todos os anos para os Estados Unidos, amo esse lugar, porém sempre comento que no Brasil só morre de fome quem não quer trabalhar. Essas opções de trabalho que você passou no final do post para os brasileiros (que chamamos de economia informal) é a maior qualidade de nosso país…poder fazer aquilo que se sabe e ainda ganhar o seu sustento com isso, ainda que não seja a melhor opção de vida, é certamente uma boa solução no momento de desespero.
    Mostrar o lado duro de viver nos USA é muito importante.

    • admin says:

      Ola Denise.
      Obrigada pelo seu comentario. E obrigada por entender exatamente o que eu quis passar. Abraços Sueli

      • Julia says:

        Também concordo totalmente com você sobre as dicas de trabalho ou renda extra que brasileiro pode ter aqui, mas infelizmente a maioria não aceita fazer isso. Acha que é humilhação, que é se rebaixar. Tenho uma tia mesmo que é sustentada pelo filho mas não aceita fazer nenhum trabalho extra em casa pra ajudar.
        Porque vão achar que ela é pobre. Brasileiro vive de aparências e parece que não se toca que todo mundo tá vendo que “ele(a)” não tem dinheiro. Já oferecemos comprar tudo que for preciso pra ela trabalhar com várias coisas… várias ideias, ficou foi sem falar direito com a gente. Diz que estamos humilhando.
        Poucos vão realmente a luta. Querem logo um cargo alto sem terem feito nada pra isso. Por isso que tem tanta empresa contratando gente de fora. Porque os de fora.. vem preparado.

  26. Lyly says:

    Ola. Somos Brasileiros com nacionalidade portuguesa e estamos pensando em ir para Boston. Não é sonho americano pois nunca sonhamos em imigrar para
    América, mas Portugal se encontra em uma crise tremenda e ja nao da mais para viver aqui e nao temos condiçoes financeira suficiente para regressar ao Brasil. Assim que compramos a passagem como turista fazemos um visto e tem o nome de ESTA que supostamente nos deixariam entrar no pais mas temos receio. Temos familiares que vivem ai a mais de 10 ano sem visto ou coisa parecida e dizem que anda da para fazer algum dinheiro. E ate pensamos mesmo em ir para o BR mais as pessoas de la nos desanimaram a falarem da situação de la. Sinceramente acreditamos em que?

  27. Joao says:

    Olá Sueli, parabéns, ótimas informações, bem realistas e importantes para quem deseja se aventurar. Agora, uma duvida, ou melhor, uma solicitação: eu tenho ingles basico pra intermediario, 40 anos e com filho pequeno. Preciso urgentemente melhorar meu idioma e uma das alternativas é ir para um pais como os EUA. Minha ideia nao eh ganhar dinheiro, mas sim proeficiencia no idioma, mas, tambem preciso ganhar dinheiro, pelo menos para apoio nas despesas mensais e pagamento do plano de saude. Neste sentido, acha que consigo algo legal? Quais valores d eum plano de saude familiar? Que dicas pode me dar?

    Obrigado.

  28. Fernanda says:

    Oi, Sueli!

    O que você postou é o que ouço da minha família há anos…minha mãe dizia quando deu a crise de 2008 que não era o momento de ninguém sair de seu país, pois isso iria afetar o mundo todo!
    Achei seu post totalmente claro e direto…isso é importante!
    Não acredito que você esta desencorajando as pessoas de irem aos EUA, mas sim mostrando a realidade…aqui ta tendo superlotação de bolivianos, haitianos, que nem falam nosso idioma…se tem tanto imigrante e a maioria ilegal vindo ao Brasil imagine aos EUA que sempre teve o slogan do SONHO AMERICANO!
    Conheço gente que tá no EUA e Europa todos me falaram que a crise ta horrível lá….assim, vamos ver no que vai dar!

    Bjks e Sucesso!!!

    • admin says:

      oi Fernanda. Exatamente, não tenho intenção nenhuma de desencorajar ninguém. Apenas informar que nesse momento não é o melhor momento. O SONHO AMERICANO deu uma quebrada em 2008 e ainda não melhorou, o que aconteceu é as pessoas se adaptaram aos problemas e a nova situação financeira. Quem perdeu a casa foi morar de aluguel ou foi morar com os pais e vão vivendo. O problema é deixar tudo para trás atraz de um sonho sem ter uma opinião ou sem saber da verdade do que rola por aqui… Esperamos que melhore e que outras pessoas possam ter oportunidades como as anteriores a 2008. Abraços

  29. Daniel says:

    NICE!
    Parabens pelo artigo, muito completo e informativo, ainda assim continuo querendo volar aos EUA por a educação/ segurança não é a mesma. Mas claro, tem que ser com visto de trabalho.
    Retornei ja fazem 2 anos e ainda nao me adaptei. Sei que a vida la nao é facil, muito trabalho.. mas ao menos alem de poder andar com mais segurança da para economizar, viajar um pouco e ter uma qualidade (conforto) melhor que no Brasil. “cada caso é um caso” Sei que para mulheres é mais difícil pois limita onde grande parte dos minial job’s solicitam mão de obra “pesada”
    Sigo procurando contatos em US trabalhe por 6 anos como gerente de logística e nao encontro emprego no Brasil. caso tenha sugestões pleease! email.. encampgear @ gmail . com
    Abraços

  30. E nos dias de hoje como tá por ai???

    • admin says:

      Ola Sebastiao. No momento ainda não esta fácil conseguir emprego.
      Quem tem um trabalho fixo, ganha o suficiente para viver.
      Acredito que as coisas melhorem com a saida de Obama em breve. No momento a economia esta estagnada.
      Não existe criação de novos empregos a vista.
      Veja que recentemente a cidade de Detroit declarou bankruptcy.
      Voce deve entender que os EUA vão sempre mostrar o glaumour, o melhor de si. Pouco é falado sobre os milhares que não tem condições de vida descente.
      Para vender a ideia de potencia, os EUA continuam mostrando imagens maravilhosas de Nova York e de cidades que parecem estar acima do bem e do mal.
      Não acredite em tudo que brilha, porque nem tudo é ouro e só quem vive nos EUA sabe que aqui a maioria da classe media trabalha para pagar as contas do mês e pronto!

      • Aqui no Brasil conheço pessoas que tem pequenos comércios como, mercados, oficinas mecânicas de carros, motos, salão de cabeleireiro, açougues, pizzarias, escritório de advocacia, contabilidade, consultório médico e ganham mais de R$ 10.000,00 por mês. O problema é que quando um bandido não te rouba, o governo faz o serviço. A carga tributária em cima das empresas é abusiva e o imposto de renda quer te deixar só com o arroz e feijão e sem bife. O governo tá nadando em dinheiro mas não dá retorno a altura, saúde ruim, segurança ruim, educação ruim etc. Ser patrão desanima. Ser empregado ganha pouco. Mas a crise não é pra todos. Eu por exemplo sigo com fé em Deus aqui no Brasil. Um amigo meu foi para os EUA e não quer voltar. A Assembléia de Deus dai o ajudou a se estabelecer. Ele trabalha num Supermarkt no setor de carnes.

        • admin says:

          Ola João, obrigada pelo comentário, muito verdadeiro. Com ajuda e apoio é possivel se estabelecer por aqui, mas sem conhecer ninguém não vale a pena. Abraços e sucesso

      • Juniorkz says:

        Olá, acho mesmo que é melhor morar no país do futebol , macacada que é só carnaval e fut… cade neymar…. povo atrasado povo vagabundo , a pouca parte que sobrevive e sustenta esta corja de corruptos são imigrantes ou filhos que trabalham pra valer para gerar impostos para a corja.
        Os EUA assim como varios países de 1 mundo passam ainda por uma crise mas logo saíram e o 3 mundo , que pra mim é 5 mundo , como fica , acham que esta reserva de dinheiro não vai terminar.
        Acha que nos EUA imposto de 6% em media e muito e qui 67% onde 5 meses se trabalha para pagar a corja..
        Acho que vc ta de brincadeira mesma ou esta sendo paga para isso.
        Se acham que isso e verdade o Brasil , patria amada e melhor , façam uma viagem e conheçam os EUA ou qualquer pais de 1 mundo e por si tirem suas conclusões meu caros brazucas.
        Eu particularmente prefiro passar fome num país desenvolvido do que ter uma padrão de vida elevado e um país se e que da pra chamar de país onde tamanho a corrupção que toma conta de todo o sistema inclusive o judiciario.
        Acha que isso aqui vai para frente , hehehe e igual rabo de cavalo so cresce para trás.
        Daqui 3 anos me escreva quero ver como estará a economia americana e a do sub-mundo aqui.
        agora fale o que pensa mas não minta nem fantasia a imaginação de muitos que não conhecem a verdadeira historia.
        Assim como aquela historia que aprendemos na escola uma tremenda furada.
        Aaaiiiii terrinha amaldiçoada.
        País com judiciario corrupto não tem como salvar ta morto.

        Beijos

      • Cleber F. says:

        Bom dia prezada Sueli.
        Muito interessante seu Blog, sem dúvida.
        Como cada pessoa é um mundo, certamente um mundo de diferentes opiniões estarão sempre presentes em seu Blog. Para os que desejam tentar o sonho Americano, há de se pesar bem os prós e contras, até mesmo verificar se em outro país ele possa conseguí-lo, a Austrália e o Canadá aparecem como uma opção na atualidade. Parabéns pela franqueza.

  31. wanderson says:

    Pode abrir conta em banco, pode sim só com U$100,00 e o passaporte estando valido vc consegue abrir a conta ou com tax-id number que vc tira fácil.
    DL vc tira sim assim que vc chegar em Nova York ou na Florida vc tira a DL como turista só que a sua validade vai ser a mesma do I-94 que no caso é de 6 meses e vc pode renovar seu visto sem sair dos EUA por mais 6 meses e ai vc renova a sua DL por mais 6 meses.
    Alugar apto vc consegue em alguns Estados como Maryland só com o passaporte válido e em outros Estados com o tax-id number vc consegue alugaa.
    Comprar carro vc consegue tem que ser avista o único risco que vc corre ficando ilegal que não é ilegal e sim fora de status porque ilegal é quem entra pela fronteira sem documentos, sem visto, sem nada, é que vc se for pego pela imigração vc vai ser deportado e ficar 10 anos sem pisar nos EUA.
    Agora é muito difícil isso acontecer já que soltaram todos os imigrantes ilegais e só continua preso para ser deportado aqueles que tinham problemas com a justiça.

  32. morei 10 anos nos estados unidos nunca tive conforto de viver bem eu tinha isso que eu tinha social securi carteira de motorista americana mais tinha meu salao de beleza em local principal nei assim nao ganhava dinheiro morava em um quarto com 6 pessoas dividindo banheiro com pessoas muita porcas ate coco no banheiro tinha resolvi voltar para o brasil abri meu salao de beleza tem um ano graças a deus tenho muitos clientes vivo muito bem isso que sofri muita violencia domestica nos estados unidos com um marido de outro pais por ter voltado para o brasil meu documentos sairan quando falei com meus advogados me falarao que eu nao podia mais voltar para os estados unidos por ter saido do pais

  33. Henrique says:

    Existem países 10.000 vezes melhores que este.

  34. Rodrigo Santiago says:

    Bom. Em primeiro lugar, tenho alguns amigos que moram no EUA e inclusive estão super bem de vida. Um deles é Chef de cozinha em um grande restaurante, estou vendo com ele a possibilidade de ele me ajudar em um primeiro momento. La em quincy massachussets. não falo muito bem o inglês hoje, mas com certeza me daria bem la.. amo o EUA e farei ao máximo pra ir pra la. Mesmo com esse post ser assim dessa maneira, desacreditando aos sonhos das pessoas, acredito eu, que quem quer realmente algo, vai atrás…

    • admin says:

      Oi Rodrigo, obrigada pelo cometario. Voce tem razão, quem quer vai atrás. Se voce tem alguém pra lhe dar um suporte, então beleza, voce tem boas chances de se dar bem e conseguir um emprego aqui. Depois conta pra gente como foi. Abração.

  35. Milton says:

    Adorei seu post. Aliás, é a melhor matéria que já li sobre o assunto. Eu quero conhecer os estados unidos. Em princípio, quero viajar e ficar uns 3 meses para aperfeiçoar meu inglês. Acho realmente uma loucura ingressar nos USA como imigrante ilegal. Eu somente viajarei se conseguir a documentação regularmente. Mas muito obrigado pelas informações. Abraço.

    • admin says:

      Ola Milton, vindo legalmente, com visto de Estudante ou de Turista voce pode viver aqui por 6 meses, tempo suficiente para voce formar uma idéia se vale a pena ficar, ou o que fazer depois disso. Também é tempo suficiente pra voce aperfeiçoar o ingles, varias escolas oferecem cursos sem precisar mudar o status do visto para estudante. Boa sorte.

  36. Pee Wee says:

    Uma bela matéria! Abrangente e bem realista. Concordo com muitas mas muitas coisas mesmo aqui citadas. Trata-se da verdadeira idéia do “pé no chão” mas, somos brasileiros… somos corajosos, temos ambição (no sentido mais nobre da palavra), inventamos, reinventamos, nos adaptamos, aprendemos, ensinamos, erramos até acertarmos, somos brasileiros e não há mata que não desbravemos… não há obstáculo que não vencemos. Na dúvida entre uma vida mediocre (para ser otimista) e uma aventura vamos sempre “pegar a estrada”. Muda Brasiu qui nóis vorta!

  37. Lucas says:

    Olá boa noite, fiz um intercambio e sou formado em agronomia e voltei ao Brasil faz exatamente 4 meses que estou aqui. Estou a procura de emprego a minha area, mas dizem que é muito dificil de encontrar. Teria como me orientar um pouco mais, ja que estou em busca de um emprego e que eu possa fazer algumas especializacoes atraves desse emprego e que almejo?
    Muito obrigado

  38. Americo Gomes says:

    Na minha opinião e cada um tem a sua, eu acho que a autora do texto generalizou. 1. cada caso um caso, as vezes o cara chega com 10 dolares e fica rico e feliz ou as vezes o cara chega com 100 mil dolares e quebra. 2. isso vale para qualquer imigrante no mundo, não só pro Brasileiro que vai para os EUA. Não é o país que te faz feliz e sim você, tem gente que olha pro céu e vê antenas e tem gente que vê estrelas..as vezes oq é”bóm pra mim não é pra vc e vice-versa. OBS: tem gente mole e tem gente que batalha, tem gente que precisa de um castelo pra ser feliz e tem gente que é feliz por ter uma familia linda ! sugiro tb a autora assistir o programa do DATENA aqui no Brasil, vai precisar de fraldas e terapia !

    • admin says:

      Oi Americo, realmente cada caso é um caso e muitos ja vieram para os EUA (Irlandeses, Italianos, Gregos, Judeus, Indianos, Brasileiros, etc) e se deram bem. Se ler meu artigo vai ver que eu me refiro ao momento atual dos EUA. Existem possibilidades, sim existem, mas elas são raras nesse momento. Pobreza, miseria, também existe aqui, ela só não é explorada pelo governo e pelos canais de televisão. Talvez voce não conheça a historia de Detroit, da uma lida sobre essa cidade, acredito que em Detroit a vida das pessoas seja tão igual quanto a vida das pessoas que o DATENA tanto explora ai no Brasil…

      • Aline G. says:

        Olá, pode me dizer, você que vive ai, qual a melhor cidade para se viver ? eu e meu esposo temos planos de morar ai, e estavamos pensando em viver em San Francisco, pode me dizer realmente o que achas ? preciso muito de sua opinião antes de arriscar né!
        Obrigada desde já!

      • Eduardo says:

        Sueli,boa noite.
        Muito esclarecedor seu artigo.É muito triste que o Brasil tenha tantos problemas seríssimos como violência/criminalidade,injustiça e desigualdade social,pobreza,CORRUPÇÃO DESCARADA,economia fraca e instável,etc,etc…a ponto que muitos de nós brasileiros desejarmos fugir para outro país com a esperança de encontrarmos um alívio ou até mesmo uma salvação.Mas a verdade é dura e a maioria das pessoas não querem aceitar que nenhum lugar é perfeito e que a realidade lá fora pode ser mais dura do que a encontrada aqui.No caso específico do seu Blog ,na atual situação econômica dos EUA ,para imigrantes ilegais e sem razoáveis condições financeiras para ,pelo menos ´´segurar alguns meses´´. Que todos possam ter acesso a este tipo de informação.Abraço

  39. gedson says:

    sera que quem escreveu esse artigo ainda reside nos estados unidos ? ironico … mais nao volta pro brasil ne , realmente nao compensa tentar entrar ilegalmente mas por mais burocracia que exista ainda assim compensa tentar conseguir um visto americaano e viajar aos EUA numa viajem somente de ida !

  40. Elisabeth says:

    Olá, gostei muito do blog, a verdade nua e crua, para os sonhadores de plantão, nao existe nada facil nem ai e nem aqui no Brasil tudo vem com muito esforço, nao sao todos que estao preparados para receber e ouvir a real. Quero muito estudar inglês, tenho sede de aprender nao de pegar o que do outro.o conhecimento abre os olhos e a mente.começamos a sonhar com os pés no chão.

  41. Fernando says:

    Boa tarde Sueli.
    Apesar de eu não ter a menor intenção de morar aí ilegalmente, acabei caindo no seu artigo. Vi em um comentário que você considera sua situação diferente das que menciona no texto, pois você está legalmente e abriu sua empresa. Pois essa é a minha situação. Sou engenheiro formado na USP e tenho algum dinheiro guardado. Me interesso fortemente em sair do Brasil e diferente de você não gosto mesmo daqui. Conheço razoavelmente NYC e adoraria abrir um negócio por aí, ou até outra cidade americana. Mas mesmo nessa condição mais favorável, talvez como a sua, não estou vendo um caminho. Gostaria que você falasse sobre o outro lado: como você abriu seu negócio legalmente e deu certo em NY.

    • admin says:

      Ola Fernando, como voce esta se preparando, buscando informações e virá com uma reserva, voce tem boas chances de conseguir algo e “se dar bem”. Existem muitas chances para pessoas com curso superior e que falem ingles fluente por aqui. Da sim para voce abrir um negócio nos EUA e se dar bem. Boa sorte….

  42. Bruno L. says:

    Meu sonho sempre foi mete a cara nos EUA, acho maravilhoso o pais, estou fazendo ingles, ajuntando dinheiro , pra tenta a sorte e chega nos EUA e cria minha vida ai , esse seu post me deu um desanimo, mais meu sonho de morar ai é bem maior .

    • admin says:

      Ola Bruno, Não desanima não, se voce tem o sonho, então já é um bom caminho e voce esta estudando ingles o que lhe dará boas chances sim.

      O artigo não tem intenção de desanimar, apenas de mostrar que existem dificuldades e aqui não é mar de rosa, mas se voce tem garra com certeza tem chances de con seguir uma oportunidade. Planeje sua viagem com cuidado e traga uma reserva para poder aguentar enquanto voce não consegue um trabalho.

      Boa sorte

  43. laura says:

    hahaha nossa como você é positiva hein querida?? “Negócios que podem dar certo ai mesmo no Brasil” 1° vender cachorro quente..isso ofende qualquer um.. e se os eua é um país tão ruim o que tu tá fazendo ainda ai criatura? você parece conspirar contra os brasileiros que querem morar LEGALMENTE nos Estados Unidos. Odiei esse seu post prefiro mil vez entrar no blog “Brasileiros nos E.U.A” lá a guria é verdadeira mostra os pontos ruins e os pontos bons. Dai vc deve estar se perguntando “Por que então entrou aqui?” porque eu pensei que seria uma instrução aos que querem viver legalmente.

    • admin says:

      Oi Laura, meu ponto no artigo é apenas mostrar a realidade que existe aqui, existem muitas formas de se mostrar isso.

      Como voce mencionou, voce deve estar procurando instrução para viver aqui legalmente, mas o artigo esta focado em pessoas que sonham em viver aqui e muitas vezes entram de forma ilegal pelo Mexico e não sabem da realidade ou das dificuldades que existe em se morar aqui, não acredito que seja voltado para voce.

      Escrevi o artigo pra pessoas que não tem meios de viver no Brasil e acham que vão achar a solução aqui, não seria o seu caso, provavelmente voce tem instrução e condições de viver aqui, certo?

      Qualquer coisa que precisar, pode contar comigo.

      Abraços

  44. Aramys says:

    Boa tarde Sueli, li seu post e acho que você já mora na América a bastante tempo não é? Tenho certeza e acredito que tudo que escreveu tem fundamento e amparo de sua experiência. Porém temos que salientar e lembrar que ninguém mora ou vive de graça em parte nenhuma do mundo. Com a globalização, aqui no Brasil se sabe que o urubu ficou preto para todo lado, que com toda a riqueza os americanos estão passando a magrela, mas gostaria de lembrar você que por mais que se pague impostos nos USA , não se compara com os cobrados no Brasil e que o respeito com erário aí é real, que a politica interna merece o respeito de todos se compararmos com o Brasil. O que é feito com o povo aqui, encoraja o mais covarde dos seres humanos a buscar uma alternativa nos USA. Sair de MG e ir morar em SP é tão difícil quanto, claro que se tem atenuantes do idioma. Segurança , emprego ,saúde tudo isso se sabe que aí também tem suas mazelas, mas acho, no fundo da minha alma, que você não conhece o Brasil……..

    • admin says:

      Ola Aramys, claro que conheço as dificuldades do Brasil, mais do que voce possa imaginar. Concordo com a sua colocação de que mudar de MG para SP é uma dificuldade enorme. Nesse ponto quando alguém muda de MG para SP e se dá bem, ela vira exemplo, mas quantos milhares mudam e vão morar na favela ou viver uma vida miserável em SP? Da mesma forma nos EUA, qdo alguém vem pra e se dá bem, vira exemplo pra todo mundo, mas eu preferi mostrar que tem milhares de pessoas nesse momento vindo pra cá e vivendo tão mal aqui qto viveria no Brasil. E para essas pessoas que eu escrevi o post para que eles possam vir preparados e não sonhando com uma realidade que não existe nesse momento. No fundo, Voce não conhece os EUA pós crise 2008…

      • Julia says:

        A verdade é que quem não está nos EUA não conhece totalmente a realidade, da mesma forma que você também não conhece a realidade do Brasil. Ouvir falar é uma coisa, viver ela 24h por dia é outra totalmente diferente. Você não concorda?

        • admin says:

          Oi Julia, eu sou brasileira, e nasci e cresci no Brasil portanto eu tenho autoridade no assunto “Brasil” e no assunto “USA” onde moro atualmente. Se voce ler o artigo inteiro verá que eu menciono isso no artigo, eu sou Brasileira….

  45. Lewiz Hababy says:

    Gostei do post.
    É claro que ir num país ilegalmente há mais possibilidade de sofrimento.
    Mas eu diria que tudo isso é relativo, o mesmo diria para alguém que quer sair do seu próprio país para “Brasil” Por ex: Eu sou angolano e cá em Angola tem muita gente que sonha fazer a vida no Brasil sem querer pensar nas consequências “Pensam que tudo é uma maravilha o que aparece nas novelas”. E quando tu disseste que ñ há nada melhor que o sabor da agua de coco do Brasil e “bla bla bla” eu notei logo que isso se tratava de patriotismo ou algo do género. As pessoas têm as suas formas de subsair na vida (legal ou ilegalmente) “Cada pessoa tem sua razão o que falta é a compreensão do outrem”.
    Ñ quero reforçar a ideia de que devemos ser ilegais. Apenas é a minha ideia.

    Tudo isso é relativo!

  46. marcos says:

    eu só não entendo por que se é tão ruim assim ai, quem esta ai não quer voltar????
    parece que quem escreveu isso esta com medo da concorrencia de novos imigrantes, alias o maior inimigo do imigrante ilegal nos eua não são os americanos e sim outros imigrantes, tanto ilegais e principalmentes os recem naturalizados ! ! ! ! !
    obs; não tenho interesse de imigrar para os eua!

    • admin says:

      Ola Marcos, se voce morasse aqui voce veria que tem muita gente voltando sim desde 2008! Só quem assiste GLOBO e ve as fotos e as matérias lindas de turismo que acha que aqui esta mil maravilhas. Outra coisa, aqui não é ruim pra quem tem emprego, casa, familia etc… aqui é ruim pra quem vem ilegal e não tem nada, nem emprego… talvez voce não tenha entendido o artigo…

  47. nao concordo com essa reportagem , eu morei nos eua por seis anos e meio em materia de seguranca era o melhor po0ssivel eu e minha esposa juntos ganhava mos 15 mil dolares pagavamos $ 1270 00 de aluguel $35.35 de telefone $ 65 de agua e esgoto e $ 75 de energia eletrica mais $ 500.00 de cgasolina pois tinhamos 3carros para andar comiamos do bom e do melhor e moravamos muito bem em um ap de tres quartos e em quatro anos e meio compramos no brasil uma casa em 2004 por 110.000 uma chacara por 45.000 dois caminhoes do tipo bitrem no valor de 400.000 e um carro que na epoca era o melhor seda medio dentro do pais , um toyota corolla xei , por isso nao concordo com certos comentarios , agora se vc for trabalhar em restaurantes ou pizzarias ai pode esquecer vc pode ficar la por 20 anos que nao vai conseguir nada nem mesmo comprar um carro que preste se tem vontade de ir va , esqueca os negativo de certas pessoas, daquelas que pensam que e so chegar e achar dinheiro na rua pois isso vai ser muito dificil cde acontecer. esqueci de dizer oque faziamos la, eu era um roofer e minha esposa limpava casas , sao esses tipos de trabalhos que dao mais dinheiro dentro dos estados unidos valeu fui

    • admin says:

      Oi Pedro, voce mesmo disse que morava aqui em 2004, ou seja numa época ótima. Vem tentar ganhar a vida hoje depois da crise de 2008 e voce verá que as coisas não são as mesmas. Em 2004 o Brasil não tinha imóveis com preços super inflacionados. Um apartamento em SP podia ser comprado por R$80,000 a R$120,000 mil Reais, e hoje? Mas se voce ver, meu post foi escrito em 2010, depois da crise de 2008. A situação aqui hoje esta bem diferente. Também não podemos esquecer que voce trabalhava com roofing, ganhava bem porque seu trabalho era super necessário, havia construção em todo lugar. Depois disso com a bolha imobiliária e com a queda dos preços no setor de construção, ninguém investe ou constróe casas nos EUA como acontecia antes de 2008. Duvido que voce ganharia hoje o mesmo que ganhava em 2004 antes do estouro da bolha imobiliária. Não estou sendo negativa em nada, apenas realista! Tenho certeza que voce deve ter uma bela história para contar de muito trabalho e sucesso e sua história deve incentivar muitas pessoas, mas para vencer é preciso trabalhar muito e ter emprego que pague, do contrário será como voce mesmo disse, o imigrante ilegal vai ficar fazendo serviços de restaurante e mal vai conseguir pagar as próprias contas por aqui. Bjs e sucesso pra vc e sua familia.

    • Fenando says:

      Boa tarde,

      Otimo post. Parabens.

      Sei que alguns descordam do que foi escrito, mas paciência. Você tem algum post falando sobre os pros dos Eua? Mas sem tocar no assunto legal ou ilegal?

      Mas o que gostaria de perguntar é se posso ir como turista e matricular em uma escola de ingles e alterar o visto para estudante? E em seguida se matricular em uma faculdade e tornar a renovar o visto? Fiz isso quando podia em londres e a difrença de valores é absurda entre comprar o curso no brasil e comprar o curso direto em londres( me refiro ao curso de ingles)

      Minha ideia é comprar uma casa ou apartamento em miami e um carro e ja levar o dinheiro do curso de ingles e da faculdade. Nesse periodo arrumaria um emprego comum so para pagar alimentaçao. Vou levar esposa e filha, pequena vai fazer 4 anos. Tem escola gratis para essa idade? E plano de saude é no minimo quanto?

      Com 100 mil dolares da para comprar um imovel? Pois os outros 100 mil seria para os estudos.

      Cansado do jeito brasileiro. Morei fora e acho pior o jeitinho brasileiro e a corrupção do que ser tratado como imigrante. Alias não sou imigrante mesmo??

      Abs

      Alias com dinheiro qualquer lugar do mundo é bom para viver. Sem dinheiro qualquer lugar é ruim. Pensem nisso pessoal

      • admin says:

        Ola Marcelo, eu não acho que voce consiga comprar um imóvel com U$100,000 mil Dólares, mas se conseguir, me deixe saber, fiquei curiosa. Sobre o visto de estudante, voce não troca visto como se trocasse de roupa. Cada pedido de troca de visto deve vir acompanhado de uma explicação, de comprovação de renda, de pagamento do curso, muitas vezes inteiro e acima de tudo, voce deverá pagar taxas ao Serviço Americano que efetua a troca de visto, isso não é feito de graça e se voce contratar um advogado, irá gastar com esse profissional também.
        Voce deve pagar o tuiton para qualquer curso que for fazer e como estrangeiro irá pagar um valor diferenciado e muitas vezes mais alto que o valor pago por um americano.
        Pesquise a escola, a cidade e os cursos que voce deseja fazer antes de chegar de mala e cuia, gastar todo o dinheiro e não ter uma segunda opção.
        Sinceramente, voce precisa pesquisar mais antes de tomar essa decisão. Um primeiro passo é ir a uma escola de Intercambio e extudos no exterior para ter noção de preços de cursos. Boa sorte. Sueli

  48. se vc amasse o brasil jamais sairia do seu pais e esse negocio de jamais viveria ai sem ser legal isso e uma piada muitas pessoas vao para os eua e nao conseguem nada nem ai nem aqui no brasil . nos eua existem medicos trabalhando em jardinagem odontologos em cima de uma casa , e engenheiros limpando casas tudo e muito relativo o sonho americano e realidade pura para quem tem sangue na veia la nao e pra quem para em qualquer topada e sim pra quem topa qualquer parada, la existe tudo que tem aqui e um pouco mais , a unica coisa que vc prescisa quando chegar la e alguem que vc conheca para nao ficar perdido sem saber oque fazer ,va acredite no seu sonho invista no seu futuro esqueca os comentarios de quem pensa que os eua e ali atras da serra , corra enquanto e tempo pois por aqui vc ja sabe , vai entrar ano e sair ano e a gente vendo oque se todo dia ve em um pais desacreditado um governo que chora em publico por causa de corruptos aliados, fora pt fora dilma entra ze serra para acabar com o resto fui de novo.

    • admin says:

      Obrigada pelo comentário, mas sua frase inicial não tem nada a ver: então voce acha que quem muda do Brasil não ama o Brasil? Ou que quem ama não pode procurar algo melhor na vida, nem mudar daí? Outra coisa, uma das piores prisões que alguém pode se submeter é viver ilegalmente em outro país. Tenho muitos amigos que vivem aqui há mais de 10 anos e estão ilegais e que “morrem” de saudade da família, qdo voce fala com eles, o único sonho é ter a liberdade para poder sair e voltar. Portanto dizer que viver ilegal é normal, desmerece os sentimentos de pessoas que vivem aqui ilegalmente… Não há nada de divertido em ser uma pessoa ilegal.

      • Everton says:

        Bom dia,
        oi sou casado e tenho 2 filhas.

        Sou analista de sistemsa de uma multinacional há 10 anos e minha esposa está no último ano de Direito, tenho uma tia que mora na Flórida, e ela me disse que paga bem em Miami para minha profissão, na sua opinião vc se arriscaria a tentar morar nos EUA com essas condições?
        Obrigado

        • admin says:

          Ola Everton. Como voce já tem uma tia que mora aqui, ela poderá lhe abrir muitas portas. Voce precisa ver se seu ramo de atuação tem campo nos EUA. Se a empresa que voce trabalha é multinacional, talvez eles possam lhe dar um visto de trabalho e te enviar aos EUA.
          Veja com sua tia, se ela lhe recomenda alguma empresa para voce enviar o curriculo.

          Boa sorte.
          Abraços

  49. peco desculpas se nao soube eu me expressar direito, apenas disse algumas verdades sobre como viver aqui ou viver ai , na realidade vc tem razão.
    Quando eu sai do brasil em 2000 a mão de obra fora do nosso pais era realmente gigantesca , lembro que quando eu estava em Portugal em junho de 2000 os empreiteiros chegavam até a discutir po causa dos imigrantes que chegavam quase de todos os lados do mundo eu fiquei apenas 3 meses em Portugal foi uma experiencia muito boa, mas o lugar que realmente melhorou a minha vida foi nos Eua da America. Eu nessa epoca realmente ganhei dinheiro, pois a gana de trabalhar era muita e a vontade de vencer tambem, e nessa epoca o preço do dolar era uma maravilha, mas ainda dá pra ganhar dinheiro ainda tenho parentes que moram ai e só estão voltando pois já adquiriram muita coisa e já tem muitos anos que por ai estão, e digo mais aqui a realidade e outra, quem estiver voltando não vá pensar que o nosso governo vai te dar regalias, aqui é bem diferente, tudo é muito caro e muito complexo ea burocracia vai andar lado a lado com quem quer que seja e os tombos que vc levar nao vai ser facil de levantar mas boa sorte para todos.

  50. Livia Mara says:

    Acho que a maioria de nos jovens assim como eu 19 anos temos vontade de conhecer novos lugares morar em novos Lugares Meu sonho por exemplo é morar nos Estados Unidos tem neve no Natal essas coisas diferentes que aqui no Brasil não tem quem sabe um dia eu consiga realizar meu sonho Claro que os Estados Unidos assim como qualquer outro pais não é perfeito acho muito que vai tipo da sorte da pessoa Por exemplo minha vó tem uma amiga que foi para os Estados Unidos casou com um gay lá mais ninguém sabe que ele é gay é conseguiu o visto permanente hoje ela é gerente de uma rede de restaurantes lá é vive com o marido que é mais um amigo

    • Claudio Luiz da Silva says:

      Vá, fique 6 meses dentro da lei, arrume um emprego, casa, vida… se gostar porque não ficar, se nao gostar, venha embora pois você so larga a vida onde estava quando morre.

      • admin says:

        Oi Claudio, isso mesmo, voce falou e disse. O segredo é vir como turista e experimentar. Abandonar tudo e entrar como illegal é que não é a melhor escolha, mas como turista é legal, porque dá para conhecer e ver se dá ou não pra ficar. Voce sabia que da pra renovar o visto de turista por mais 6 meses sem voltar por Brasil? Entao dá pra ficar aqui 1 ano na boa sem precisar ficar illegal. Beijos Sue

        • Marina Nogueira says:

          Deixa eu ver se entendi? Posso ficar 6 meses sem ser ilegal? E depois ficar mais 6 meses se “caso eu me der bem?” Achei que fosse somente 2 meses.

          • admin says:

            Ola Marina, isso mesmo! Voce precisa contratar um advogado aqui nos EUA de confianca para ele cuidar do seu Renew (renovação de visto) ainda enquanto voce está aqui e antes de seu visto vencer. Voce vai gastar um pouco e terá que provar que tem dinheiro pra ficar aqui por mais 6 meses. Nada tão complicado. Eu fiz isso quando vim aos EUA em 2004 e pude morar aqui por 13 meses seguidos legalmente sem precisar voltar ao Brasil. Boa sorte. Bjs

  51. Vanessa says:

    Ah! Outra coisa, vc disse que tem amigos que moram aí há mais de 10 anos e “morrem” de saudade da família??? Me desculpe! Mas se “morressem” mesmo de saudade, já tinham largado tudo para ir ao encontro delas… ahhh essas hipocrisias da vida, um dia ainda me matam. Seu Post, é de um típico Brasileiro, que ganhou a vida aí e não quer que mais nenhum brasileiro vá morar ai (já que vc “fugiu” daqui mesmo né, não quer mais dá de cara com nenhum brasileiro rsrsrs)

  52. Vanessa says:

    Vc fala assim, como se todas as pessoas só pensassem em dinheiro,em fortuna, nem todos são assim. Meu sonho é morar nos EUA, não para juntar dinheiro, mas para conhecer o país, conhecer a cultura, aprender outra língua, conhecer outras pessoas, quebrar a cara tbm, pq não?? nada nessa vida é fácil, e tudo fica como aprendizado! Mas não quero ir para lá para fazer fortuna, não estou nenhum aí pelo dinheiro! Esse post é rídiculo, eu vou para esse país sim!!!!!!!!

    • admin says:

      Oi Vanessa. voce me fez rir muito! As portas estão abertas, eu não tenho as chaves dos EUA, venha quando quiser e curta muito!!! Ninguem esta te impedindo! Boa, determinação e coragem é o primeiro passo. Bijocas Sue

  53. Thalita says:

    mesmo sendo um texto antigo gostaria de comentar.
    Você fala como se todo brasileiro que fosse para os EUA não soubesse falar inglês. E como se todo brasileiro que fosse para os EUA fosse trabalhar de empregada ou garçonete. Como se todo brasileiro que fosse não tivesse curso superior. Como se todo brasileiro que fosse tivesse que vender tudo aqui para viajar. entende meu ponto.Conheço muitas pessoas que tem a realidade diferente. Mas sei que seu texto é específico para quem não teve oportunidades… espero.

    • admin says:

      Oi Thalita! Claro que tem brasileiros que falam Ingles, que tem faculdade e que vem pra ca ou pra qualquer outro pais porque tem visto de trabalho, porque comprou uma casa, porque esta vindo pra estabelecer um negocio, etc. Eu mesma tenho dezenas de amigos assim. Tem brasileiros aqui de tirar o chapeu, empresarios maravilhosos, e micro empresarios. As mulheres brasileiras dão um show aqui de empreendedorismo! Temos brasileiras que comandam empresas, etc… Mas o texto definitivamente não é para quem tem condições de viver aqui e que tem por onde começar, o artigo no momento é somente para quem não tem essas caracteristicas e corre o risco de vir pra ca sem saber que aqui é uma dificuldade absurda conseguir emprego NESSE MOMENTO! E corre o risco de morrer no caminho vindo da forma errada. As pessoas interpretam o texto de forma muito errada! Tem espaço pra todo mundo, quem quer consegue em qualquer lugar. So que a America não é mais aquele lugar facil de 10 anos atras. Eu vi e vivo os dois lados da moeda, a historia do trabalho e do ganho facil até 2008 e a crise pos 2008! Eu realmente sei como é viver aqui. O minimo que eu posso fazer é divider isso com quem sonha mas não conhece a realidade. Por exemplo, qualquer pessoa que tenha U$800,000 Mil Dolares pode comprar uma casa e começar um business aqui e ainda ter o Green Card. Mas e quem não tem esse dinheiro? Ai esta o problema…. essas pessoas sonham que vão chegar aqui e bum tudo vai surgir num passé de mágica porque ela ve a familia que tem os tais U$800,000 mil vindo pra ca e acredita que o mesmo vai acontecer com ela.

    • admin says:

      Ola Thalita, desculpe se dei essa impressão, como o texto é mais focado em quem pretende vir ilegalmente ou “ficar por aqui”, então eu tive que descrever as oportunidades para quem não tem “documentos”. Com certeza tem brasileiros que falam ingles, que chegam com emprego acertado ou com uma posição financeira boa. Mas nesse caso, essa pessoa nem estaria lendo esse artigo porque a vida dela já esta toda organizada e estavel.
      E diferente pra quem tem tudo planejado e esta entrando no pais com visto de trabalho, estudo, visto de noiva, ou tem familia aqui de quem vem com a esperança sem conhecer ninguém e contando somente com a sorte e claro muitas vezes sem falar ingles.
      Abraços

  54. Vinicius says:

    Bom, comecei a ler o post, mas parei logo no começo. Mas não por que o post é ruim, por que até aonde eu li,afirmou umas coisas que na verdade depende da pessoa, mas é interessante algumas coisas que foi postadas! Mas acredito que se a pessoa tem um sonho americano, ela enfrenta qualquer barreira! Todos os países tem os acontecimentos que tem no Brasil. Mas os EUA, com certeza é um país bom de se morar!
    É realmente bom para os Brasileiros morar um tempo fora, acredito para ter mais cidadania na sua volta ao país de origem!

    • admin says:

      Oi Vinicius, a experiencia de morar for a é algo impossivel de descrever. Todos deveriam morar um tempo for a de seu país de origem uma vez na vida sim. Para a experiencia ser prazerosa e positive depende de como a pessoa entra nesse país. Se a pessoa tiver a chance de vir legalmente e se estabelecer legalmente, com certeza isso sera uma experiencia memoravel para ela. Abraços

  55. Brent Burkman says:

    O fato é que o pobre no Brasil que se arriscar na américa ficará mais pobre ainda. Se existe um lugar onde o brasileiro pobre pode crescer na vida é o própio Brasil. Nos EUA só muda a paisagem a bela paisagem esculpida por séculos de competência e cultura inglesa que moldaram os belos cenários quase iguais aos mostrados nos filmes de Hollywood e é só isso. No brasil o cara tem amigos, parentes, o cara é da terra não tem sotaque e tem todas as condições de crescer aqui, basta querer. Na verdade o finado sonho americano só existe na mente de analfabetos. O brasileiro inteligente, o brasileiro que estuda que corre atrás e que consegue o que quer por aqui, quer mesmo e ficar por aqui no brasir.

    Mas o fato é que a coisa ta preta em qualquer lugar do mundo. Então o melhor é ficar em casa, no caso o seu país para tentar mudar as coisas

  56. Mariana Nogueira says:

    Olá Sueli (nome da minha mãe) Gostei muito do blog e do post sobre morar nos EUA. Pois bem… entendi td o que comentou no post e posso dizer que concordo com grande parte. Mas o que dizer… eu amo esse lugar e meu sonho sempre foi morar aí. Não vivo tão mal aqui no Brasil. Mas não trabalho sou casada e tenho 2 filhos. Um fora do casamento de 11 anos e outra de quase 3. Meu marido sonha em morar aí, mas pelo deslumbre de achar que será melhor. Já que aqui o que ganhamos não paga todas as nossas contas. É bem tipo… uni duni te sabe? cada mes se paga uma e deixa outra. Enfim… lazer? Nem sabemos o que é isso desde que nos casamos. É bem puxado mesmo… ele trabalha feito um camelo. Bom… Minha comadre está para casar com um americano que morou aqui praticamente a vida toda e decidiu voltar para NY terra natal dele. A familia toda dele é daí. Ela já entrou com todos os processos e em janeiro ela vai embora de vez. E os 2 nos sugeriram de ir tb. Eu já fui e é apenas renovar meu visto. Mas meu marido e filhos tem que tirar. Confesso que bate sim um medinho… embora UAU! Seria um sonho se realizando, mas qd esta tão perto, a gente acaba se amedrontando, é que parecia algo muito impossivel. Anyway… gostaria de saber sua opinião. O Brandon (noivo da comadre) disse que a economia esta melhorando. Pasmem, qd li seu post, parecia ele falando… porque sempre que conversavamos com ele de ele voltar e morarmos todos aí, ele vinha com todo esse repertorio que vc escreveu. Acontece que a vida dele aqui desmoronou. Ele perdeu a empresa, faliu total e não conseguiu mais arrumar emprego. Ou seja… ele repensou tudo e concordou… realmente o Brasil… não dá! Enfim… o que me diz? Tks.

    • admin says:

      Oi Mariana
      Obrigada pelo comentario, mas no momento não tenho como analisar tudo isso. kakak. Eu não tenho como dar conselhos não, isso tudo é muito pessoal. Boa sorte e bjs

      • Marina Nogueira says:

        Obrigada! Não era bem um conselho… é mais pra saber referente a economia em que pé está! Afinal trocar 6 por meia duzia fico por aqui. Essa será minha decisão, o que fosse falar não iria interferir. Mas mais uma vez obrigada!

        • admin says:

          Ola Marina, eu não acho que esse seja o melhor momento para vir aos EUA SE VOCE PRECISAR ARRANJAR TRABALHO PRA SE MANTER ENQUANTO ESTIVER AQUI! Agora se voce tiver o dinheiro pra ficar aqui, daí não haveria problema pra voce. Cada pessoa é uma história. De repente voce chega aqui, conhece alguém e na primeira semana consegue um emprego, mas pode acontecer de voce não conseguir, nesse caso, voce tem que ponderar antes de vir, o que voce sabe fazer, e como viveria se não conseguisse emprego. Boa sorte.

  57. Maria says:

    Não gostei deste post. Muito pessimista pro meu gosto. Conheço vários brasileiros nos EUA e ninguém pensa em voltar p o Brasil, q aliás, está cada dia pior . Cada caso é um caso. Todo mundo tem o direito de arriscar viver onde desejar e esse post catastrófico só visa o lado ruim da coisa. Há muita coisa boa nos EUA q o Brasil não terá nem daqui a 200anos!
    Se está tão ruim assim viver aí, venda tudo e venha morar nessa terra ” maravilhosa” q é o Brasil.

    • admin says:

      Ola Maria, então eu tou vendendo tudo, só que não tem ninguém aqui pra comprar, tá todo mundo quebrado… será que podemos fazer negócio? Voce quer comprar minha casa, moveis, tudo pra eu voltar pra São Paulo? Com certeza tem muita gente que não vai querer voltar, criamos raizes, criamos vinculos. Agora voce não pode generalizar que ninguem quer voltar. Cada um vive onde quer sim, mas dizer que o post é catastrófico só mostra que voce não sabe muito sobre a situação dos EUA ou não leu os links que mencionei e de onde a matéria foram tirada. Não há nada de pessimista no artigo, apenas de realista. Obrigada

  58. Carmen says:

    Parabens Sueli realmente seu texto e muito bom, concordo com tudo que li., Sofri na pele o que e ser imimgrante ilegal. Hoje sou cidada Americana mas nao aconselho a ninguem a fazer o mesmo. Tenho muitos sobrinhos e irmaos no Brasil e os amo demais pra aconselhar a uma aventura dessas. O conselho q dou e fique no Brasil faca uma faculdade arrume um bom emprego e seja feliz, pq o sonho na america vira pesadelo, trabalho duro, trabalha de dia pra ter o q comer a noite. Venha para aperfeicoar o ingles mas sempre deixe as portas abertas pra voltar pq a possibilidade e grande. Eu nunca pensei em viver fora do Brasil mas a minha mudanca foi para permanecer perto dos meus filhos. Eu tive muita sorte e sou Feliz mas quem quer arriscar?

    • admin says:

      Ola Carmem, tudo bem? Que bom que sua história acabou bem! Fico feliz por voce. Conheci uma brasileira, que vivei aqui 10 anos trabalhando e mantendo a familia no Brasil. Ela formou os filhos como medicos. Dai se casou e conseguiu o Green Card e foi ao Brasil ve-los. A história dela, de garra, de força, de luta, de trabalho e vivendo longe dos filhos enquanto eles iam crescendo é de chorar. Eu não ficaria illegal em nenhum lugar, mas cada pessoa faz suas escolhas. Abraços e parabéns pela coragem!

  59. Dulci says:

    Bom… a vdd é que o povo gosta de moleza!!!! Quer tudo de mão beijada! minha professora de ingle por ex. é americana, e veio para o brasil recentemente, (uns 4 anos) ela é super jovem tem 22 anos, filha de brasileiros e ela me disse que realmente a vida não é facil pra ninguém nem ai nem aqui, ela esta aqui dando aulas de inglês na wizard, mora em uma casa simples,anda de onibus, faz uma faculdade de fotografia, e sobrevive como nós aqui! ela diz que tem coisas aqui que são muito melhores do que ai, e diz que ai tem coisas que infelizmente não existe aqui… Ela sempre se refere ao povo brasileiro que é bem gentil, e se refere ao povo americo que quando se apega a pessoa é sempre muito amável. Gosto muito do jeito dela, embora ela seja um pouco fechada (ainda) mas ela disse que NÃO quer voltar paras os EUA (NÃO AGORA – ELA DISSE) ELA JA FALOU QUE A CASA ONDE MORAVA FOI DESTRUIDA POR UM FURACAO,ja passaram necessidades, e os pais decidiram voltar ao Brasil,e a vida é assim, feita de escolhas – O SOL NASCE PARA TODOS… Sonhar é maravilhoso, mas manter os pés no chão é garantia de poder dar passos a frente ou retornar quando precisar! um bj

  60. Claudio Luiz da Silva says:

    Este é meu plano, ficar 6 meses como turista, achar um pessoal legal pra rachar aluguel ou coisa parecida. Tentar fazer a vida em 6 meses aproveitando toda experiencia, dando… renovar o visto para mais 6 meses e por ai vai…

    Nota importante: não vá sem falar ingles pois será abusado por brasileiros já que americanos não vao lhe dar emprego se não sabe nem dar um bom dia.

    Boa sorte.

    • admin says:

      Oi Claudio. Isso mesmo. Uma vez trabalhei em um restaurant e o dono era brasileiro, ele pegava todos as gorjetas e ficava pra ele e só no fim de semana ele queria dar um valor X pra gente sem dizer quanto que a o restaurant realmente tinha feito. Depois de um mes, eu sai de lá e fui contratada por um restaurant Frances e um Italiano onde a gorjeta vinha 100% para os garcons. Nós mesmos dividiamos a gorjeta no fim da noite. Trabalhar para brasileiros pode ser uma experiencia, mas infelizmente pode não ser a melhor experiencia. Abraços e boa sorte!

  61. Rafael says:

    ola , muito bom seu artigo bem explicativo , mas só uma duvida.
    Eu estou afim de ir morar ai mas daqui a uns 10 ano ( tenho 16) quero me formar na faculdade de engenharia civil e arrumar uma grana antes , oq vc axa? tenho chances de morar la legalmente e trabalhando como engenheiro ?

  62. Ewerthon says:

    Olá Sueli!
    Ótimo post. Sabe me dizer como esta o mercado de trabalho para contadores?
    Penso em ir para os EUA em alguns anos, para obter experiência e passar o tempo, se é que me entende.

    Abraços!
    Ahhh compreendi perfeitamente sua intenção ao escrever esse post!

    • admin says:

      Ola Ewethon…. o mercado para contadores… que pergunta dificil. Como é o mercado para contadores no Brasil? Se voce conhecer as leis americanas e puder atuar legalmente aqui, com certeza voce terá clientes, onde quer que voce for morar. Abraços e boa sorte

  63. Gustavo Lopez says:

    Muito interessante.
    A alegria do povo brasileiro, o jeito amigavel (nao sempre mais quasi), contrasta com um governo e sistema feito para explorar a clase media, por isso a maioria dos Brasileiros sao ignorantes e ingenuos, porque duarte 500 anos a educacao foi e sera um privilegio(estou falando da educacao eficiente nao da porcaria que hoje tem o sistema publico).
    O brasileiro que tem dinheiro ama o Brasil o sistema ajuda a manter seu nivel e tirar proveito da necessida aleia, uma pessoa que e ignorante no Brasil como pode esperar ser considerado no mesmo ou em um nivel superior?.
    Si o brasileiro nao se adapta ao novo pais, como acha que o povo e o novo pais vai se adaptar a seu jeito?
    Qualquer negocio como os propostos dara certo si fose posivel sonegar impostos para no ser assaltado por un estdo corrupto,imcopetente, explorador…nao adinata pagar tanto imposto para sustentar a um bando de sangre sugas, que nao fazem seu trabalho ao menos eficientemente.
    Entao a disyuntiva e: Vivir mal no Brasil, e aceitar isso por ficar no meio da turma, ou ser mais um da clase meia no primeiro mundo?
    NOVA IORQUE E UM PESSIMO EXEMPLO ,para morar nos EUA, e como si quem nao conheze Brasil chegase a Sao Paulo…..ser inteligente e migrar a um lugar mais aconchegante a uma cidade termo meio ou pequena., onde a mau de obra ainda tem menos concurrentes….
    sorte
    Nao abra negocio no Brasil. e so para sustentar aos miseraveis que governam a Republica Federativa dos Ineptos

  64. Carol says:

    Na sua opinião qual é o melhor país pra se viver? Acho que o problema aí é NY porque eu morei em MT por um ano no meu intercâmbio e foi bem tranquilo, agora eu quero voltar mais não sei como achar uma oportunidade.

  65. Vinicius William says:

    Olá
    tenho 16 anos e tenho muito interesse em morar nos eua especifica mente na california,por exemplo que estudar na faculdade de UCLA(universidade da california,em LA)da para eu trabalhar lá e fazer faculdade ao mesmo tempo?
    qual o horario em que eles cursam a faculdade?tem idade maxima para cursar a faculdade?tem como eu ter a estadia na faculdade e trabalhar para paga-lá?
    obrigado.

  66. JORGE Z says:

    Oi.

    Adorei o post, mas gostaria de uma orientaçao.

    No meu caso eu tenho interesse em morar nos USA legalmente, pois minha situaçao financeira é estavel, mas realmente estou de saco cheio de morar em SP ou qualquer lugar aqui no Brasil.

    Como, na maioria das vezes as pessoas tentam morar ai pra ganhar dinheiro pra depois voltar ou nao, a minha situacao é diferente, tenho como me bancar mesmo sem arrumar trabalho ai, mas gostaria sim de fazer alguma coisa, montar algum negocio e assim nao ser ilegal.

    Por onde começo?

    obrigado

    • admin says:

      Ola Jorge, voce pode começar conseguindo um visto e um passaporte como se fosse uma viagem de turismo.
      Depois voce pesquisa o mercado onde deseja se estabelecer e procura saber quais oportunidades de mercado existem.
      Com U$800,000 Mil Dolares voce pode conseguir um Green Card de Investidor e abrir um negócio.

      Boa sorte. Abraços

  67. Fabiola says:

    Quero parabenizar a autora desse texto!! Eh assim memso que voce falou, se não for pior! Morei nos EUA de 2000 a 2002, trabalhava os 4 expedientes (de manhã, de tarde, de noite e de madrugada!), limpando casa, restaurante, escritório e ainda entregando jornal.
    Passei todos os feriados, inclusive Natal, trabalhando. Tinha carro velho, dividia apartamento com gente que eu mal conhecia, só comia comida congelada e rezava para não ficar doente.
    Sim, estava ilegal!! Mas consegui juntar um dinheiro e voltei para o Brasil para terminar a faculdade. Com o din, comprei um carro usado, paguei umas dividas e pronto!
    O restinho que sobrou, investi em cursos de ingles, em livros, em muito estudo, e consegui ser convidada para terminar a faculdade no Canada. Mais uma vez com muito esforço, morando mal, comendo mal e com muita saudade da familia e amigos, estudei, e consegui bolsa de estudo para fazer mestrado.
    Casei com canadense e acabei voltando para os EUA ha 5 anos atrás. E a coisa aqui tá muuuito ruim para quem eh imigrante ilegal! Conheço também vários brasileiros que voltaram para o Brasil com uma mão na frente e outra atras, que não conseguiram pagar as casas que compraram nem aqui e nem lá e pior, conheço gente que mendiga atras de dinheiro para comprar a passagem para voltar!
    O consulado de Boston mesmo ta cheio de pedido de Brasileiro querendo voltar para o Brasil e sem conseguir! Muita gente sendo deportada, sem consegui tirar carteira de motorista, enfim. Aqui NãO eh para ILEGAL!!
    Ja teve gente que ficou sem falar comigo porque eu sempre digo isso: aqui eh muito bom, se voce pode estar aqui. Se for para viver na ilegalidade, voce vive no medo, na incerteza, sonhando e se frustrando! Ja me perguntaram até se “o ingles daqui eh muito puxado” !! (oi??)

    • admin says:

      Ola Fabiola, obrigada, obrigada, obrigada por comentar. E muito dificil dizer que o problema não é igual pra todo mundo, se voce tem emprego, casa paga e vive legalmente as chances são de que voce não vai sentir tanto as dificuldades, mas Deus como é dificil ver brasileiros desesperados por trabalho, sem ter onde cair morto e ainda vivendo ilegal e sem dinheiro sequer pra voltar ou com vergonha de encarar a realidade que o espera no Brasil. As pessoas dizem: se não tá bom ai (nos EUA) porque voce não vem embora! O caso é que o que eu vejo é que quem esta aqui há 5 ou 10 anos, acabou criando raizes ou perdeu o contato com tudo que estava no Brasil e dai se voltar não tem pra onde voltar. Honestamente, vai voltar pra casa da mãe, da irmã, da tia que também vive numa situação dificil? Se a pessoa não conseguiu economizar dinheiro e dai tem que voltar, vai voltar e vai trabalhar onde? è uma situação desesperadora e eu vejo isso todos os dias ao meu redor. As pessoas me ligam, pra saber se eu sei de algum trabalho, se eu posso ajudar, infelizmente é impossivel ajudar tanta gente! Obrigada por dividir sua história, parabens pela sua força e felicidades e sucesso pra voce! Abraços

      • Fabiola says:

        Eh bem por ai mesmo, pessoas desesperadas porque nao tem “futuro” nem aqui e nem la! Ja acho que para quem vive legalmente fora do Brasil eh complicado, pois (e nao sei se voce tambem se sente assim)eh como se voce de repente tivesse duas patrias, e nenhuma eh completa. Para quem estah nessa situacao ilegalmente so pode ser frustrante, querer voltar para a Patria amada e nao poder! E nem poder ficar aonde estah! Mas o problema maior eh mesmo a ignorancia (no sentido puro de ignorar) das pessoas. Ignoram leis, regras, estudo, e ignoram até a realidade!

    • Julia says:

      Será que a pessoa que vai pra ficar ilegal, se tá ilegal, ela é quase um procurado da policia… e a pessoa acha que vai viver bem??
      Nesse caso, a pessoa voltar falando mal dos EUA, dizendo que é pra poucos… é até muita cara de pau.
      Eu não gosto do Brasil, não queria ter nascido aqui, isso eu não escondo de ninguém. E também não acho que seja feio dizer isso. Não escolhi nascer aqui e não é porque nasci que sou obrigada a amar e também não vou dizer que amo só pra não chocar ninguém. Mas sair daqui pra viver me escondendo em outro país eu jamais faria. Mas isso pra mim, que pretendo até investir nos EUA, dar emprego a americano… mas do jeito que a situação tá aqui, eu entendo que se desespera e vai ilegal mesmo. Aqui não tá fácil nem pra rico.
      Fora o risco de morrer a qualquer momento que to brasileiro tá vivendo.

      • admin says:

        Oi Julia. As pessoas podem viver ilegalmente sem problemas. A policia não procura as pessoas não. Voce só terá problemas se se envolver em um acidente ou algo que envolva seu status e claro, voce não pode deixar o pais e tem muitas limitações, mas dá para viver, o problema é que eu acredito que viver ilegal é como uma liberdade condicional, voce não pode fazer tudo que quer quando quer, mas também não esta preso o tempo todo. Abraços Sueli

  68. michel says:

    olá, achei super interessante seu post,obrigado por ajudar a quebrar a visão que temos que Estados Unidos é um país totalmente diferente do Brasil,tenho só 17 anos mas entendo um pouco de politica e graça aos direitos humanos que apoia os bandidos,essa bosta desse país ta cada vez mais dificil de se morar!! E eu busco morar fora daqui um dia se a situação ñ melhorar do país.

  69. Jonas Marcelo says:

    Boa noite!

    Primeiramente gostaria de parabenizar voce pelo seu texto, ficou muito 10 e as dicas são exelentes meus Parabéns
    Mas realmente quem acompanha a economia mundial iria saber que o momento não é ideal para sair do Brasil e se aventurar em outro pais a fora, pois os seus sonhos tem uma grande chance de virar pesadelo, mas de qualquer forma se a intenção da pessoa for se especialisar no inglês, e se profissionalizar em um setor com certeza a chance dele(a) se dar bem vai ser mais claras, mas a pessoa não conhecer nem a sua cultura e não saber falar nem a sua lingua de origem direito e ja querer fazer uma mudança radical dessas, a pessoa esta pedindo pra se ferrar ou se iludir legal..
    Mas de uma coisa é certa se voce tem um sonho, um objetivo,corra atrás e não desista nunca, pois só voce pode ser capais de conseguir consquista-lo e nunca em hipotese alguma pense que vai ser facil e se for facil desconfie, mas boa sorte pra quem quer tentar ..
    Eu, meu irmão e um amigo estamos com planos de irmos para São Francisco logo após a copa do mundo no Brasil, nos três ja somos formados em faculdade em cursos diferentes e ja falamos o inglês bem melhor que o proprio PORTUGUÊS rsrs, espero que de certo nossa ida para ai em busca de uma vida mais digna, se voce tiver mais alguns conselhos para nos acrescentar ficaria grato..

    Tks!

    • admin says:

      Ola Jonas… que bom que voces estão planejando e sabem bem o que vão encontrar pela frente. Boa sorte! Procurem pensar em algo que voces possam fazer por lá, em quem voces vão contatar! se voces falam Ingles, tem boas chances de conseguir um trabalho como bartender ou como voce disse, voces tem uma formação Universitária, pense em quais empresas teriam interesse no serviço que voces podem oferecer. Boa Sorte!

  70. André says:

    Muito bom o post…!!
    Pretendo ir como turista a Nova York prox ano… para passar 5 cinco dias qual a recomendação do valor de dolares a levar?? Pensei em torno de 3500 para passeios, comida e algumas lembranças… esse valor está bom??

    Obg

    • admin says:

      Ola Andre, sem contar a passagem e o hotel, tenho certeza que U$3500,00 dolares é suficiente para voce curtir Nova York e fazer compras. Depende de quantas pessoas viajam com voce. Pense em usar metro, almoçar no Fridays, Macdonalds, Olive Garden, RedLobster, pense em comprar na MACYS e ver araras de descontos, pense em compras em lojas de descontos… e faça uma boa lista de tudo que voce deseja visitar e comprar pra não gastar seu dinheiro sem perceber. Boa viagem!

  71. Jhonatan says:

    Ola boa noite!

    Gostaria de saber, se o mercado de trabalho dai, no setor de aux de adm, esta boa no momento ?
    E se tiver como, vc me passar os meios mais facil de poder morar legalmente ai no país !

  72. samuel says:

    Olar eu tenho um sonho de ir vizitar o eua passar um tempo air tenho muita adimiraçao pela musica imternacioal pois è meu estilo preferido eu lir todo o seu post e gostei pois tirei muitas das minhas duvidas em relaçao a mudar para outro pais eu sou evangelico da igreja do evangelio quadrangular A 14 anos e sou musico se um dia eu fosse morar pra ir eu iria como um menbro da igreja quadrangular e iria com a carteira da igreja e carta de trasferencia e que.quem è menbro dessa igreja quando nos trocamos dr cidade ou estado nos recebemos uma carta de trasferencia pricipalmente se exercer algum cargo na igreja em fim seu fosse morar legalizado air no eua e fosse proucurar refujio na minha denomiçao que ficar aer quais chances eu teria e quais desvantagens eu teria estando na minha propia igreja me sentindo como um estranho por quer i not ingles

  73. Marco says:

    Acho estranho oque você diz , parece coisa do governo americano.
    Propaganda negativa , nem sabemos que você existe , a todo momento
    você desqualifica a inteligência dos outros .
    Todos sabem que existe essas possibilidades aleatórias quando se entra nos EUA.
    Quando vamos fazer algo devemos pensar no melhor e que tudo dará certo senão nem levantamos da cama de manhã.

    • admin says:

      Oi Marco talvez voce tenha razão. Talvez todas as matérias que pesquisei e que postei o link para voces conferirem, talvez todas elas sejam falsas e pagas pelo governo americano para amedrontar pessoas para não vir pra cá. Talvez todo mundo aqui esteja mentindo pra voce. E talvez todos aqueles autores dos artigos que mencionei estejam mesmo querendo desqualificar a inteligencia e a coragem de pessoas como voce. Eu se fosse voce escrevia pra todos aquelas materias e autores e alertava eles que voce sabe muito sobre economia americana e que voce não acredita em nada do que eles estão falando…. Sinceramente, posso lhe dizer que a maiora das pessoas que vivem ilegalmente em outro pais, saem de casa sem saber o que vão encontrar pela frente, são movidas pela febre do ouro. Concordo que precisamos pensar que tudo vai dar certo, mas para dar certo é bom estarmos preparados e sabermos a verdade para ter plano B, C e D quando as coisas não derem tão certo. Abraços

    • admin says:

      kkkkk. Marco, a ultima coisa que eu faço é propaganda pro governo. Alias eu não faço propaganda pra ninguém. Apenas escrevo sobre os lugares que eu vou ou sobre as coisas que eu experiment e acho diferentes. Eu desqualificar a inteligencia de alguém? Quem sou eu pra fazer isso… Abraços

  74. Sofia says:

    Oi!

    Eu moro nos EUA há quatro anos, sou arquiteta e meu marido americano, qualquer começo ‘e difícil pelas diferenças de cultura, novos hábitos, mas que com o tempo e paciência qualquer pessoa se adapta, eu gosto dos EUA, nenhum lugar do mundo ‘ e perfeito, aki os pros são pessoas mais educadas e organizadas respeitam as leis, alguns não gostam tanto de estrangeiros mas geralmente são as pessoas de pouca cultura, eu fiz muitos amigos aki no começo trabalhei comeu marido agora temos outro negócio de construção, a comida americana fast food não ‘e boa, mas há lugares ótimos e supermercados gigantes que vc pode encontrar verduras e frutas de todos as cores do mundo! Aki a violência ‘e mínima mora numa cidade turística, sinto falta da cultura brasileira e das pessoas alegres e expontâneas como são os brasileiros, mas já me acostumei muito aki, não tenho tantos pontos negativos para falar como no texto acima, meu único conselho que viver ilegal não deve ser bom e jamais arriscaria…

  75. Diogo T says:

    prefiro ser um mendigo nos estados unidos do que um classe média no brasil… só a aura que tem la ja compensa tudo, me sinto mal quando saio nas ruas nessa bosta de pais

  76. Inez says:

    Eu li seu post. Moro aqui com meu marido desde march desde ano. Na Philadelphia. Eu fiz 50 anos e ele 55 e viemos pra ca pq no Brazil nao conseguiamos nada . eu nao consegui concluir 3 faculdades por falta de grana e os cursos do Senai sao carissimos. meu marido estava entrando em depressao pq eh dificil conseguir emprego na idade dele no brasil depois que ficou desempregado. Ele nao se encaixava no “perfil” das empresas. Aqui estamos trabalhando e ganhando o suficiente pra morarmos, comermos com qualidade como nunca comemos no brasil por ser caro demais e tenho tanta roupa como nunca tive na vida. Tem dificuldades sim mas prefiro as dificuldades daqui.Como vc disse cada caso eh um caso. Eu sinto muito em te contrariar mas estou bem aqui. Bem melhor que no Brasil. To apaixonada por esse pais e todo dia agradeco a Deus por estar aqui e poder te dado um Jogo de quarto completo pra minha netinha que acabou de nascer, coisa que eu nunca poderia fazer se estivesse no Brasil passando as dificuldades que eu passava. estudo ingles de graca numa escola de uma igreja e aprendi e estou falando mais ingles em 6 meses o que eu estudei em 2 anos no brasil pagando 220,00 reais por mes, na maior dificuldade, por 40 minutos de aula por semana.meu sonho era estudar ingles pois amo e no Brasil foi so jogar dinheiro, que eu nao podia, fora. A maioria das pessoas que voltaram para o Brasil se arrependeram e agora nao tem como voltar. Todos os dias escuto isso.

  77. Victor says:

    Não querendo “discordar” da autora do blog, é sempre bom mostrar os dois lados da moéda. Mas, quem trabalha duro nos eua, rala mesmo, consegue o que quer, diferente do Brasil, onde você rala muito, e não consegue muita coisa..
    Gosto muito do seu blog, um beijo.

    • admin says:

      Ola Victor, obrigada pelo comentário. Eu vejo que quando voce chega nos EUA, ou qualquer outro pais, o que te impulsiona é que voce não deve nada a ninguém e não tem ninguém ((em geral) pra lhe desviar do seu objetivo, então o que voce faz? Trabalha, trabalha e trabalha. Já quando voce esta no seu pais, voce tem os amigos, o churrasco de fim de semana, a namorada, a familia, os eventos e voce quer viajar, curtir o feriado, não quer ser visto como “pobre”, quer ganhar por cada hora extra trabalhada, ect. Ja nos EUA (ou outro pais) voce não tem essas desculpas, e voce aceita trabalhar em vários trabalhos que não faria em sua cidade. Quando vim para os EUA, eu fiz vitrine, trabalhei em loja de designers, fiz coordenação de coleção, babysitter, hostess e Garçonete, durante o ano em que vivi, eu começava as 7hrs da manhã em um local e ia até as 10hrs da noite, passando por 3 trabalhos diferentes… fiz isso por exatos 12 meses direto… aliás no dia de ir embora, eu ainda trabalhei na parte da manhã e viajei a noite. Ou seja, voce trabalha duro em qualquer lugar que seja fora do seu local normal. Considere os nordestinos que fizeram fortuna em São Paulo, eles chegavam, trabalhavam feito loucos e iam economizando e bummm de repente o cara comprava o restaurante ou começava uma lava-rápido etc… o que fez ele chegar até aquele ponto é que ele trabalhou muito e viveu em um lugar miserável até conquistar o sonho dele…. o mesmo principio se aplica aqui, voce mencionou bem ao dizer que quem trabalha duro aqui consegue, mas eu posso lhe dizer que quem trabalha duro no Brasil também pode conseguir sim… abraços

  78. Sueli says:

    Aproveito para mencionar esse artigo recente: http://radioglobo.globoradio.globo.com/noticias-do-brasil/2013/10/22/FAMILIA-VENDE-ATE-CANARIO-PARA-JUNTAR-DINHEIRO-E-ENTERRAR-BRASILEIRA-MORTA-NA-ESPANHA.htm
    “É muito triste querer se despedir de uma pessoa e não conseguir”. A dona de casa Simone Carvalho vive o drama para fazer o sepultamento da irmã, Shirley de Castro, de 49 anos, que morreu na Espanha no dia 6 de outubro. Sem dinheiro para trazer o corpo de volta ao Brasil (R$ 20 mil), a família resolveu fazer uma “vaquinha” para realizar o enterro na Europa. Shirley morava sozinha na cidade de Valência há 20 anos e morreu de problemas no pulmão.
    Na Espanha, Shirley trabalhou em restaurantes, mas estava desempregada há oito meses por causa da crise econômica. “Ela viajou dizendo que iria vencer na vida”, contou Simone. O Ministério das Relações Exteriores informou que não pode pagar o translado nem ajudar com os gastos do enterro na Europa. O consulado brasileiro em Barcelona está acompanhando o caso.”
    Meus pesames para a familia. Ainda bem que ela tem amigos e familia que estão fazendo de tudo para ajudar.
    Isso é muito comum nos EUA. Vira e mexe vemos uma notinha em jornais aqui de brasileiros desesperados pedindo ajuda para tratamento médico, para pagar aluguel, para fazer translado de corpo….
    seria muito triste ficar publicando isso toda a semana, mas acontece….

  79. David says:

    Parabéns!

    Você foi muito precisa, abri os meus olhos em relação aos USA.

  80. daniel says:

    Parabéns por ter feito o esta pesquisa e mostrado como é EUA, pois eu tinha uma maneira diferente de pensar. Achei muito legal de sua parte, tenho interesse de conhecer e trabalhar nos EUA.

    • admin says:

      Obrigada Daniel. Seja bem vindo. Abraços

      • Rodrigo says:

        Olá tenho visto de turista e estou com planos de ir pra miami
        tentar fazer um curso de inglês e trabalhar.escolhi miami pq
        tem muitos imigrantes como não falo inglês e não conheço ninguém
        achei o destino melhor para me adaptar mais facilmente queria
        por gentileza saber oq acha e se tem algum conselho?

        • Rodrigo says:

          Olá quero estudar e trabalhar,estou pensando em miami pq tem bastante imigrantes como vou sozinho penso que vai ser mais tranquilo já que não falo inglês ..queria saber sua opinião..
          obrigado..

          • admin says:

            Ola Rodrigo, Miami oferece boas possibilidades sim. Com visto de Turista voce pode morar por até 06 meses nos EUA. abraços e boa sorte.

        • admin says:

          Ola Rodrigo, esteja preparado para se virar sozinho, não venha achando que as pessoas só por serem brasileiras vão lhe ajudar.
          Se alguém lhe der dicas ou lhe oferecer uma oportunidade, agradeça imensamente, mas não espere que isso aconteça.
          Tenha seu pé de meia pra se virar nos primeiros meses e para que sua viagem valha a pena, aprenda ingles o mais rápido possivel.
          Boa sorte e sucesso!

        • admin says:

          Ola Rodrigo, Miami sera bem mais facil para voce se adaptar sim, mas por ter muitos brasileiros e latinos sera mais dificil aprender Ingles. Veja qual o seu objetivo principal: Turismo ou aprender Ingles? Se voce realmente quer aprender Ingles, procure ficar em locais onde voce sera “obrigada” a usar o idioma e entender o que esta acontecendo a sua volta. Eu aprendi Ingles em 4 meses, mas trabalhava para Americanos e vivia no meio de Americanos, se ficasse junto dos brasileiros não iria aprender tão rápido. Abraços e boa sorte.

    • Róbson Neves says:

      Nos Estados Unidos é possível sim ter uma vida razoável como imigrante. Vide Meowth, que conseguiu um emprego bacana como agente de serviços especiais. Vide Mewtwo que de clone/escravo passou a ser mestre mental.
      Todos conseguimos, basta ter vontade e um empurrãozinho.
      PS:Curti muito o post!

      • admin says:

        Oi Robson, claro que dá pra ter uma vida razoável como imigrante, se voce tiver um emprego, uma casa e tiver seus documentos em dia tudo fica muiiiito mais fácil. Abraços

  81. Bruna says:

    Olha, concordo e discordo do seu post. Conheço dezenas de pessoas que moram nos Estados Unidos e não pensam assim. Conheço os EUA e o que vi, realmente, é que é tudo maravilhoso. É claro que existem os contras, mas muito mais prós. Aí tudo funciona. Existem exceções? Claro, como em todo lugar. Mas funcionam. Aí, apesar de existir mendigos e moradores de rua, se come, bebe e se veste facilmente. Com 20, 30, 40 dólares você compra roupa, água e comida no mercado. Da melhor qualidade? Não, claro que não, mas o suficiente para sobreviver, diferente daqui que nem isso temos. Aqui você não compra uma Pringles. Não falo da classe média/alta porque seria ignorância. Penso exatamente na classe mais baixa. Os preços são absurdamente inferiores por causa dos impostos, as ruas são limpas. A única coisa que achei realmente pior do que o Brasil é a publicidade (péssima) e programas de TV (mais bizarros que os daqui). É claro que entrar lá ilegalmente é assinar seu atestado de falência, em qualquer país. Porque isso te priva de conseguir emprego ou qualquer outra coisa que precise. Tenho amigos que moral lá e nenhum deles pensa em voltar. E quando voltam (para visitar a família) são assaltados pois se desacostumaram a andar com olhos nas costas. Nenhum deles trabalha como babá, manicure ou garçom, todos trabalham em empresas e pelo que sei, não existe preconceito muito grande quanto a isso. Até porque NY, Miami e Orlando, por exemplo, são os lugares em que mais tem estrangeiros e os EUA precisam dessa mão de obra. É verdade que atendentes e garçons são ou negros ou estrangeiros. A maioria. Mas isso nao quer dizer que não há oportunidades em outras empresas. Até aqui no BR, se vc não tem faculdade e especialização, experiência, o que sobra é este tipo de trabalho. Então, é consequência que uma pessoa que entra lá ilegalmente não vai conseguir emprego em locas que precise atender ao público, logo vai ganhar menos e não vai conseguir se sustentar. Não porque o país é ruim e sim porque é a consequência de uma escolha errada.

    • admin says:

      Ola Bruna, Obrigada pelas otimas observações.
      Com certeza tem mais chance quem aprende ingles, mas quem esta illegal mesmo falando ingles, terá menos oportunidades.
      Abraços

  82. Lucas says:

    Quem são os americanos para julgar os imigrantes?
    eles são totalmente compostos de imigrantes ou descendentes de imigrantes!

  83. Carol Fernandes says:

    á Olá,
    sei que este artigo é relativamente antigo, mas eu realmente gostaria de obter uma resposta. Vou resumir minha situação e gostaria de sua opinião.
    Eu e meu namorado estamos concluindo a faculdade de medicina neste mês e estamos muito descrentes com tudo neste país. Trabalho na instituição mais falida do país, a saúde, vemos o quanto as coisas não funcionam, o quanto a saúde é roubada, quantas pessoas morrem, quantas outras sofrem, enfim. Vivemos uma situação lastimável não só para os que dependem do SUS como também para os que trabalham nele. Sem contar nosso governo populista, que deixa nosso povo cada vez mais ignorante, a ignorância é altamente rentável para os políticos. Temos violência em todo lugar, preços exorbitantes, no Rio de Janeiro paga-se 600 mil reais por um apartamento de 70 m² em um bairro de classe média.
    Neste momento da vida o sorriso do brasileiro, o calor, a praia, nada disso tem me feito feliz.
    Quero ir embora daqui, mas não estou atras de “uma vida melhor”, não preciso mandar dinheiro para ninguém…
    Eu estou à procura de DECÊNCIA… um governo decente, um povo decente.
    Por isso queremos ir embora e exercer nossas profissões. Você tem alguma orientação p me dar, conhece algum médico brasileiro por ai?
    Desculpe o desabafo, mas estou muito aborrecida com tudo que acontece aqui.

    • admin says:

      Ola Carol. Eu estou a procura de um governo decente também, sabe. Se voce descobrir onde tem um governo honesto me deixe saber. kakak. Amiga, procure sim oportunidades pra voce e descubra o que lhe faz feliz, talvez uma nova cidade, ou novo pais irá sim lhe fazer bem. Não existe governo decente, não existe casa barata nos EUA, ou se tem casa barata é porque não tem emprego e ninguém quer morar lá. Não espere que alguém vá lhe pegar pela mão e lhe abrir portas, é voce que deve correr atrás das oportunidades. Se voce é médica, pesquise cursos na sua área em outros paises, a melhor forma de entrar em outro pais é através de um curso. Abraços e boa sorte

    • admin says:

      Ola Carol, o número de emails que recebo de pessoas descontentes com a situação dos impostos, da corrupção e da qualidade de vida no brasil tem aumentado muito. Uma solução seria se as pessoas que saem nas ruas protestando e que estão descontentes com o brasil, votassem ou elegessem um governante melhor… Pelo que eu sei, medicos e enfermeiros conseguem vistos mais facilmente nos EUA. Procure se informar sobre bolsa de estudos para medicos brasileiros em outros pais, um bom planejamento e quem sabe voces não conseguem ir morar em outro pais e estudar? Boa sorte

  84. felipe says:

    você fez eu desistir do meu sonho :(
    realmente eu pensava que a vida ai era diferente.

    obrigado.

    • admin says:

      Ola Felipe, se voce desistiu de seu sonho, é porque voce estava com um sonho de fazer as coisas de forma errada. Repense suas possibilidades e planeje sua viagem de forma que seus sonhos possam sim vir a serem realidades. Jamais desista de seus sonhos sem ter tentado realizá-los. Busque mais informações e faça a escolha certa e voce vai ver que dá sim pra viajar, aprender muita coisa legal, conseguir uma boa experiencia e o resto vai vir pra voce… Abraços

  85. May says:

    Olá Sueli,

    Gastei ao menos 1 hora no seu post, lí tudo e a maioria dos comentários.
    No que se refere a questão da ilegalidade, ou mesmo da falta de status não posso discordar de seu ponto de vista, mas ao mesmo tempo vejo em seu texto uma opinião muito unilateral, que acho comum em quem vive entre dois países, o outro lado da fronteira acaba sempre parecendo melhor.
    Eu morei na Califórnia como Au Pair por 2 anos e voltei a cerca de 5 meses pro Brasil, portanto pude ver a crise de perto e trocar experiências com meus amigos ilegais, que mesmo com toda a inegável dificuldade aindam consideram a vida por lá melhor.
    Voltei porque sou formada, estudei lá e queria não só oportunidades no Brasil, mas também fazer diferença por aqui.
    Depois de 5 meses no Brasil posso te dizer, não vejo a hora de voltar e comecei a me organizar para isso.
    Moro em próximo a Brasília e gasto R$16 e 4h por dia (trajeto que deveria levar 1h20) só para ir e voltar de um trabalho que me paga R$2.500, salário médio que está se encontrando por aqui.
    Se usar o carro gasto R$30/ dia. O preço da gasolina está absurdo.
    Por ter vivido ai e saber das dificuldades morro de medo de estar arriscando chances de carreira aqui, de viver com medo de ficar doente, com saudades da família, mas sei o peso da diferença de qualidade de vida, da insegurança, do ódio que passo com costumer service, com injustiças ocorridas pela falta de respeito do governo, das empresas e pessoas daqui.
    Pretendo voltar ano que vem, com visto de turista ou estudante e algum dinheiro pra me manter uns 2 meses. Sei que não vai ser fácil e que vou ter que me submeter a subemprego, mas aqui no Brasil, mesmo com um emprego razoável estamos submetidos a subvida.
    Morro de medo do futuro por ai, mas honestamente me cansei de acreditar no Brasil.
    Como nanny estaria ganhando muito mais que profissionais formados e qualificados por aqui.
    Pra finalizar, gostaria de lembrar que os custos que você mencionou são para NY, um dos locais mais caros não só dos EUA, mas do mundo. Outros locais dos EUA são mais acessíveis e você pode sim viver com o salário de garçom, tantos amigos meus fazem isso e ainda sobre o da saída (modesta) do fim de semana.
    A falta da família é terrível, mas você ganha amigos preciosos na comunidade brasileira, por mais que hajam fofocas e problemas, no fim alguém sempre te ajuda.
    Os americanos são diferentes, mas não significa ruim, fiz amigos maravilhosos lá que sempre se preocuparam muito com meu bem estar.
    Aqui também não falta brasileiro arrogante.
    Não tem sistema público de saúde, mas existem clínicas comunitárias que fazem consultas baratas ou gratuitas, como planned parenthood, colleges locais que dão assistência.
    Quanto ao imposto, é caro? Sim!
    Mas melhor pagar caro ai e saber que o dinheiro está sendo bem usado que aqui e ver seu dinheiro indo parar em bolso de políticos corruptos ou obras precárias com fins de politicagem.
    Enfim,
    Toda moeda tem dois lados e cabe a cada um saber quanto está disposto a apostar.
    Se eu pudesse juntaria o melhor dos dois mundos, oportunidades e família daqui com a vida de lá, mas infelizmente tem que se optar e se o momento não é bom pros EUA, está péssimo pro Brasil.
    Abraços.

    • admin says:

      Oi Rosa, como voce pode ver os dois lados de cada lugar, só voce pode decidir o que é melhor para voce, ou onde voce deve morar. Eu lhe desejo muita boa sorte. Só uma observação, tire o medo do meio do caminho que as coisas vão ficar mais fáceis. Abraços Sueli

      • Fernando says:

        Só tenho parabenizar pelo espaço e pelos comentários.
        De fato, as situações estão bem postas e retratam a realidade dos dois lados.
        Esse tipo de debate, nos faz pensar e tomar a melhor decisão, seja ela qual for.
        Obrigado pela contribuição para eu amadurecer meus planos.
        Um abraço.

    • admin says:

      Ola Rosa, como estão as coisas no Brasil? Voltou aos EUA? Boa sorte. Abraços

  86. Gerson says:

    Parabéns, gostei do seu blog, acabei de chegar Miami, sai dai com a visão de trabalhar no mercado imobiliário, o que vc me diz quanto este nicho de mercado..?

    • admin says:

      Ola Gerson, as leis americanas sobre o Real Estate são muito específicas. Voce deve fazer um curso na area e tirar sua licença para poder atuar, para tirar sua licença voce precisa ser Residente Americano legalizado (ter Green Card). Passando essa etapa, fica mais facil. Boa sorte e sucesso!

  87. Gustavo says:

    Boa noite,
    Estou lendo todas as informações postadas, muito bom!
    Estou indo com minha esposa proximo ano para NY, passaremos 7 dias.
    Pretendemos ir para conhecer a cidade, e as compras serão caso a parte.
    Pensei em algo de 3500 a 4000 dolares para levarmos, alguns passeios serão fechados com a agencia de turismo outros pretendemos adquirir por la.
    Esse valor é considerado bom ou não? Nunca fomos aos EUA, então agradeceria pela cordialidade na sua opinião.
    Obrigado!

    • admin says:

      Ola Gustavo, com U$3500 Dolares da pra voce fazer compras, ir a museu e fazer passeios como Estatua da Liberdade, Empire Estate tranquilamente para 02 pessoas. Boa sorte e bom passeio.

  88. Stéfano Lucciola says:

    Olá.. Meu nome é stéfano e estou querendo me mudar para os EUA mas de uma forma legal. Tenho uma condição boa, digamos assim, para viver durante algum tempo sem precisar trabalhar. Estou cansado de viver aqui no Brasil com tantos problemas não só de segurança mas também com os problemas políticos e de corrupção. Minha vontade é a de ir para os EUA, abrir um negocio próprio e viver por ai. Bem, gostaria de saber de você, o que seria necessário para morar legalmente ai nos EUA. Penso em morar no estado da Flórida por se parecer mais com o Brasil em termos de clima e pelo fato de ter mais brasileiros, inclusive conhecidos e amigos já morando ai. Quais seriam esses primeiros passos??
    Muitíssimo obrigado pelas informações. Suas colocações são muito pertinentes à aqueles que pensam em ir ilegalmente. parabéns pela coragem de nos dar essas informações.
    Felicidades!!

    Stéfano Lucciola

    • admin says:

      Ola Stefano.
      O primeiro passo seria voce falar com seus amigos na Florida. Eles terão muitas dicas para lhe dar.
      Segundo passo ter visto de entrada nos EUA.
      Terceiro passo, saber o que voce vai fazer para se manter nos EUA e como vai viver por aqui.
      Dica: venha passer alguns meses e depois decida se deve mesmo ou não vender tudo que tem no Brasil, assim voce terá uma base mais concreta e certeira do é viver nos EUA.
      Boa sorte
      Abraços

  89. Rodrigo says:

    Olá, gostaria de saber como morar nos EUA para uma pessoa que, por exemplo, trabalha aqui no Brasil em regime diferenciado de 40 dias de trabalho e depois tem 40 dias para ficar em casa, por exemplo, como é o trabalho de profissionais marítimos da marinha mercante(embarcados). Ou seja, a pessoa trabalha aqui no Brasil 40 dias direto e depois tem 40 dias para ficar em casa.
    Nesse caso, como a pessoa pode residir nos EUA? Qualquer pessoa pode comprar uma casa? O Governo Americano permite que as pessoas fixem residência ou comprem casa sem serem cidadãos americanos?
    Você teria noção de quanto deve ser o salário dela aqui no Brasil para que ela possa ter um padrão de vida legal nos EUA?
    E um outro caso parecido seria de uma pessoa que se aposentou no Brasil e queira morar lá ou até mesmo o caso de um empresário que tenha suas receitas aqui no Brasil mas queira morar e gerenciar os negócios dos EUA?
    Resumindo, gostaria de saber se pessoas que tenham renda própria no Brasil e que não vão “depender” do Governo Americano podem fixar residência por lá, comprar casa etc e ter toda a legalidade reconhecida?
    Pergunto isso pois vira e mexe vejo casos de pessoas que são empresários, artistas etc. que não trabalham nos EUA, mas moram nos EUA durante anos. Tudo bom que cada caso é um caso, mas como elas conseguem isso.
    Agradeço desde já.

    • admin says:

      Ola Rodrigo,
      Os artistas e empresários que veem trabalhar ou morar nos EUA, em geral possuem uma conta bancária tão cheia que fica claro que eles não estão vindos aos EUA para tirar o trabalho dos Americanos nem causar despesas ao país, mas estão vindo para investir ou gastar o dinheiro que ganharam no Brasil.

      Um cantor sertanejo por exemplo, vem a MIAMI e compra uma casa maravilhosa e fica morando aqui (ele tem dinheiro suficiente para viver aqui sem trabalhar) então não podemos comparar nossa conta bancária com a deles.

      Qualquer pessoa que tenha dinheiro suficiente para viver nos EUA pode conseguir um visto para viver aqui.
      Para saber se voce se enquadra em alguma dessas categorias voce deve consultar um advogado especialista em Imigração Americana.
      Não perca seu tempo contratando advogado no Brasil, contrite um na Florida ou em Nova York que estão por dentro do assunto.
      Veja mais informações aqui: http://www.usimmigrationlawyers.com/

      Qualquer pessoa que tem dinheiro pode comprar uma casa aqui, mas isso não lhe garante fixar residencia, nem lhe garante qualquer direito a cidadania Americana.

      Para a compra de sua casa veja esse artigo: http://www.bankrate.com/brm/news/real-estate/20061118_adviser_foreigners_buy_homes_a1.asp

      Abraços e boa sorte.

  90. Guilherme says:

    Bom…. se você nasceu pobre e ainda pior no Brasil. Desista de se tornar Rico, a não ser que seja jogador de futebol. PQP. sempre quando vejo esses Multimilionários passar na TV acho poderei ficar assim saindo do Brasil. mas parece que não é bem assim que a “banda toca” la fora. acho que o geito é virar um noia e morrer tomando tiro na cara. bom depois eu fico em um lugar onde todos ficam, seja pobre,rico,milionário,multimilionário ou bilionário. Porra que desgraça de vida. se é pra viver numa droga dessa nem queria ter nascido ;(

  91. Renata Oliveira says:

    Olá! Acho que compreendi os problemas da imigração nos EUA especialmente quando esta é ilegal… mas quais são as vantagens? Quero dizer… o custo de vida aí não é mais barato? os impostos não são menores? Os imóveis, especialmente após a crise, não estão baratos? Sim sou mais uma com o sonho de sair do Brasil! rsrsrsrs Não sei se gostaria de ir para os EUA porque tenho um certo preconceito quanto aos americanos e especialmente quanto ao governo americano… mas é melhor não falar muito sobre isso ou é capaz de me prenderem pra “evitar o terrorismo” rsrsrsrs
    Umas perguntas: Como morar definitivamente aí de forma legal? Vc acha que uma renda de aproximadamente 10 mil REAIS dá pra viver no American way of life?
    Sou brasileira e meu namorado é indiano, tem alguma dificuldade a mais pra algum de nós dois, ou a dificuldade é a mesma?
    MUITO OBRIGADA POR ESSE POST! Tenho ceeerteza que abriu os olhos de muitas pessoas ;)

    • admin says:

      Ola Renata

      Com R$10,000 Reais, cerca de U$4.095,00 Dolares hoje, voce consegue viver com seu namorado aqui sim.
      O que voce chama American Way of Life?
      Casa propria, carro do ano, viagens? Não não dá pra ter tudo isso com U$4,000 Dolares em Nova York, talvez em outros estados sim.
      Voce terá dificuldades se decidir comprar uma casa propria, ou se decidir por exemplo ter filhos, dai acredito que U$4,000 mil dolares não seja suficiente para 03 pessoas (incluir custo de moradia, aluguel, comida, transporte, plano de saude, etc).
      Dependendo de onde voce for morar, da pra comprar uma casa a partir e U$200,000 mil Dolares, veja esse artigo da especialista Barbara Corcoran – http://www.recapo.com/today-show/today-show-advice/200000-homes-across-america-barbara-corcoran-today/
      Lembre-se que quanto mais barato for uma casa, menor é o nivel das escolas ou menor são as chances de ter emprego por perto. (lei da oferta e da procura).
      Voce pode ver preço de casas em Nova York aqui: http://www.zillow.com/local-info/NY-home-value/r_43/
      Os Americanos não estão nem ai pra voce. Não se preocupe com eles, estão todos ocupados de mais pra prestart atenção em voce.
      Como morar nos EUA legalmente?
      1 – casando-se com um Americano(a)
      2 – nascendo nos EUA
      3 – sendo contratado para um emprego (Visto de trabalho) – saiba mais aqui http://travel.state.gov/visa/temp/types/types_1271.html
      4 – como turista voce pode morar nos EUA por 06 meses.

      Boa sorte

      Abraços

  92. nassif says:

    bem achei o texto bem fraco, acabei de chegar de ny, e algo que me pegou foram os comentarios que voce disse sobre os relacionamentos, e tenho que discordar. as pessoas sempre foram receptivas comigo, e q alias foi oq mais me deixou maravilhado na cidade, oq n diferencia em nada com o brasil, derrepente so no quesito educacao, que la e beem mais evoluido sem duvida. e a questao de ser conhecido como “o imigrante” e mais uma opiniao furada, no caso ny é uma cidad totalment d imigrantes, via mais orientais, indianos, latinos, nas ruas, doq a tipica classe media branca, realment senti um caldeirao de misturas, e todas se respeitando! desculp texto beem fraco o seu!

    • admin says:

      Ola Nassif, os turistas são muito bem rebidos em Nova York, especialmente os brasileiros que veem aqui gastar.
      Nova York e Miami são cidades que se baseiam no turismo (é esperado 55 milhões de turistas em 2013)
      Como membra da camera do Turismo em Nova York, posso lhe garantir que as lojas, os hoteis e os restaurants dependem do turismo, e eles pagam carissimo por informações sobre como AGRADAR os brasileiros, inclusive como sorrir e ter paciencia mostrando mais do que 03 itens.
      Muitas lojas contratam gerentes brasileiras e vendedoras para garantir que os clients turistas brasileiros serão bem atendidos. O Woodbury Outlet por exemplo tem até informações em portugues no alto falante e funcionárias brasileiras na loja Michael Kors. Os Americanos são instruidos a aprenderem portugues para poderem agradar os brasileiros.
      Acho que todo esse esforço esta dando resultado, porque afinal voce mesmo disse que foi muito bem recebido por aqui!
      Não confundir uma cidade onde tem milhares de turistas e pessoas treinadas para receber esses turistas (bobos e com camera na mão tirando fotos até de formiguinhas), com residents e com pessoas que vivem nos EUA.
      Durante toda a sua viagem, voce falou e se relacionou com pessoas que também são turistas e estavam felizes como voce em estar em Nova York ou voce se relacionou com garcons, taxis, vendedores de lojas e pessoal de hotel, com quantos Americanos que trabalham for a da area de turismo voce realmente teve oportunidade de converser?
      Quantos lhe convidaram para ir na casa deles e lhe falaram da vida deles e gastaram mais do que 10 minutos conversando com voce?
      Não confundir atenção ao turista com relacionamento entre vizinhos, parentes e pessoas que moram de verdade nos EUA!
      Amigo fico feliz que voce tenha sido bem atendido e que tenha tido uma otima viagem e que voce tenha curtido sua viagem entre tantos outros turistas todos deslumbrados como voce.
      Abraços

  93. Wender says:

    Olá Sueli! Primeiramente quero lhe parabenizar pelos seus posts!
    Sou fotógrafo aqui no Brasil com experiência em casamento e moda já falo o ingles e sempre quis passar um tempo ae. Não sei se você vai saber me responder mas, gostaria de saber como é o mercado de fotografia em casamentos, aniversários eventos em geral, é se eu conseguiria um contrato de trabalho em uma empresa do ramo. Ow se é complicado abrir um estudio fotográfico! Vou ficar muito grato se puder me ajudar!

    • admin says:

      Ola Wender. Eu acredito que se voce tem potencial, fala ingles e acima de tudo entende de fotografia, nada lhe impede de ter seu studio ou viver em outro pais. Ai cabe a voce ver como voce faria com sua legalidade (ser fotografo não lhe da nenhum tipo de permissão de moradia nos EUA pela profissão, não que eu saiba). Mercado sempre tem, depende de voce conhecer pessoas e fazer seus primeiros trabalhos. Eu não trabalho na area de fotografia então não saberia te dizer como esta o Mercado. Lembre-se que inicialmente voce comecaria trabalhando para brasileiros para criar uma clientela, o que não iria pagar muito. As agencias so contratam pessoas com GreenCard, então voce teria que ser freelancer. Abraços e boa sorte.

  94. Guilherme Prados says:

    Não entendo… Se é tão ruim assim e você não recomenda a ninguém de ir morar nos EUA, o que ainda faz aí?! Porque esta criando seus filhos aí?

    • Guilherme says:

      Sueli,
      Desculpe se, a princípio, fui rude. Vi sua resposta para o Marzolla e entendi o propósito do post. Entretanto não consegui apagar meu comentário.
      Estou muito triste com a situação política e econômica do Brasil. Tenho 37 anos, solteiro, pós graduado, trabalho com treinamento e desenvolvimento de pessoas numa grande empresa francesa do segmento de serviços e tenho uma situação confortável.
      Conheço algumas cidades dos EUA e no mês passado estive, novamente, em Miami, o que aguçou meu interesse em morar nos EUA.
      Gostaria de que alguma empresa me contratasse para atuar com a formação do staff, vejo muito esta possibilidade, pois falo português, espanhol e inglês.
      Você tem contatos de empresas de recrutamento ou head hunters?
      Obrigado, Guilherme

      • admin says:

        Oi Guilherme. Recomendo o site linkedin.com ou mesmo uma pesquisa em Ingles no Google. Estou focada em Turismo, por isso não saberia lhe indicar um bom caminho em sua area de atuação. Mas acredito que se voce tem conhecimento em uma area, voce deveria pesquisar essa area em Ingles e enviar seu currico para empresas desse segmento. Em sua proxima viagem faça uma lista de empresas e visite-as ou procure saber mais sobre elas. Através do LinkedIn voce consegue pesquisar empresas relacionadas que atuam no seu segment. Boa sorte, abraços

    • admin says:

      Por favor, poderia apontar em qual momento eu disse que não recomendo ninguem vir morar nos EUA? Acredito que voce não tenha lido o artigo inteiro ou tenha interpretado errado o artigo. Mais uma vez, o artigo não é sobre minha vida, nem sobre minha situação financeira, embora tenha minha opinião, ele se baseia em fatos e em dezenas de matérias atuais e de muita credibilidade. Por ultimo viver nos EUA como illegal com um emprego mediocre é uma coisa, viver nos EUA como um cidadão e empregado é outra coisa. Não confundir a vinda aos EUA (ou outro pais) ilegalmente, com uma mala de sonhos sem nenhum conhecimento ou nenhuma informação, sem falar ingles, sem profissão e sem nenhum “vintem” com viver nos EUA legalmente, ter emprego, ter escolas, casa e ter informação, ter formação, falar ingles fluente e ter o pé no chão.

      • JEFF says:

        Olha Sueli, (Chará da Minha esposa),

        Creio que alguns tópicos abordados no seu post são de muita importância e relevância pra aqueles que querem arriscar como turista e posteriormente ilegais nos EUA.

        Existem muitas negativas dos leitores pelo seguinte: mesmo sem querer vc acaba dando a ideia(mesmo sem querer)de estar desencorajando qq ida e permanência ilegal de brasileiros aos EUA e tentando nos convencer que viver no Brasil é melhor que nos EUA ilegal.

        Bom, particularmente, amanhã faço 43 anos e mesmo com boa qualificação estudantil consegui boa parte de tudo que tenho nesse país:(2 casa alugadas, sendo que uma é no litoral, mais a que moro que é muito grande, e um carro usado, mas em bom estado e mais uma garantia $$$ no banco),em empregos informais, nos últimos 12 anos, (sem precisar fazer nada errado: nem roubar, nem traficar, muito menos tirar a vida de alguém), pois até os 31 não tinha nem casa própria, após casar e a vinda de meus dois filhos(casal), morava numa casa que construí em cima de uma residência no terreno de minha mãe.

        Infelizmente essa é uma situação corriqueira no Brasil, mesmo capacitado, se vê obrigado a partir para a informalidade, hj os jovens até os 16 anos são proibidos de trabalhar, muito diferente de minha época, que comecei no batente com 12. essa situação estimula essa mulecada e muito a fazer coisas erradas e pequenos delitos, que logo partem pro tráfico(pois dimenor pode tudo aqui e não vai preso e vc deve saber disso).A educação está cada vez pior, moradia nem se fala, pra ter um carrinho velho igual ao meu: gol 93, tem que desembolsar em média 7 mil reais (cerca de 3.300 dólares)que nos EUA compraria dois carros melhores que o meu, velhos sim, mais melhores.

        Enfim, terminando minha respeitosa observação, nos últimos 2 anos estive pensando em migrar aos Eua, primeiro eu, depois a mulher e filhos…tenho sim conhecimento de inglês, tenho amigos aí em São Francisco, não venderia tudo que tenho não, pois aprendi a não colocar todos os ovos num só pote(a vida me calejou), iria apenas com a venda do carro e o $$ que tenho garantido, que é mais que suficiente para comprar um carrinho e pagar pelo menos 1 ano de aluguel e me manter até me firmar, já tenho quase certo o emprego garantido, e voltaria a cada 5 meses ao brasil, pra não ficar na ilegalidade, acho que poderia deixar as coisas seguirem seu curso e tenho certeza que viveria mil vezes melhor que hj, pois a qualidade de vida é o que mais me interessa, não milhões, ou sonho americano…pois já ganhei o sonho brasileiro, até mais, apenas quero um lugar melhor pra se viver, pois dinheiro não é tudo, sim com segurança, justiça. mas isso tudo há de se decidir em minha cabeça. abraço.

  95. admin says:

    Querido João Bonardi, voce me ofende, acredito que provavelmente voce não leu nenhum dos artigos indicados nos links da material. Ao dizer que “além de ser incapaz de fazer uma análise econômica/social do país onde mora” so me resta solicitar que voce leia os artigos mencionados no texto e todas as materias que dão base ao artigo que escrevi e que escreva aos autores das matérias de onde meu artigo foi baseado.

    Voce diria que voce tem uma analise economico/social dos EUA? Poderia me enviar uma analise baseada em boas materias?

    Concordo onde diz que se a pessoa for do tipo “jeitinho” melhor ficar onde esta e que sendo honesta e querendo arregaçar as mangas terá chances de conseguir uma vida melhor nos EUA.

    Mas quando diz “você precisa provar suas intenções ao povo Americano”. Eu moro aqui e nunca precisei provar nada a ninguém. Provar minhas intenções ao povo Americano, não ficou claro, so me resta rir dessa colocação. Como eu faço pra provar minhas intenções ao povo Americano?
    Sobre o imposto de 0.5% que voce menciona deve ser em seu sonho!

    Sobre os impostos altissimos que pagamos, depende de onde voce mora, para quem tem casa propria e mora em uma area com boas escolas os impostos são altissimos sim, Para quem mora em um quarto e cozinha em um apartamento caixa de fosforo ou uma casa pequena em uma cidade com escolas ruins, o imposto residencial é mais baixo.

    Outra coisa, não confundir quem mora nos EUA a 25 anos e quem vem aos EUA hoje em 2013, a situação economica é bem difente e as possibilidades não se comparam.

    Opinões e experiencia de vida, cada um tem a sua, cabe ao leitor escolher entre uma opinião baseada em fatos e em artigos escritos por jornais e revistas atuais ou na opinião de quem não sabe nem quanto-se paga de imposto nos EUA.

    Outra coisa, não confundir imposto sobre compras de produtos (8.625% em Long Island) com impostos residencial ou Imposto de Renda.
    O imposto sobre mercadorias ou roupas comprados em lojas é uma coisa e o imposto sobre moradia e salário é outra coisa.

    O imposto residencial é de aproximadamente 2% (até 04%) do valor da propriedade por ano. (uma casa de U$500.000 pagará em torno de U$10,000 de Imposto anualmente).
    O imposto residencial é pago em 02 parcelas anuais.

    Imposto de renda sobre salário
    Qualquer pessoa que ganha U$100,000 pagará cerca de 25% a 28% de impostos de Renda (existem deduçõs para quem tem filhos, etc).

    Para quem duvida que existem impostos altos nos EUA, fica aqui o link de uma materiar para comprovar – http://taxes.about.com/od/Federal-Income-Taxes/qt/Tax-Rates-For-The-2013-Tax-Year.htm.

    Para quem acha que tudo nos EUA é muito barato, convido para dar um passeio no supermercado e ver o custo da carne, dos legumes e das frutas.

    Abraços a todos

    • Ricardo says:

      bom dia Sueli, quem trabalha ilegal nao paga imposto ne? Tenho dois amigos casados ja que possuem green card e tudo mais.. eles me arrumaram emprego antes de eu ir pra la.. pagando 12 dollares por hora…provavelmente vou procurar uns brasileiros e dividir aluguel.. voce acha que da pra viver tranquilo?..Abracos

      • Vinícius R. says:

        Prezado, bom dia

        Poderia me passar algum contato para conversarmos ?
        Estou me preparando para ir no final do ano de 2015.

        Forte abraço

    • Geraldo Araujo says:

      Impressionante como muitos brasileiros não aceitam a realidade nos EUA. Moro no estado da Georgia faz aproxidamente 01 ano, tenho visto de trabalho, bom salário para os padrões Americanos e brasileiro e sinceramente concordo com tudo que voce escreveu.
      Também não acredito que a tal recuperação da economia Americana seja nos mesmos moldes de antes da crise.
      Vejo a classe media Americana altamente endividada com custos de vida muito altos. A maioria das famílias mal consegue pagar as contas no fim do mês.
      Morar nos EUA é caríssimo, não confundir com passear por aqui. As vezes acho que certos brasileiros que moram aqui esqueceram as contas básicas para defender o estilo de vida daqui. Qualquer pai de família no Brasil sabe que a situação confortável do ponto de vista financeiro é poupar pelo menos 30% do salário liquido no mês, para investimentos futuros e emergências.
      Mesmo sem quase lazer algum com minha família (esposa e filho pequeno) não consigo poupar líquidos nem 15% do que ganho. No Brasil poupava 30 a 40% tranquilamente.
      Isso porque tenho uma renda bruta de mais de US115,000/ano. Os descontos sobre os salarios chegam a abusrdos 38% em quinzenas que trabalho mais horas extras, que aqui são pagas como horas normais.
      Pensem bem antes de aceitar uma proposta de trabalho aqui. Aqui se tributa renda e patrimônio, por isso o imposto sobre consumo é mais baixo.

      • admin says:

        Ola Geraldo, ninguem quer ouvir a verdade, se eu publicasse os emails absurdos que recebo das pessoas que não conhecem o lado real dos EUA, voce ficaria chocado.

        As pessoas ficam agressivas e acham que estou proibindo elas de virem pra ca!
        As portas dos EUA estão abertas pra quem quiser entrar, eu não trabalho na imigração nem concedo vistos… apenas me dei ao trabalho de mostrar a verdade americana que a Globo não mostra.

        Todo mundo prefere acreditar que vai chegar aqui, vai conseguir comprar casa e carro zero e viver uma vida regada com champanhe porque afinal a camisa polo custa só U$20,00 dolares no Outlet!

        Não adiante explicar com artigos em ingles (que a maioria nem vai clicar e nem sabe ler o artigo), eles acham que esse site só fala mal dos EUA!
        Falar a verdade é falar mal…

        O texto é apenas uma compilação de artigos publicados em revistas e jornais como BusinessWeek, New York Times etc. O site não inventou nada, nem esta tentando por medo em ninguem.

        Tenho certeza que muitos virão e conseguirão emprego sim e em uns 8 ou 10 anos vão olhar pra trás e dizer que valeu a pena, mas para cada 01 pessoa que conseguir emprego sem green card e sem falar ingles, vai ter umas 20 que gastou tudo pra entrar no pais, e não conseguiu nada, e dai fica pedindo ajuda nos grupos do facebook porque não consegue pagar o aluguel e não tem como comprar comida… isso acontece de mais por aqui.

        Brasileiros são empreendedores, se viram, e muitos acabam tendo uma vida melhor que tinham no Brasil, é a mesma coisa com as pessoas que chegam em SP vindo do Nordeste, eles começam de forma simples, e muitos são verdadeiros casos de sucesso, para outros o sucesso significa simplesmente ter um trabalho, uma casa e comida na mesa, pois de onde vieram não tinham essas oportunidades.

        A situação dos imigrantes ilegais nos EUA pode ser comparada com a vida dos bolivianos no Brás em São Paulo, eles trabalham duro, vivem sem luxos e sonham com uma forma de se naturalizar no Brasil, mas enfrentam preconceito e por não falarem o portugues acabam trabalhando o dobro e as vezes até são explorados. E igualzinho com quem vem pros EUA pra ficar e arranjar emprego. E a mesma coisa.

        Não há absolutamente nada de errado em se tentar uma vida melhor, imigrar é um processo natural do ser humano, o errado é a pessoa chegar sem ter se preparado, sem economias, sem falar o idioma e cair de paraquedas sem ter nenhuma noção da realidade e ainda tacar pedra em quem apenas esta mostrando o outro lado da moeda.

  96. Sue says:

    Se morar nos EUA fosse tão bom, porque um pai de familia brasileiro que mora em Orlando não conseguia pagar o próprio aluguel?

    Se quando digo que ninguém se importa com voce é mentira, como alguém consegue desaparecer por 03 semanas, nem a esposa vai trabalhar, nem o marido aparece no trabalho, nem a filha aparece na escola e ninguém desconfia de nada, ninguém bata na porta, ninguém chama a policia!

    Alguns acham que estou exagerando quando falo que aqui estão todos ocupados demais para perceber que voce não esta bem.

    Não é que voce não tem amigos, voce tem pessoas que te convidam pra festas de aniversário, ou algo assim, so que as pessoas estão ocupadas demais para prestart atenção em voce ou se envolver em seus problemas. Portanto se voce não aparece pra trabalhar é porque voce tem um problema e isso não é da sua conta, a maioria dos Americanos pensa assim.

    E parte da cultura americana. Familia de brasileiros desaparece por 03 semanas mortos dentro do proprio carro na garagem da casa deles e ninguém sabe de nada! Isso tudo aconteceu num bairro de luxo de Orlando!
    http://thestir.cafemom.com/in_the_news/165182/family_of_3_found_dead

  97. Sue says:

    Para quem acredita que morar nos EUA e ter um emprego é suficiente para viver uma vida boa, leia esse comentário -
    But earlier this year, the couple ran into money troubles.

    Work had gotten tumultuous for Ferraz do Amaral, and his wife’s part-time job at Disney wasn’t enough to make ends meet.

    The family had fallen three months behind on rent and was working to catch up, Mastro said. (http://articles.orlandosentinel.com/2013-12-07/news/os-death-investigatio
    Ele era piloto, ela trabalhava 1/2 periodo na Disney, eles tinham uma filha de 10 anos e moravam numa casa alugada, desde o começo do ano o salário deles mal dava pra pagar o comida, diz o dono da casa alugada.

    • Gaspar says:

      Olá Sueli, tudo bem?
      Li todo o seu post e achei muito interessante, e acredite, muita coisa que você disse em relação à um planejamento adequado para quem quer viver nos EUA, teve tudo a ver comigo.

      Meu nome é Gaspar, tenho 43 anos, sou solteiro e desde mais novo eu tive o sonho de viver nos EUA com o objetivo de aprender inglês fluente, pois é uma língua que gosto muito e sei que poderia fazer isso em outro país, más é os EUA que quero, rsrrs. Depois de alguns anos trabalhando e estudando, (aqui no Brasil)indo e vindo entre um emprego e outro, os quais, alguns valeram a pena outros não, batalhando muito e não ganhando muito, más sempre pensando em um dia realizar meu sonho, meu projeto antigo de ir para os EUA. Não vou dizer para você que eu tenho ou quero um sonho americano, más é um sonho que tenho de ir para os EUA e ficar pelo menos seis meses. Tomei a decisão. Juntei dinheiro e me programei financeiramente para ficar seis meses, tenho lugar para ficar, e até indicação de escola para estudar. Más eu te digo uma coisa: Se durante esses seis meses eu me adaptar bem, arrumar uma ocupação, mesmo que essa seja lavar pratos, más que seja algo honesto, eu ficarei mais seis meses. Sei que nosso país é muito bom, más conforme a opinião de muitos aqui que responderam seu post, nosso país está cada vez mais difícil de se viver. Por mais que a gente faça boa escolha no nosso voto, más os caras que entram só querem roubar. O Brasil está com medo, não tem segurança, não tem escola, os brasileiros estão desmotivados, enfim….

      Tenho a plena consciência da situação da economia dos EUA e sei que não estou indo para um mundo encantado da disney, rsrs e mais ainda, não espero cordialidade e nem boas maneiras de americanos, e quanto ao preconceito, aqui no Brasil não é nenhum pouco diferente e em alguns casos é bem pior rsrs.

      Então, Su, como eu te disse, meus planos é ficar seis meses, e nesse tempo eu pretendo arranjar uma ocupação, claro que estou levando dinheiro para ficar este período, más mesmo assim, uma ocupação será bem vinda. Ao contrário de muitos, eu não precisei me desfazer de nada para essa viagem, tenho meu apartamento e minhas coisas, a única coisa que eu precisei fazer foi abrir mão do meu emprego de R$ 1.500,00 por mês, e se eu voltar, com certeza conseguirei algo do mesmo nível quantos eu queira…rsrsrs, e voltando com inglês, então!!

      • admin says:

        Ola Gaspar. Tenho certeza que voce conseguirá o que deseja porque tem os pés no chão. Mantenha seu apartamento e em caso de aperto é so voce alugar. Boa sorte e que seu sonho se realize. Abraços

  98. erick souza says:

    concordo parcialmente tb. vc esta falando sua visao de ny o lugar mais caro dos eua para viver. Morava em Minnesota muito bem com salario de 2,000.00 mes. Voltei para o Brasil por motivos de saude. Me arrependo. Poderia ter lutado mais.

  99. Wagner says:

    Parabens pelas informacoes e clareza nas palavras. Gostaria de saber se uma família de 03 pessoas que tem uma renda mensal de Us$ 6.000.00 consegue ter uma vida simples mas com certo conforto em Orlando. Um abraco, muito sucesso e fique com DEUS.

    • admin says:

      Ola Wagner. U$6,000 Dolares é um salário razoavel, o que fará voce viver bem ou mais apertado é se voce irá pagar empréstimo para compra de sua casa, ou quanto voce pagará de aluguel.
      Cada estado Americano tem um custo de vida. Com U$6,000 mil dolares voce pode viver apertado em Manhattan onde os alugueis são caros, mas pode viver bem em uma cidade onde o custo de vida for menor, ou simplesmente mudando de bairro.
      Tambem depende se voce terá gastos com educação escolar ou se voce for gastão, ou se voce é do tipo que não gasta muito com extravagancies.
      Se voce já tiver uma casa quitada e não estiver pagando faculdade para nenhum filho, voce conseguirá viver uma vida simples e com conforto sim.
      Boa sorte. Sueli

  100. Sidnei says:

    Gostei muito do seu artigo,acredito que no Brasil é possível a pessoa sair das dificuldades financeiras;inclusive acho que o Brasil tem tudo para ser uma grande nação! Eu por exempro já tentei vários tipos de negócios, o problema é a corrupção, políticos que só visa o lucro, é o país dos impostos!eu estava com essa idéia de sair do Brasil,mais vou tentar outra vez aqui!!!

  101. Giovanna says:

    Vim parar aqui sem querer e adorei o seu artigo, eu vejo muitos comentários aqui de pessoas criticando o Brasil, mais eu acho que estão sendo um tanto quanto injustas, eu não vejo porque hoje em dia uma pessoa tem a necessidade de ir para os eua viver como imigrante ilegal as oportunidades de estudo no brasil crescem a cada dia, falo isso por experiência própria, ate os meus 10 anos morava em uma casa de 3 cômodos, meu pai era operário de uma multinacional aqui em belo horizonte e minha mae dona de casa que não tinha ao menos terminado o segundo grau, fazia faxina, trabalhou em carrinhos de lanche, porém ela sabia da importância dos estudos e sempre estudou bastante e terminou o segundo grau e prestou um concurso publico e passou, ela não ganhava muito mais era o bastante para ajudar na renda de casa, ela sempre fazia o enem e na quinta vez que fez a prova conseguiu uma bolsa do prouni de 100% no curso de serviço social, ela trabalhava de dia e estudava a noite, meu irmão no ensino médio passou no coltec e fazia ensino médio + curso técnico, tentou a prova da ufmg e na terceira vez passou e hoje e formado em eng. civil, e eu estou me formando esse ano em arquitetura e urbanismo, minha mae se formou e é assistente social, e meu pai aposentou e usou seu fgts pra montar uma frota de vans escolares, moramos em um bairro de classe media alta, não foi fácil, principalmente trabalhar e estudar, a nossa vida começou a melhor a uns 5 anos, se os brasileiros que pensam em viver ilegalmente ai fizessem a metade do esforço que fazem pra ir/viver nos eua aqui no Brasil teriam uma vida digna, e possível sim, mais e para os que realmente batalham e sabem a importância do estudo, eu sei que as escolas publicas do brasil não dão uma boa base, mas quem realmente quer consegue, hoje em dia tem prouni, fies, sisu, sisutec… As pessoas esquecem que o estudo e fundamental, nunca deixem de incentivar seu filho a dar o melhor na escola, cobre notas boas, pois é isso que pode mudar sua vida aqui ou em qulquer lugar.

  102. Lucas says:

    Os Estados Unidos é bosta muito bem marketinizada, inventei essa palavra pelos filmes americanos!

  103. Pollyelle says:

    eu vou fazer intercâmbio, ano que vem, em Boston, eu já sabia que poderia sofrer preconceito de todos por ser brasileira, principalmente o fato de que eu não sei falar direito o inglês, só o básico mesmo, isso me alertou muitas coisas, obrigada.

  104. Deca says:

    Sueli gostei muito do seu artigo, foi bastante esclarecedor. A crise financeira dos EUA ainda não se recuperou totalmente, então acho válido que você alerte as pessoas sobre o atual cenário americano. Já blogs de brasileiros só falando de coisas boas de se viver nos EUA, mas sinceramente acho que é um pouco de fantasia. Devemos saber os prós, mas principalmente os contras.
    Tenho vontade de conhecer os EUA, assim como outros lugares do Mundo. bjs

    • admin says:

      Obrigada Deca pelo comentário, agora é torcer para que o próximo president saiba levanter os EUA, porque o atul perdeu toda a credibilidade. Abraços

  105. Deca says:

    Agora quem quiser ir tentar a vida nos EUA vá e seja feliz. Não desista dos seus sonhos.

  106. rafael says:

    Ja comentei mais quero deixar um pequeno detalhe, se comparar um pobre ae nos EUA tem a vida de um cara bem de vida “classe média” aqui no Brasil e um pobre como eu se comprar, equivale a um mendigo dai dos EUA ou pior.

    Desculpe ae se ofendi alguem mais é minha opinião e a verdade.

    O que mais me chamo a tensão foi esse salario ai se eu ganha-se $400 por mes eu taria ganhando mais do que aqui no meu trabalho que por final pra eu ganhar mais tenho que fazer hora estra coloca ae que trabalho 12 horas por dia kkkkkk

  107. JONAS says:

    Ola bom dia!!

    estou pra ir morar nos estados unidos daqui 1 mes, vou morar com meu tio e trabalhar no ramo de corretor, e olha os Estados Unidos pode ter sim suas parte dificil, mas comparando com o Brasil serio nao deve ser muito, agora eu acho se voce tem alguem la que vai te ajudar a começar a viver la vai te dar um apoio voce tem que tentar e nao pode desistir assim, dificuldade voce vai passar em todos os lugares.. so deixo uma mensagem pra quem pensa em desistir dos seus sonhos, ‘A agua molda a pedra pela persitencia e nao pela força..’ entao nao desita, arrisca quem sabe voce nao consegue aquela vida que voce sempre sonhou, abrçs!

  108. Carlos Rocha says:

    Olá.

    Tenho 42 anos e atualmente sou desenvolvedor de sistemas com especialidade em sistemas para a web (sites na internet).

    Gosto muito de pegar trabalhos do tipo free lancer: sem contrato.

    Seria muito difícil pegar trabalhos dessa forma por ai?

    A pergunta é porque aqui no Brasil, se você não tem uma empresa oficializada, as pessoas nem querem ver a qualidade do teu trabalho.

    Por ai esse tipo de preconceito é menor?

    Mas no caso eu não gostaria de mudar para os EUA. Antes, apenas pegar ‘ON LINE’, desenvolvê-los e entregar. Tudo pela internet mesmo.

    Faço Tecnologia em Sistemas em Computação pela UFF para aumentar os conhecimentos e adquirir uma graduação na área.

    Alguma chande de indicação sua a um colega daí nessa área?

    Obrigado pela atenção.

    Carlos Rocha

    • admin says:

      Ola Carlos tudo bem? Não atuo nessa area e infelizmente não conheço ninguém nesse setor. Voce pode divulger seu trabalho em um site seu mesmo em ingles, e as pessoas irão te procurar. Abraços
      Sueli

  109. Rodrigo says:

    Esse post está errado, eu moro no EUA e aqui tem bastante emprego só precisa correr atrás, mas em construção está toda semana precisa… acho que vale a pena vir morar aqui

  110. Gerson Leite says:

    Olá…Tenho 2 perguntas? A 1ª quero saber se tendo o Passaporte Europeu(Cidadania Italiana), fica mais fácil a legalização nos EUA ou não ajuda em nada. A 2ª pergunta, tenho um filho de 18 anos que joga futebol na Espanha no Clube La Coruna, tbém tem o Passaporte Europeu, e no caso dele seria interessante no momento investir no futebol americano que tá crescendo muito. Abraço!

    • admin says:

      Ola Gerson, tudo bem? Voce deve contatar um advogado especializado em Imigração. Somente eles poderão lhe indicar o que fazer e como fazer. Em Nova York voce pode procurer o sr Moises Absan no Google, ele atende imigrantes brasileiros. Boa Sorte

  111. liany says:

    Pensando por esse lado e verdade em partes. Comparando as estatisticas brasileiras com as americanas a America e ainda um bom lugar para se morar. Nao ha lugar perfeito na face da Terra, principalmente se ela e habitada pelo Homem. Mas algumas coisas devem ser colocadas claramente. Os Estados Unidos nao cresceu muito em relacao as epocas de gloria antes de 2008, mas ainda paga melhor a mao de obra qualificada. A questao da educacao deve ser observada em relacao ao estado. Moro no stado de Washington e todas as ecolas ate a oitava serie sao publicas e tidas como as melhores dos do pais. Tudo bem que vai chegar uma hora que teremos que gastar dinheiro com tecnico ou universidade – mas no Brasil tambem, visto que o pais esta cheio de problemas no ensino basico – do que adianta o status publico sem qualidade, uma estatistica que mostra numeros mas nao mostra que os alunos estao indo para a universidade com lacunas, ou as vezes nem chegam nela. Assaninatos em massa temos hoje em todo lugar, veja na invasao do morro do alemao, veja na boate de Santa Maria (aquilo foi negligenciado, pessoas tem que pagar por isso, por colocarem muitos jovens dentro de um lugar que nao era seguro), veja as estatisticas de Sao Paulo, medonhas. Talvez essa ideia de sonho americano seja tao retrogada quanto generalizar o americano e o brasileiro tambem sao. Ganho mais como engenheira nos Estados Unidos e as empresas pagam a nossa pos, por que somos importantes no crescimento do pais. Queria muito ter dado certo no Brasil, por que o amo, como amo o pais que paga minhas contas e me respeita mesmo como imigrante legal com greencard. Queria muito que dentro das empresas do Brasil acabasse o nepotismo, como dentro das universidades tambem, queria que o ambiente de trabalho nas 4 empresas que passei fosse ambiente de trabalho e nao de conversinhas, como tambem queria que as coisas fossem feitas com responsabilidade dentro dessas empresas. Quem vai para os Estados Unidos hoje nao vai ficar rico e comprar uma casa em cada cidade do Brasil, mas garanto uma pessoa legalizada no pais, com boa formacao, com disciplina, responsabilidade e honesta comprara uma casa no Brasil em 3 anos, e comprara uma nos Estados Unidos, tera um carro bom, servicos de primeira e sim correra o risco como qualquer cidadao corre de ataques, roubo etc… como correria em qualquer lugar do mundo. Essa pessoa tambem podera ter uma vida pessoal interessante, lazer, como viajar mais (nem sempre para o seu pais para ver as pessoas que ama por queo Brasil tem as passagens mais caras que existem), mas pode no minimo trazer sempre os parentes para visita-los nos Estados Unidos e poderem viajar para se divertir. Alguns hobbies poderao ser feitos sem sacrificios. O americanos sempre foi ecnonomico e nos brasileiros aprendeos a ser ostentadores (compramos o que nao podemos pagar no nosso pais e temos a falsa ideia de posse), talvez a mania de ostentar faca as pessoas pensarem nessa coisa de ficar rico aqui ja era…. por que tem o olho maior que a barriga e querem tudo muito rapido (como jovens que saem da universidade a 2 anos e ja querem se candidatar a vaga de coodernador e gerente – O Brasil ensinou a geracao x e y que eles tem poder e sabem muito e desvalorizaram as pessoas de 35 anos para cima que tem muita experiencia de mercado e com certeza mais sabedoria do que os jovens que acham que inteligencia resolve tudo no mercado). Nao ha sonho americano e talvez nunca houve por parte dos americanos, ha sim uma condicao e respeito melhor. E tem uma coisa que amo aqui, religiao, politica e vida pessoal nao se discute, nao discute do outro nem nada disso porque existe uma coisa aqui chamada respeito. As mulheres andarem com orupas curtas nao significa na mente deles que ela quer ser estuprada, e ai de quem olhar e falar alguma coisa com elas… isso e respeito.(ahhh mais saiu esses tempos que as estatisticas tinham errado, como acreditar em um pais que solta estatisticas distorcidas e agora nem se sabe quais sao os dados cerdadeiros e quais nao sao…isso e falta de respeito com a nacao. Amo o Brasil e amo os Estados Unidos – so temos que parar de generalizar as coisas falando por todos aqueles que estao morando fora, essa historia e muito pessoal respeitem ela,

  112. Artur Rabelo says:

    Parabéns Sueli Schmitt, quero agradecer a vc. em nome de todas aqueles que puderam obter informações super importantes sobre este assunto que para muitos é um verdadeiro sonho… morar nos estados unidos e trabalhar para fazer “pé de meia” e depois voltar. Esta época já passou!! Obrigado pelo longo trabalho de pesquisa que fizeste e fiquem com Deus, linda !!!

  113. Rodrigo Barth says:

    Eu já li artigos de Brasileiros que dizem que existem outros brasileiros nos EUA que tentam prejudicar outros brasileiros nos Estados Unidos, que fazem todo o tipo de propaganda para que os brasileiros não vão aos EUA pessoas que tem vergonha do próprio país e não quer ver outros brasileiros la, a recessão americana é ruim do ponto de vista americano por que eles não estão acostumados a viver assim, porém ainda assim, póde compensar para “alguns” brasileiros que tenha alguma economia, fluencia em inglês e que queiram tentar a sorte, o nósso principal problema agóra é a desunião infelizmente os brasileiros são acostumados a “meter o pau” no proprio país assim eles sem saber acabam queimando o filme do país e de si mesmos, por que o americano que ouve um brasileiro falar e falar mau do país vai pensar ” puxa eu é que não vou me envolver com essa pessoa, se ela diz que em seu país só existe corrupção, que todo mundo é desonesto, acho que éla deve ser tbm”, tbm não existe só os EUA no mundo ha varios países que se vive melhor do que la, e ganha se mais tbm Canada é um deles.

  114. murilo says:

    muito bom post. Eu moro aqui e graças a Deus tenho meu green card e breve vou fazer minha cidadania, felizmente meu padrasto eé americano vivo com ele e minha mae e todo dinheiro do trapo q pego eé para mim graças a Deus a quanto a isso ta tudo tranquilo, so q to preocupado pq vem um amigo meu de infancia para ca e vai ficar ilegal, to temendo por ele.. minha mae incentivou tanto para ele vir e ficar ilegal, mas to com muito medo de nao da certo.

  115. Miranda says:

    Adorei o seu texto!!! Você expõe de forma muito clara o seu ponto de vista baseado em sua experiência pessoal e textos jornalísticos.
    Aqui no Brasil as coisas também não estão fáceis, hoje passei a manhã toda procurando uma cidade menos violenta e pensando em mudar.
    A violência chegou a um nível de banalidade por aqui. Concordo com alguns comentários anteriores quando falam que não tem jeito porque o problema somos nós mesmos, é verdade. Hoje é vergonha você ser honesto, você é visto como tolo, como bobo. Não querer conseguir alguma coisa com o famoso jeitinho é tido como idiotice, muitos não entendem o motivo, acham que dinheiro compra tudo…
    Carro blindado já não é luxo, é necessidade. Não poder andar em algumas ruas e em determinados horários já está incorporado ao nosso dia-a-dia. Tenho medo de sair à pé pela cidade. Escolho restaurantes pela segurança e pela distância, escolho passeios pelo percurso que farei e até o horário dos voos tenho de observar para que seja em um que tenha uma menor possibilidade de assalto no percurso para o aeroporto. Não podemos mais ficar em locais públicos que não tenha um segurança armado e até na praia não há mais liberdade de entrar no mar porque podemos ser vítimas de assalto (dentro do mar, olha só o absurdo!!!)
    Concordo com você, quando diz que viver, em qualquer lugar do mundo, teremos problemas, mas são problemas diferentes.
    Quando viajo um de meus maiores prazeres é poder andar pela rua sem medo da violência. Eu não tenho isso aqui no Brasil, mas também não me submeteria a morar como ilegal em outro pais e sem emprego certo nem moradia, minha escolha seria baseada simplesmente na possibilidade de ter paz e segurança.
    Eu queria que meu país fosse um lugar decente e sério, mas não é, e não será nunca, porque o problema não são os políticos, nem as leis, nem a pobreza, nem o preconceito…o problema somos nós, o povo brasileiro. Teria também tantas leituras a indicar para embasar meus pontos de vista, mas me cansa qualquer tipo de discussão. Se alguém tiver interesse em ler: 1808, 1829, Esquerda Caviar, os 7 hábitos altamente eficazes, os segredos da mente milionária,raízes do brasil, guia politicamente incorreto do Brasil, Guia politicamente incorreto da America Latina, dentre muitos outros.
    Estou cansada de viver aqui, mas não tenho outra opção…até minha aposentadoria.

    • Laércio says:

      Olá, amigos. Parabéns pela publicação. Gostaria de conhecer o Miranda que postou aqui, pois temos muito em comum. Queria conhecr também outras pessoas que tenham mesmo o sonho de ir para os EUA como eu, para que possamos debater a possibilidade e, quem sabe, nos ajudarmos por lá. Não é pra agora, com pressa, pois preciso amadurecer a idéia e resolver pendências aqui antes. Sou do Rio de Janeiro e meu contato é lednogueira@ig.com.br

  116. Flavio says:

    Cara Sueli:
    Adorei as suas postagens,muita esclarecedoras,com muito discernimento e realidade.Eu tenho vontade de morar nos EUA com a minha família,mas no meu caso,tenho uma reserva em dinheiro que gostaria de financiar uma casa e investir num posto de gasolina,durante este período,tenho como me manter durante pelo menos uns 06 meses folgadíssimo.Minha pergunta frugal é:No meu caso valeria a pena fazer esta mudança?Porque pelo lado legal,já fui instruído por profissionais de que sim.

    • admin says:

      Ola Flavio, voce é a unica pessoa que sabe se vale a pena ou não mudar pros EUA, Tenho certeza que voce deve ter uma vida confortavel no Brasil, então quais seriam os motivos de sua mudança?, segurança, aprendizado, experiencia?

      So voce pode analisar os prós e os contras. Visite as cidades que voce tem interesse de morar, passe um tempo de férias antes de se decidir de vez.
      Boa sorte, abraços

  117. Roberto Carlos da Costa Oliveira says:

    Boa noite minha querida tudo bem com voce?
    mais ou menos 1 ano e meio atras eu escrevi meio que criticando você pelo seu artigo devido meu “American Dream” era muito forte, mas agora eu vejo o quanto você tinha razão realmente deve ser muito complicado mesmo, ainda tem um sonho enorme de morar nos EUA não para fazer riqueza e nem ficar mandando dinheiro para o Brasil pra depois voltar e sim morar ai pq eu sempre gostei dos lugares que tem ai, mas depois que você falou que ai praticamente tudo paga, aqui no Brasil é uma porcaria? sim, as coisas que é de graça é um lixo? sim, mas pelo menos tem de graça pra aquelas pessoas que não tem condição nenhuma no começo do ano eu fui acometido com a trombose na minha perna, agora eu paro e penso se eu estivesse nos EUA eu tava literalmente ferrado, eu ia morrer ai e ninguém ia saber e nem ligar…
    Eu estou fazendo minha recuperação de saude e tudo mais e vou me preparar financeiramente para tentar essa loucura, e queria saber com você se continua a mesma coisa ainda, a crise ainda esta forte nos EUA? ou ja começou a melhorar?
    Eu estou pensando no seguinte ir legalmente mas quando vencer o visto eu irei continuar ainda sei que é complicado como voce propria explicou, mas foi como eu estava conversando com a minha mãe dos males aos piores eu vou me esforçar para aprender a falar inglês perfeitamente pq se eu vou voltar para o Brasil pelo menos conseguirei um emprego melhor pois sou formado em logistica aqui e tenho experiencia em transportadoras.
    eu penso em morar em chicago, não sei se é vdd mas falam atualmente que é a cidade que esta tendo mais empregos para brasileiros.
    eu estou fazendo um planejamento para sair daqui ja com tudo pago passagem e intercambio, e deixa uma reserva de aproximadamente $12.000 dolares pra qualquer coisa, sou solteiro não tem um passarinho pra dar de beber por isso enquanto a isso estou sossegado, a unica coisa que eu possa vim sentir falta é a minha mãe e meus sobrinhos que amo muito.
    Queria que você desse a sua opinião sobre tudo o que eu falei, você ira me ajudar muito e se quiser complementar com mais algumas coisas para me ajudar eu agradecerei muito a voce…

    Deus te abençoe…

    • admin says:

      Ola Roberto. Voce deve ter noção de algum tipo de serviço, a maioria das pessoas que chegam vão entregar pizza, fazer faxina, limpar escritorio, trabalhar com construção, cuidar de crianças, que são trabalhos que não exigem green card e não precisa se falar ingles fluente, agora se voce pretende trabalhar como garçon ou motorista os estabelecimentos podem pedir documentos ou exigir ingles para voce se comunicar com os clientes. Então voce tem que analisar quais serviços voce sabe fazer ou estará disposto a fazer quando chegar aqui. Chicago é linda, mas é muito frio por la… Espero que voce possa planejar bem sua viagem e que de tudo certo. Abraços

  118. Eder says:

    Não ha comparação do Brasil com este pais, la o sonho pode estar morrendo, aqui ele nunca existiu.

    E do que jeito que a politicagem anda, caminhamos para um precipcio sem corda.

    A menos que voce consiga um cargo.

    • admin says:

      Eder, tenho a mesma impressão que voce, mas ainda assim, é mais fácil se virar no pais onde se fala o idioma, se tem amigos do que em uma terra de estranhos, sozinho.
      Eu acredito que há muitas chances de se ganhar dinheiro no Brasil, mesmo com as sacanagens e destruição perpetuadas pela atual administração. Que soco no estomago essa reeleição não? Abraços

  119. Felipe Cardoso da Silva says:

    Olá, Tudo bom?
    Tenho 23 anos.
    Estou pensando em mudar para os arredores de NY para trabalhar como garçom e minha noiva como garçonete ou babysitter, falamos o básico de inglês, BÁSICO! Queremos ter uma experência fora do país, ainda não temos filhos, queremos arriscar um pouco. Temos disponível cerca de 180 Mil Reais. Estou pensando em comprar um imóvel, achei alguns pequenos com 1 ou 2 dormitórios cerca de 1h30min de Manhattan com US 80 Mil (+-).
    Trabalho muito aqui no Brasil, todos os dias sem folga cerca de 8h diárias. Sempre trabalhei muito e sou esforçado.
    Acha que devemos arriscar?!
    Um abraço adorei sua matéria.

    • admin says:

      Ola Felipe, acho que será uma experiencia fantastica para voces morarem fora. Se são jovens e estão vindo juntos não vão se sentir tão sozinhos, como voce pediu minha opinião, então estou dando a minha opinião: Nao comprem casa, aluguem, aqui o aluguel é mes a mes, ou seja, se der vontade de voces irem pra Florida ou pra São Franscisco ou Bostom ou Chicago, voces poderão fazer as malas e ir sem se preocupar com casa, moveis, etc…. com 180 mil Reais eu nao compraria uma casa, preferiria alugar…
      boa sorte

  120. Renata says:

    Infelizmente o Brasil está tão degradado que fica difícil achar que algum lugar pode ser mais difícil de se viver. É tanta corrupção, violência e falta de respeito com o próximo que prefiro arriscar algo no exterior (pode dar certo) do que ficar no Brasil e ter certeza que a coisa só vai ficar pior.

    Acho, sinceramente, que os iludidos são os que voltam ao Brasil, pensando que a vida será melhor ou mais digna. Quem sai de casa todo dia para trabalhar, pega transporte público e fica no trânsito por 5 ou 6 horas do seu dia, sabe o que é humilhação e total desprezo pelo povo de um país.

    • admin says:

      Renata, tens toda razão, a corrupção, a violencia e a falta de respeito fazem com que pessoas honestas não vejam saida. O sentimento de que o jeitinho dos espertos vai tomando conta de tudo é sufocante! Eu sinto isso na pele o tempo todo com minha familia morando ai, por mais que ajudo ou tento fazer algo por eles é sempre dificil vencer a falta de infra estrutura. O que mais incomoda com certeza é a violencia, porque pobreza tem em todo lugar, dificuldades tem em todo lugar tambem…

  121. rodrigo says:

    gostaria de passar uma temporada em nova york

  122. michelly says:

    Ir para os EUA é meu sonho, queria tanto ir mas parece que vai ser um pouco dificil….
    Mas gostei muito do que você escreveu..me ajudou.. obrigada

  123. Jessyca says:

    Nunca vi um post tão realista. Eu sonho em morar aí nos EUA, mas quero ir com tudo certinho em uma empresa americana com o visto e se tornar uma cidadã legal. Acreeito que seja melhor que o Brasil para quem quer viver legalmente.

    • admin says:

      Ola Jessyca, para quem entra com visto de estudante ou consegue outros vistos que dão direito a moradia com green card, há boas chances, o unico problema é quando as pessoas ficam ilegais, as chances e oportunidades são bem menores nesses casos. Abraços e boa sorte.

  124. Victória says:

    Oi, tudo bem?
    Meu sonho sempre foi morar em NY, mesmo que seja trabalhando como babá ou garçonete. Sou fluente em inglês, portanto a parte de escola já é excluída. Gostaria de saber se você tem algumas dicas (positivas, pois já li tantas negativas nesse post haha) de como eu poderia conseguir isso, legalmente, é claro…
    Obrigada :]

    • admin says:

      Ola Victoria, para entrar no pais legalmente, voce precisa do passport, visto e passagem. Não há nenhum segredo nisso. Voce pode ficar no pais por 6 meses com visto de turista legalmente, após 06 meses voce ainda pode renovar seu visto por mais 06 meses sem sair do pais. Contrate um advogado especialista em imigração quando voce chegar nos EUA que ele irá lhe orientar. Boa sorte. Sueli

Copy Protected by Chetans WP-Copyprotect.